Birth of the Blues

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Birth of the Blues
Sinfonia Bárbara[1] (BRA)
 Estados Unidos
1941 •  p&b •  87 min 
Direção Victor Schertzinger
Produção Buddy G. DeSylva
Roteiro Harry Tugend
Walter DeLeon
Elenco Bing Crosby
Mary Martin
Brian Donlevy
Carolyn Lee
Eddie 'Rochester' Anderson
J. Carrol Naish
Gênero musical
Distribuição Paramount Pictures
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Birth of the Blues é um filme estadunidense de 1941, do gênero musical, dirigido por Victor Schertzinger e estrelado por Bing Crosby e Mary Martin. O filme tem a intenção de documentar os primórdios do jazz e, assim, mostra quatorze canções, desde as clássicas St. Louis Blues, Memphis Blues e St. James Infirmary até novidades, como The Waiter, the Porter and the Upstairs Maid, de Johnny Mercer.[2]

O filme foi indicado para o Oscar de Melhor Trilha Sonora (Filme Musical).

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Na Nova Orleans do início do século XX, o clarinetista Jeff Lambert, amante do jazz, forma sua própria banda, com o amigo trompetista Memphis. No entanto, eles encontram dificuldades em conseguir trabalho, devido ao preconceito contra aquela "música de negros". Finalmente, a salvação vem pelas mãos da cantora e amiga Betty Lou Cobb que, ao ser contratada pelo Black-Tie Café, exige ser acompanhada pela banda. O sucesso chega, porém as coisas continuam difíceis, pois Jeff e Memphis apaixonam-se por Betty, o que causa tensões internas. Além disso, o clube é dominado por mafiosos, que frustram os planos de Jeff de levar seus músicos para Chicago.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Bing Crosby Jeff Lambert
Mary Martin Betty Lou Cobb
Brian Donlevy Memphis
Carolyn Lee Tia Phoebe Cobb
Eddie 'Rochester' Anderson Louey
J. Carrol Naish Blackie
Warren Hymer Limpy
Hayden Stevenson Ajudante de palco (não-creditado)

Principais premiações[editar | editar código-fonte]

Prêmio Categoria Situação
Oscar Melhor Trilha Sonora Indicado
National Board of Review Melhor Atuação
(Bing Crosby)
Vencedor

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. G.M. (1 de outubro de 1942). «Astros e filmes». Gazeta de Notícias (Rio de Janeiro), p. 7. Consultado em 23 de janeiro de 2018 
  2. EAMES, John Douglas, The Paramount Story, Londres: Octopus Books, 1985 (em inglês)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • EAMES, John Douglas, The Paramount Story, Londres: Octopus Books, 1985 (em inglês)
  • Rodrigues da Silva, Divino (1995). «Todos os Filmes da Paramount no período de 1940 a 1944». edição de autor. Matinê (13) [fonte confiável?]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]