Bidoeira de Cima

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Portugal Portugal Bidoeira de Cima 
  Freguesia  
Monumento do Largo da Igreja
Monumento do Largo da Igreja
Símbolos
Brasão de armas de Bidoeira de Cima
Brasão de armas
Localização
Localização no município de Leiria
Localização no município de Leiria
Bidoeira de Cima está localizado em: Portugal Continental
Bidoeira de Cima
Localização de Bidoeira de Cima em Portugal
Coordenadas 39° 50' 35" N 8° 44' 43" O
Distrito Leiria
Município LRA.png Leiria
História
Fundação 4 de Outubro de 1985
Administração
Tipo Junta de freguesia
Presidente Tiago Miguel Gago dos Santos (PSD)
Características geográficas
Área total [1] 15,61 km²
População total (2021) [2] 2 236 hab.
Densidade 143,2 hab./km²
Código postal 2415-002 Bidoeira de Cima
Outras informações
Orago Imaculado Coração de Maria
Sítio http://www.bidoeira.pt

Bidoeira de Cima é uma freguesia portuguesa do município de Leiria[3], com 15,61 km² de área e 2 250 habitantes (2011). A sua densidade populacional é de 144,1 hab/km².

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Bidoeira de Cima [4]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
1 916 2 073 2 250

Criada pela Lei n.º 108/85 [5], de 4 de Outubro, com lugares desanexados da freguesia de Milagres

História[editar | editar código-fonte]

Bidoeira de Cima é uma freguesia recente, criada em 1985, por desanexação da freguesia de Milagres.[6] Com uma área de 15,6 km² e uma população de mais de 2 300 habitante.

A palavra "bidoeira" é registada nos dicionários como sendo o mesmo que "vidoeiro", uma árvore de copa frouxa que se encontra nas margens dos cursos de água e terrenos húmidos mas que é, actualmente, já rara em Portugal.

Ao dar-se o povoamento na região de Leiria, após a saída dos mouros, haveria muitas árvores destas nas terras regionais e delas terá passado o nome para povoações que hoje nos aparecem com a designação de "bidoeiras", a de cima e a de baixo, por uma estar mais elevada que outra na sua situação geográfica.

A primeira referência ao lugar da Bidoeira de Cima surge em 1706, na obra do padre António Carvalho da Costa intitulada "Corografia Portuguesa", onde podemos encontrar no levantamento das ermidas existentes à época na paróquia das Colmeias o lugar de "Nossa Senhora da Conceição da Vidoeyra". Em 1750, o lugar da Bidoeira é anexado à recém criada freguesia dos Milagres, deixando de pertencer à freguesia de Colmeias.[7]

A freguesia da Bidoeira de Cima ocupa um espaço geográfico pertencente ao concelho de Leiria e é composta por oito lugares, cujos aglomerados se encontram implantados entre a floresta e o campo. É uma freguesia caracterizada por uma vida económica com elevada dinâmica nas áreas industrial, comercial e de serviços.

Os lugares da freguesia são: Bidoeira de Baixo, Bidoeira de Cima, Carriço, Casais da Bidoeira, Mata da Bidoeira, Pêga, Texugueira e Vale Coelho;

Actividade económica[editar | editar código-fonte]

Estão instaladas na área da freguesia, cerca de 50 empresas, embora algumas delas sejam de pequena dimensão. Distribuem-se pelos sectores de madeiras, carpintarias, construção civil, mármores, serralharias civis, mecânicas e de alumínios, transformação de cimentos e argilas (com extracção), materiais de construção e produtos alimentares. Na área agrícola, são relevantes as explorações horto-frutícolas, os aviários, bem como as vacarias e suiniculturas. É actualmente visível a sua industrialização, modernidade urbana e uma grande capacidade para atrair investimentos.

Saúde e Área Social[editar | editar código-fonte]

Nesta área, a Bidoeira tem um Centro de Saúde integrado na UCSP Flor do Lis. Existe ainda uma clínica privada com várias especialidades médicas e uma farmácia.

O Centro de Convívio e Apoio Social Bidoeirense (Casbi), uma instituição particular de solidariedade social com estatuto de utilidade pública, presta uma notável intervenção na área social,com Centro de Dia, Apoio Domiciliário a idosos e uma moderna creche.

A Bidoeira conta também, a título privado, com uma residencial de 3ª idade,o "Solar do Castanheiro".

