Bingöl

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde maio de 2013).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Turquia Bingöl

Romanopólis, Çabakcur, Capakcur, Çolig

 
—  Distrito (ilçe)  —
Mapa dos distritos da província de Bingöl
Mapa dos distritos da província de Bingöl
Bingöl está localizado em: Turquia
Bingöl
Localização de Bingöl na Turquia
Coordenadas 38° 53' N 40° 30' E
Região Anatólia Oriental
Província Bingöl
Administração
 - Governador (kaymakam) M. Hakan Güvençer [1]
 - Prefeito (belediye başkanı) Serdar Atalay (2009, AKP)[2]
Área [3]
 - Distrito (ilçe) 1 790 km²
Altitude 1 150 m
População (2012) [4]
 - Distrito (ilçe) 142 455
    • Densidade 79,6 hab./km²
 - Urbana 98 424
Código postal 12000
Prefixo telefónico 426
Sítio Governo distrital: www.bingol.gov.tr
Prefeitura: www.bingol.bel.tr

Bingöl (em zazaki: Çolig; em curmânji: Çewlîg;[nt 1] em arménio: Chabakhchour)[nt 2] é uma cidade e distrito (em turco: ilçe) da província homónima que faz parte da região da Anatólia Oriental da Turquia. Tem 1 790 km² de área e em 2012 a sua população era de 142 455 habitantes (densidade: 79,6 hab./km²), dos quais 98 424 moravam na cidade.[4]

No período bizantino chamava-se Romanopólis (em grego: Ῥωμανοῦπολις; transl.: Romanoupolis), em honra do imperador Romano I Lecapeno (r. 920–944).[nt 1] Depois disso, e até 1950, chamou-se Çabakcur ou Capakcur, que significa "água turbulenta" em arménio.[nt 2] O nome atual deve-se ao maciço montanhoso onde se encontra, o Bingöl Dağları; Bingöl significa "mil lagos" em turco e reflete a existência de numerosos lagos glaciais na região.[nt 1]

A região foi incorporada permanentemente no Império Bizantino em 942 por Romano I Lecapeno. Inicialmente era uma subdivisão do thema (província militar) da Mesopotâmia, tendo constituído posteriormente (c. 970) um thema separado.[qual?][nt 1][5]

Nos últimos anos, a região tem vindo a tornar-se um destino turístico.[nt 1][carece de fontes?] Como na província da qual é capital, a maioria da população é de etnia curda[nt 3][6] ou, segundo outras fontes, mais especificamente zaza[nt 2][nt 4]

No dia 1 de maio de 2003 a região sofreu um sismo com magnitude 6,4 Mw que causou pelo menos 177 mortos e 521 feridos, além de destruir 718 edifícios e danificar outros 2 593.[7] A 8 de março de 2010 ocorreu outro sismo, com epicentro 45 km a oeste de Bingöl e magnitude 6,1, que provocou pelo menos 57 mortos e 100 feridos.[8]

O clima é do tipo continental (Dsa na classificação de Köppen-Geiger), caraterizado por uma grande amplitude térmica anual, com verões quentes e secos e invernos frios e com neve. De dezembro a fevereiro, a média das temperaturas máximas pouco ultrapassa os 0 °C, e as mínimas, cujos recordes são inferiores a -20 °C, são negativas entre dezembro e março. No verão as máximas situam-se normalmente muito próximas ou são superiores a 30 °C entre junho e setembro.

Notas

  1. a b c d e Trechos baseados no artigo «Bingöl» na Wikipédia em inglês (acessado nesta versão).
  2. a b c Trechos baseados no artigo «Bingöl» na Wikipédia em catalão (acessado nesta versão).
  3. Trecho baseado no artigo «Bingöl» na Wikipédia em francês (acessado nesta versão).
  4. É frequente considerar os Zazas uma sub-etnia curda.

Referências

  1. «Bingöl İlı». yerelnet.org.tr (em turco). YerelNET. Consultado em 4 de maio de 2013 
  2. «Bingöl Beledıyesı». www.yerelnet.org.tr (em turco). YerelNET. Consultado em 4 de maio de 2013 
  3. «Districts of Turkey». www.statoids.com (em inglês). Administrative Divisions of Countries ("Statoids"). 2 de fevereiro de 2008. Consultado em 26 de maio de 2010. Cópia arquivada em 26 de maio de 2010 
  4. a b «Base de dados do sistema de registo de população baseada em moradas (ABPRS)». www.tuik.gov.tr (em turco). Instituto de Estatística da Turquia (TURKSTAT). Consultado em 4 de maio de 2013 
  5. Oikonomides, Nikolaos (1972), Listes de préséance byzantines des neuvième et dixième siècles (em francês), Centre national de la recherche scientifique, p. 359, consultado em 5 de maio de 2013 
  6. Cigerli, Sabri; Saout, Didier Le (2005), Öcalan et le PKK: les mutations de la question kurde en Turquie et au Moyen-Orient, ISBN 9782706818851 (em francês), Maisonneuve & Larose, p. 356 
  7. «Significant Earthquakes of the World - 2003». earthquake.usgs.gov (em inglês). Serviço Geológico dos Estados Unidos. Consultado em 5 de maio de 2013 
  8. «Magnitude 6.1 - Eastern Turkey 2010 March 08 02:32:34 UTC». earthquake.usgs.gov (em inglês). Serviço Geológico dos Estados Unidos. Consultado em 5 de maio de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Província de Bingöl
  • «Bingöl». kurumsal.kulturturizm.gov.tr (em turco). Portal institucional do Ministério da Cultura e Turismo. Consultado em 4 de maio de 2013 


Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Turquia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.