Birger da Suécia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Birger
Rei da Suécia
Reinado 18 de dezembro de 1290
a março/abril de 1318
Antecessor(a) Magno III
Sucessor(a) Magno IV
 
Esposa Marta da Dinamarca
Descendência Magno da Suécia
Érico da Suécia
Inês da Suécia
Catarina da Suécia
Casa Bjälbo
Nascimento 1280
Morte 31 de maio de 1321 (41 anos)
Sepultamento Ringsted, Dinamarca
Pai Magno III da Suécia
Mãe Edviges de Holsácia

Birger (128031 de maio de 1321), também chamado de Birger Magnusson, foi o Rei da Suécia de 1290 até sua deposição em 1318 por seu sobrinho Magno IV. Era filho do rei Magno III e sua esposa a rainha Edviges de Holsácia.

O seu reinado foi dominado pelas lutas com os seus dois irmãos - Érico e Valdemar.[1] Enquanto o rei Birger queria fortalecer o seu poder real, os duques Érico e Valdemar queriam fortalecer o seu poder local feudal. [2]

Em 1306, os dois irmãos aprisionaram o rei Birger em Håtuna, e meteram-no numa torre em Nyköpingshus durante dois anos. Este episódio ficou conhecido na história da Suécia como a brincadeira de Håtuna (Håtunaleken).[3]

Após alguns meses, Birger conseguiu fugir, mas ficou apenas com o controle de uma parte menor do reino. Por um acordo de 1310 em Helsingborg, ele aceitava não interferir nos territórios governados pelos dois irmãos.[4]
Todavia, em 1317, Birger convidou os dois irmãos a uma festa na sua residência - o chamado banquete de Nyköping (Nyköpings gästabud), onde os aprisionou, tendo eles morrido em cativeiro no ano de 1318.[5]

Uma revolta conduzida pelos partidários de Érico e Valdemar alastrou pelo país, e Birger acabou por fugir para a Dinamarca.
Um novo rei foi aclamado - o menino de três anos de nome Magnus Eriksson, filho de Érico Magnusson. [6]

Referências

  1. «Birger Magnusson» (em sueco). Enciclopédia Nacional Sueca. Consultado em 22 de abril de 2014. 
  2. Melin, Jan; Johansson, Alf; Hedenborg, Susanna (2006-09). «Medeltiden». Sveriges historia. Koncentrerad uppslagsbok, fakta, årtal, kartor, tabeller (em sueco) (Estocolmo: Prisma). p. 64-66. ISBN 9789151846668. 
  3. «Håtunaleken» (em sueco). Enciclopédia Nacional Sueca. Consultado em 22 de abril de 2014. 
  4. Melin, Jan; Johansson, Alf; Hedenborg, Susanna (2006-09). «Medeltiden». Sveriges historia. Koncentrerad uppslagsbok, fakta, årtal, kartor, tabeller (em sueco) (Estocolmo: Prisma). p. 64-66. ISBN 9789151846668. 
  5. Ernby, Birgitta; Martin Gellerstam, Sven-Göran Malmgren, Per Axelsson, Thomas Fehrm (2001). «Nyköpings gästabud». Norstedts första svenska ordbok (em sueco) (Estocolmo: Norstedts ordbok). p. 436. ISBN 91-7227-186-8. 
  6. «Birger Magnusson» (em sueco). Enciclopédia Nacional Sueca. Consultado em 22 de abril de 2014. 

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • «Birger Magnusson» (em sueco). Enciclopédia Nacional Sueca. Consultado em 22 de abril de 2014. 
  • «Håtunaleken» (em sueco). Enciclopédia Nacional Sueca. Consultado em 22 de abril de 2014. 
  • LARSSON, Hans Albin (1999). «Medeltiden». Boken om Sveriges historia (em sueco) (Estocolmo: Forum). p. 90. ISBN 9789137114842. 
  • Melin, Jan; Johansson, Alf; Hedenborg, Susanna (2006-09). «Medeltiden». Sveriges historia. Koncentrerad uppslagsbok, fakta, årtal, kartor, tabeller (em sueco) (Estocolmo: Prisma). p. 64-66. ISBN 91-518-4666-7. 
Precedido por
Magno III
Rei da Suécia
1290-1319
Sucedido por
Magno IV
Ícone de esboço Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.