Ensino[editar | editar código-fonte]

Na área do ensino, a Freguesia está equipada com um moderno Centro Escolar onde estudam cerca de 80 crianças no 1. Ciclo e 60 no Pré-Escolar. Para os restantes níveis de ensino os alunos deslocam-se às escolas situadas em lugares circundantes.

Animação Cultural e Desportiva[editar | editar código-fonte]

Na área da cultura e desporto é notória a dinâmica e a capacidade de iniciativa das gentes da Freguesia.

A Associação Filarmónica Bidoeirense, colectividade mais antiga, existe desde 1920, foi refundada em 1978 após estar inactiva desde 1954. Conta com a banda de música e uma escola com cerca de 40 alunos, desempenhando, assim, um papel de relevo ao nível da formação intelectual, cultural e artística das crianças e jovens de toda a freguesia.

O Rancho Folclórico "As Tecedeiras" é uma colectividade que pretende preservar os usos e costumes da população, através da apresentação das suas danças e cantares recolhidas na região, em actuações no país e estrangeiro (França, Alemanha e Suíça).

Funcionam na Freguesia dois Centros Culturais, um na sede de Freguesia, Bidoeira de Cima, e outro no Carriço e Bidoeira de Baixo.

Na área desportiva, o Grupo Desportivo e Recreativo Bidoeirense, fundado em 1978, possui um complexo desportivo com um campo relvado e outro de terra batida. Participa nos campeonatos distritais de séniores e tem diversas equipas nos escalões de formação, desempenhando, assim, um papel importante na formação desportiva dos jovens da freguesia.

Na área de lazer merece destaque o Parque de Lazer da Sapateira onde a população pode usufruir de um espaço verde equipado com bar, sanitários, mesas para merendas, espaços para jogos de mesa, petanca, chinquilho e um polidesportivo descoberto para a prática de diversas modalidades desportivas.

O ciclismo, nomeadamente na especialidade de BTT, o karaté e o yoga são também modalidades muito populares na freguesia.

Na Texugueira existe um edifício pertencente à Capela, que é o ponto de encontro e convívio das gentes desta localidade.

Turismo e Património[editar | editar código-fonte]

A Bidoeira de Cima foi um lugar pertencente à freguesia de Colmeias. Com a elevação de Milagres a freguesia, em 1750, passou a integrar-se nesta. Fruto do progresso económico registado desde os meados do século passado, a situação da Bidoeira de Cima tendeu para a autonomia. Deste percurso histórico, restava um património rico constituído, principalmente, pela bela Capela do século XVI, ou início do XVII, reconstruída em 1899, mas demolida em 1996 para dar lugar à nova Igreja de arquitectura moderna. Para lembrar esse antigo património, encontra-se edificado um monumento evocativo da antiga capela (painel de azulejos pintados à mão), na praça em frente à nova igreja.

As Capelas de Bidoeira de Baixo (recentemente melhorada) e da Texugueira, representam a arquitectura religiosa tradicional e são locais a visitar. A merecer uma atenção particular está a vista panorâmica que se avista dos pontos mais elevados da Bidoeira e, para lazer, os dois Parques de merendas e convívio, um na Texugueira, outro na Bidoeira de Cima.

Lugares da Freguesia[editar | editar código-fonte]

  • Bidoeira de Baixo
  • Bidoeira de Cima
  • Carriço
  • Casais da Bidoeira
  • Mata da Bidoeira
  • Pêga
  • Texugueira
  • Vale Coelho

Referências[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Áreas das freguesias, municípios e distritos da CAOP2013». Separador Areas_Freguesias_CAOP2013. Direcção-Geral do Território. 2013. Consultado em 1 de Abril de 2014. Cópia arquivada em 4 de Dezembro de 2013 
  2. «População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano)». Informação no separador "Q601_Centro". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 1 de Abril de 2014. Cópia arquivada em 4 de Dezembro de 2013 
  3. «Lei n.º 11-A/2013 de 28 de janeiro (Reorganização administrativa do território das freguesias)» (PDF). Diário da República eletrónico. Consultado em 1 de Abril de 2014. Cópia arquivada (PDF) em 6 de Janeiro de 2014 
  4. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  5. Diário da República - http://dre.tretas.org/dre/182071/
  6. «Lei n.º 108/85» (PDF). Diário da República eletrónico. Consultado em 26 de Abril de 2014 
  7. «Tratado III: da Comarca de Leyria, "Corografia Portuguesa"» (PDF). "Corografia Portuguesa". p. 100 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Bidoeira de Cima