Biologia clínica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Laboratório de Ensaios e Biodiagnose, onde os biólogos clínicos realizam os mais diversos estudos.

Biologia clínica ou hospitalar é uma especialidade da biologia profissional, desenvolvida por graduados em biologia habilitados para atuação em laboratórios de bioanálises e biodiagnose em saúde. As atividades desenvolvidas pelos biólogos clínicos, além da gestão técnica dos serviços, incluem os procedimentos específicos de: citologia, microbiologia, parasitologia, imunologia, hematologia, genética e morfo-fisiologia por um nuance evolutivo, eco-epidemiológico e eco-etnográfico na promoção da saúde, sempre primando por um enfoque educacional das comunidades.[1]

Áreas de atuação em Biologia Clínica[2][editar | editar código-fonte]

Atuação de biólogos clínicos[editar | editar código-fonte]

Os biólogos clínicos geralmente atuam atentendendo pacientes quando atuam em aconselhamento genético, reprodução assistida e fitoterapia ou em análises biológicas gerais que envolvem estudos sobre patologias e bem estar. Portanto destinam-se a integrar os quadros de empresas ou organizações que desenvolvem a sua atividade na indústria em áreas de saúde humana e animal, nos hospitais, em laboratórios públicos e privados, bem como em diversas unidades que se dedicam à investigação científica e à transferência de tecnologia aplicada a biologia. [3]

Por outro lado, o perfil multidisciplinar dos Biólogos clínicos confere-lhes a aquisição de competências para desenvolver atividade em áreas relacionadas com os resíduos perigosos, a avaliação de risco ambiental e a saúde pública.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Holland Education Consortium | Clinical Biology». hollandeducationconsortium.nl (em inglês). Consultado em 21 de março de 2017. 
  2. «Clinical Biology». Consultado em 5 de março de 2017. 
  3. a b «Biologia Clínical Laboratorial». Consultado em 15 de fevereiro de 2018.