Bion 1

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bion 1 / Kosmos 605
Missão
Operação Institute of Biomedical Problems
Tipo de missão Ciências da Vida
Planeta orbitado Terra
Lançamento 31 de Outubro de 1973
18:25 GMT
Veículo de Lançamento Soyuz-U
Local do Lançamento Cosmódromo de Plesetsk, URSS
Duração da missão 2 meses
Fim da missão 25 de Maio de 1962
COSPAR 1973-083A
Massa 5500 kg
Resultado Sucesso
Elementos Orbitais
Tipo LEO
Inclinação 62.8°
Apogeu 424 km
Perigeu 221 km
Período orbital 93,1 minutos

O Bion 1 (ou Kosmos 605; em russo: Бион 1, Космос-605) foi um satélite soviético de pesquisas biológicas. Foi lançado em 31 de outubro de 1973 do Cosmódromo de Plesetsk, União Soviética (atualmente na Rússia), através de um foguete Soyuz-U. O satélite levou vários ratos machos em dúzias (possivelmente 25[1] ou 45), seis tartarugas (Agrionemys horsfieldii)[2] , cada uma em uma caixa separada, uma cama de cogumelos, besouros de farinha (Tribolium confusum) em vários estágios de seu ciclo de vida e esporos bacterianos. Ele forneceu dados sobre a reação de mamíferos, répteis, formas de insetos, fungos e bactérias à microgravidade prolongada.

Referências

  1. Sondas espaciais russas, Brian Harvey, Olga Zakutnyaya. Springer, 2011. p 448
  2. NASA Archive PDF