Birmânia Britânica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Erro:: valor não especificado para "continente"


British Burma
Birmânia Britânica

Colônia britânica

British Raj Red Ensign.svg
 
Flag of the Alaungpaya Dynasty of Myanmar.svg
 
Flag of the State of Burma (1943-45).svg
1824–1942
1945–1948
Flag of the State of Burma (1943-45).svg
 
Flag of Thailand.svg
 
Flag of Burma (1948-1974).svg

Bandeira de Birmânia

Bandeira desde 1937

Hino nacional
God Save the Queen
(Deus Salve a Rainha)


Localização de Birmânia
Birmânia durante a Segunda Guerra Mundial
Verde escuro: Ocupação japonesa da Birmânia
Prata claro: Restante da Birmânia Britânica
Verde claro: Ocupado e anexado pela Tailândia
Capital Rangum
Língua oficial Inglês (oficial)
Birmanês (proibido)
Religião Budismo, cristianismo, hinduísmo, islamismo
Governo Colônia
Monarca
 • 1862–1901 Vitória
 • 1901–1910 Eduardo VII
 • 1910–1936 Jorge V
 • 1936 Eduardo VIII
 • 1936–1947 Jorge VI
Governador
 • 1923–1927 Harcourt Butler (primeiro)
 • 1946–1948 Hubert Rance (último)
Comissário-Chefe
 • 1862–1867 Arthur Purves Phayre
 • 1895–1897 Frederick William Richards Fryer
Legislatura Conselho Legislativo da Birmânia (1897-1936)
Legislatura da Birmânia (1936-1947)
 - Senado Câmara Superior
 - Câmara dos Representantes Câmara Inferior
Período histórico Era colonial
 • 5 de março de 1824 Primeira Guerra Anglo-Birmanesa
 • 18241826, 1852, 1885 Guerras anglo-birmanesas
 • 19181942 Movimento anti-colonial
 • 1937 Separação da Índia britânica
 • 19421945 Ocupação japonesa e ocupação tailandesa
 • 4 de janeiro de 1948 Independência do Reino Unido

O domínio britânico na Birmânia durou de 1824 a 1948 - das guerras anglo-birmanesas, através da criação da Birmânia como uma província da Índia Britânica, ao estabelecimento de uma colônia administrada de forma independente e, finalmente, a independência. Diversas partes do território birmanês, incluindo Arakan e Tenasserim foram anexadas pelos britânicos após a sua vitória na Primeira Guerra Anglo-Birmanesa. A Baixa Birmânia foi anexada em 1852, após a Segunda Guerra Anglo-Birmanesa. Os territórios anexados foram designados províncias menores da Índia britânica em 1862.[1] Após a Terceira Guerra Anglo-Birmanesa, em 1885, a Alta Birmânia foi anexada e, no ano seguinte, a província da Birmânia na Índia Britânica foi estabelecida, tornando-se uma província importante em 1897.[1] Essa disposição durou até 1937, quando a Birmânia passou a ser administrada separadamente pelo Gabinete da Birmânia sob o Secretário de Estado da Índia e Birmânia. A Birmânia tornou-se independente do jugo britânico em 4 de janeiro de 1948.

Referências

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

  • Chew, Ernest. "The Withdrawal of the Last British Residency from Upper Burma in 1879." Journal of Southeast Asian History 10.2 (1969): 253–78. Jstor. Web. 1 March 2010.
  • "CIA – The World Factbook." Welcome to the CIA Web Site Central Intelligence Agency. 18 February 2010. Web. 4 March 2010.
  • Encyclopædia Britannica. Web. 1 March 2010.
  • Furnivall, J. S. "Burma, Past and Present." Far Eastern Survey: American Institute of Pacific Relations 25 February 1953, XXII ed., No. 3 sec.: 21–26. JStor. Web. 1 March 2010.
  • Guyot, James F. "Myanmar." The World Book Encyclopedia; Vol. 13. Chicago: World Book, 2004. 970-70e. Print.
  • Marshall, Andrew. The Trouser People: A Story of Burma in the Shadow of the Empire. Washington D.C.: Counterpoint, 2002. Print.
  • "Myanmar (Burma) – Charles' George Orwell Links." Charles' George Orwell Links – Biographies, Essays, Novels, Reviews, Images. Web. 4 March 2010. http://www.netcharles.com/orwell/articles/col-burma.htm
  • "Myanmar." Encyclopædia Britannica. 15th ed. 2005. Print.
  • Tucker, Shelby. Burma: The Curse of Independence. London: Pluto, 2001. Print.

Ver também[editar | editar código-fonte]