Bill Viola

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde junho de 2012) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Bill Viola é um videoartista estadunidense.[1]

Começou sua carreira na década de 1970 com trabalhos no Everson Museun em Syracuse, Nova York. Foi influenciado por artistas como Nam June Paik, Joseph Beuys, Wolf Vostell, Bruce Nauman e Peter Campus. Seu trabalhos em vídeo consistem em instalações, vídeos e performances, sendo marcados por um uso transparente do aparato videográfico, um controle e entendimento complexo do tempo, e por um inventivo uso do som. O tom espiritual de vídeos como The passing(1991) é constante em sua obra, já vídeos como Reverse Television(1983) trabalham uma crítica à televisão e à passividade de telespectadores, já Chott-l-Djerid(1979) apresenta imagens "abstratas" que fogem à analogia fotográfica. Ele trabalha códigos simbólicos e reflete sobre a falta de consciência coletiva na arte e faz um uso muito próprio do sonho e da fantasia. Seu trabalho mais recente é Ocean Without a Shore(2007).

Prémios[editar | editar código-fonte]

  • 1984 Polaroid Video Art Award for outstanding achievement, EUA
  • 1987 Maya Deren Award, American Film Institute, EUA
  • 1989 John D. and Catherine T. MacArthur Foundation Award, EUA
  • 1993 Skowhegan Medal (Video Installation), EUA
  • 1993 Medienkunstpreis, Zentrum für Kunst und Medientechnologie, Karlsruhe, and Siemens Kulturprogramm, Alemanha
  • 2003 Cultural Leadership Award, American Federal of Arts, EUA
  • 2006 NORD/LB Art Prize, Bremen, Alemanha
  • 2009 Eugene McDermott Award in the Arts, MIT, Cambridge, MA [2] Recebeu $75,000 e foi chamado a ir para o MIT e ajudar a melhorar os grupos criativos lá.
  • 2009 Catalonia International Prize, Barcelona, Espanha
  • 2010 Honorary doctorate from the University of Liège,[3] Bélgica
  • 2011 Praemium Imperiale, Japão

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Página oficial (em inglês)

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.