Big Ben

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Elizabeth Tower vista a partir da Ponte de Westminster
O Big Ben
Uma das quatro faces do relógio localizado no topo da torre

Big Ben é o sino que foi instalado no Palácio de Westminster durante a gestão de Sir Benjamin Hall, ministro de Obras Públicas da Inglaterra, em 1859.[nota 1]

Apesar do termo também ser usado para se referir à torre do relógio onde o sino está localizado, a estrutura é oficialmente conhecida como a Elizabeth Tower, rebatizada para comemorar o Jubileu de Diamante da Rainha Isabel II do Reino Unido (antes de ser rebatizada em 2012, a torre era conhecida simplesmente como "Clock Tower"). A edificação possui o segundo maior relógio de quatro faces do mundo (o da prefeitura de Minneapolis, Estados Unidos, é o primeiro),[1] foi construída em estilo neogótico e tem 96 metros de altura.[2] A torre foi concluída em 1858 e tornou-se um dos símbolos mais importantes do Reino Unido, sendo frequentemente retratada em filmes ambientados em Londres.

História[editar | editar código-fonte]

O sino foi produzido em 1858 pela empresa de fundição Whitechapel Bell Foundry, na cidade de Londres. O mestre de fundição naquele ano era George Mears, cujo nome está inscrito no sino. A empresa, fundada em 1570, produziu ininterruptamente até o encerramento de suas atividades em junho de 2017.[3]

O peso do sino é de 13 760 quilogramas (30 340 libras), seu diâmetro é de 2,74 metros (9,0 pés) e sua altura é de 2,39 metros (7,8 pés), segundo dados do fabricante Whitechapel.[4]

No processo de fundição, o tempo que o metal em fusão levou para preencher o molde foi de 20 minutos e o tempo de solidificação no molde foi de 20 dias. Depois de pronto, foi transportado da fábrica até o Parlamento (um trajeto de poucos quilômetros) em uma carruagem puxada por 16 cavalos ornamentados para aquele festivo evento. O sino tocou pela primeira vez na torre em 31 de maio de 1859.[4]

Desde 31 de dezembro de 1923, a rádio BBC transmite todos os dias as badaladas do sino.[5]

Mudança de nome[editar | editar código-fonte]

Em uma cerimônia aos pés da torre em 12 de setembro de 2012, o nome da torre e do relógio passou a ser Elizabeth Tower, em homenagem à rainha Elizabeth II pelos seus 60 anos de reinado.[6]

Inclinação da torre[editar | editar código-fonte]

Até outubro de 2011, a torre havia se inclinado 0,26 graus para noroeste, resultando em um desvio de cerca de meio metro entre a base e o ponto mais alto da estrutura, considerando-se a sua altura de 96 metros.

De acordo com medições de especialistas divulgadas em 2010, a inclinação da torre se acentuou a partir de 2003, por razões desconhecidas. A partir daquele ano, a estrutura passou a se inclinar a uma razão de 0,9 milímetros por ano. Segundo as autoridades britânicas, este fato não chega a ser alarmante, já que seriam necessários cerca de 10 mil anos para que a estrutura chegue a uma inclinação crítica, como ocorreu com a Torre de Pisa em 1990, que chegou a uma inclinação máxima de 5,5 graus, antes do início da sua restauração.

Em janeiro de 2012, o parlamento inglês criou uma comissão para estudar uma possível ação para restaurar não só a torre, mas toda a estrutura do Palácio de Westminster, que possui algumas rachaduras.[7][8]

Badaladas fora dos períodos habituais[editar | editar código-fonte]

Em 15 de fevereiro de 1952 tocou 56 vezes, todos os minutos durante o funeral do rei Jorge VI, falecido com 56 anos de idade.[9]

Em 27 de Julho de 2012 tocou durante 3 minutos (das 8h12 às 8h15) para anunciar a abertura dos Jogos olímpicos 2012.[9] Foi a primeira vez que o sino tocou fora de sua programação normal desde o funeral do Rei Jorge VI, em 1952.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. São duas as teorias aceitas para o nome "Big Ben". A primeira é que, em uma seção do parlamento para a escolha do nome, depois de um discurso de Sir Benjamin Hall e por este ser um sujeito alto e corpulento, que tinha o apelido de "Big Ben", um dos parlamentares sugeriu que fosse esse o nome (a large and ponderous man known affectionately in the House as "Big Ben"). A outra teoria é que o nome foi uma homenagem a Benjamin Caunt, um lutador de boxe, que pesava 108 kg e tinha também o apelido de "Big Ben" (As Caunt at one period scaled 17 stone (238 lbs, or 108 kilogrammes), his nickname was Big Ben).The Story of Big Ben

Referências

  1. «Hennepin County Courthouses» (em inglês). Consultado em 29 de setembro de 2017. Arquivado do original em 31 de maio de 2017 
  2. «Bong! Big Ben rings in its 150th anniversary». Associated Press. 29 de maio de 2009. Consultado em 1 de junho de 2009. Cópia arquivada em 31 de maio de 2009 
  3. «A History of the Bell Foundry» (em inglês). Whitechapel Bell Foundry. Consultado em 29 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 29 de setembro de 2017 
  4. a b Fundição Whitechapel. «A História do Big Ben» (em inglês). Consultado em 25 de abril de 2013 
  5. Parlamento Inglês. «Big Ben será iluminado em seu 150º aniversário» (em inglês). 31/12/09. Consultado em 25 de abril de 2013 
  6. Exame Abril. «Big Ben é rebatizado como Torre Elizabeth». 12/9/12. Consultado em 25 de abril de 2013 
  7. PúblicoPT Mundo. «Big Ben está a inclinar-se lentamente». 23/10/11. Consultado em 17 de fevereiro de 2014 
  8. Notícias Terra. «Londres: Big Ben se inclina como a Torre de Pisa, diz comissão». 23/1/2012. Consultado em 17 de fevereiro de 2014 
  9. a b The Guardian. «Londres 2012: Big ben toca por três minutos na abertura dos Jogos Olímpicos» (em inglês). 24/7/12. Consultado em 25 de abril de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Big Ben
Imagem: Palácio de Westminster, Abadia de Westminster e Igreja de Santa Margarida O Big Ben faz parte do sítio Palácio de Westminster, Abadia de Westminster e Igreja de Santa Margarida, Património Mundial da UNESCO. Welterbe.svg
Ícone de esboço Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.