Bibliotecas municipais de Lisboa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sala de computadores e periódicos numa das Bibliotecas Municipais de Lisboa.

As Bibliotecas Municipais de Lisboa, ou BLX - Bibliotecas de Lisboa, são um conjunto de bibliotecas criadas e em actividade no município de Lisboa tendo a primeira sido criada em 1883. Com mais de um século, as BLX contam presentemente com 18 bibliotecas distribuídas pelo concelho de Lisboa, incluindo uma Biblioteca Itinerante.[1]

Ao longo dos anos, estes equipamentos têm vindo a assumir um posicionamento mais ativo e crítico, para responder aos desafios do novo século.

Nos seus edifícios, onde se incluem vários antigos palácios recuperados, cruzam-se  gerações, interesses e expectativas: a alegria das crianças, a irreverência dos jovens, as necessidades profissionais dos adultos ou a tranquilidade dos mais velhos. Têm espaço para livros, mas também para a aprendizagem ao longo da vida, para os negócios, para a arte, para a música e para laboratórios experimentais. São as bibliotecas do século XXI, nas quais se tiram as ideias da prateleira, se desarrumam preconceitos e se unem as comunidades.[2]

As BLX expressam ter como Missão a "participação na construção de comunidades coesas, inclusivas e preparadas para os desafios do séc. XXI, fomentando uma atitude de aprendizagem ao longo da vida", e ambicionam como Visão "Ser uma referência no acesso ao conhecimento, através de uma rede de excelência, assente na diversidade e na inovação".[1]

Defendem ainda os seguintes Valores:[1]

  • Inovação - Apostar na criatividade, na experimentação e na abertura à mudança
  • Cidadania - Fomentar a autonomia, a responsabilidade, o sentido crítico e a participação cívica
  • Inclusão - Promover a diversidade, a integração e o respeito pelo outro
  • Liberdade de acesso - Garantir e facilitar o acesso à informação e ao conhecimento, respeitando a privacidade e a liberdade individual
  • Responsabilidade social - Dinamizar e participar em iniciativas de carater social e ambiental
Biblioteca Camões, no Chiado, uma das Bibliotecas Municipais de Lisboa.

Rede de Bibliotecas Municipais de Lisboa[editar | editar código-fonte]

A rede de bibliotecas Municipais de Lisboa é composta atualmente por 18 equipamentos:[3]

Biblioteca dos Coruchéus, em Alvalade, uma das Bibliotecas Municipais de Lisboa.

Serviços[editar | editar código-fonte]

Para além do serviço de empréstimo domiciliário de livros e DVDs, as BLX dispõem dos seguintes serviços: • Energia para portátil, tablet e smartphone • Acesso grátis à Internet • Jardim e terraço, salas para grupos ou espaços informais de trabalho • Espaços confortáveis para estudar, trabalhar e relaxar • Parque para bicicletas • Salas multiusos e auditórios • Catálogo online e apoio na pesquisa • Empréstimo de livros, jornais, revistas, filmes e música • Máquinas de distribuição de bebidas e alimentos • Em Marvila podem devolver-se livros 24h por dia.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d No sítio oficial das BLX, [1]
  2. No sítio oficial das BLX, [2]
  3. http://blx.cm-lisboa.pt/redeblx
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bibliotecas em Lisboa

Ligações externas[editar | editar código-fonte]