Bilal ibne Rabá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Bilal ibne Rabá
Nascimento 580
Meca
Morte 642
Damasco
Sepultamento Bab al-Saghir Cemetery
Cidadania Califado Ortodoxo
Ocupação Sahaba
Religião Islão

Bilal ibne Rabá (em árabe: بِلَال ٱبْن رَبَاح, Bilāl ibn Rabāḥ, 580–640 d.C.) foi um dos Sahabah (companheiros) mais confiáveis e leais do profeta islâmico Maomé. Ele nasceu em Meca e é considerado o primeiro almuadém da história, escolhido pelo próprio Maomé.[1][2][3][4] Ele era um ex-escravo e era conhecido por sua voz com a qual chamava as pessoas para suas orações. Ele morreu em 640 d.C., aos sessenta anos (ou pouco mais de sessenta nos anos lunares islâmicos).

Referências

  1. «BBC - Religions - Islam: Slavery in Islam». www.bbc.co.uk (em inglês). Consultado em 9 de julho de 2013 
  2. Ludwig W. Adamec (2009), Historical Dictionary of Islam, p.68. Scarecrow Press. ISBN 0810861615.
  3. Robinson, David. Muslim Societies in African History. Cambridge, UK: Cambridge University Press, 2004. Print.
  4. Levtzion, Nehemia, and Randall Lee Pouwels. The History of Islam in Africa. South Africa: Ohio UP, 2000. Print.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]