Bielorrússia Ocidental

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde outubro de 2010)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.

Bielorrússia Ocidental é o nome utilizado para se referir ao território da atual Bielorrússia que fazia parte da Segunda República Polonesa até a assinatura do Tratado de Riga, ocorrida entre a Guerra Polonesa-Soviética e a Segunda Guerra Mundial. O termo é utilizado como contraponto à Bielorrússia Oriental, que era uma república constituinte da União Soviética.

O território incluía a maior parte das regiões ocidentais do país, em especial os voblasts de Hrodna e Brest, bem como partes dos voblasts de Minsk e Vitebsk.

A população da Bielorrússia Ocidental incluía bielorrussos, poloneses, lituanos, judeus e russos. Diversos camponeses da Polésia (os poleszuks) declaravam-se simplesmente como locais, ou "ortodoxos", em vez de se dizerem 'bielorrussos' (ver minoria bielorrussa na Polônia).

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Janusz Żarnowski, "Społeczeństwo Drugiej Rzeczypospolitej 1918-1939", Varsóvia, 1973
  • Eugeniusz Mironowicz, "Białoruś", Trio, Varsóvia, 1999, ISBN 83-85660-82-8

Ligações externas[editar | editar código-fonte]