Bisacodil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bisacodil
Alerta sobre risco à saúde
Bisacodyl skeletal.svg
Nome IUPAC 4,4'-(2-Piridilmetileno)difenilo.
Identificadores
Número CAS 603-50-9
PubChem 2391
ChemSpider 2299
Código ATC A06AB02
Propriedades
Fórmula química C22H19NO4
Massa molar 361.37 g mol-1
Aparência pó cristalino branco ou quase branco.
Ponto de fusão

132,4 °C[1]

Solubilidade em água praticamente insolúvel na água [2]
Solubilidade solúvel na acetona, ligeiramente solúvel no álcool, pouco solúvel no éter[2]
Farmacologia
Biodisponibilidade 15%
Via(s) de administração oral e retal
Metabolismo hepático
Meia-vida biológica 16 horas
Excreção fezes e urina
Riscos associados
Frases R R22, R36/37/38
Frases S S26, S36
LD50 4320 mg·kg-1 (Rato, oral)[3]
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Bisacodil (em latim: bisacodylum) é um laxante purgativo que estimula o peristaltismo do cólon e promove a acumulação de água, resultando no amolecimento das fezes e sua liberação. Fármacos purgativos promovem a irritação da mucosa intestinal, podendo, a longo prazo, danifica-la permanentemente.

É uma droga derivada do difenilmetano.

Indicações[editar | editar código-fonte]

No favorecimento do ato de defecar ou esvaziamento do cólon para exames.[4]

Mecanismo de ação[editar | editar código-fonte]

Aumento do peristaltismo da musculatura lisa intestinal, por ação nos plexos intramurais. O medicamento produz, acumulação de íons e líquidos no cólon, gerando fezes líquidas. O processo irritativo desencadeado pode, a longo prazo, danificar permanentemente o plexo mioentérico/intramural, fazendo com que o indivíduo perca definitivamente a motilidade intestinal normal. Diante disso, não devem ser utilizados de forma prolongada, apenas em situações esporádicas. Em caso de constipação crônica, procure auxílio médico, sempre lembrando que fármacos laxantes formadores de massa (as fibras|) são muito melhores e menos danosas a sua saúde.

Contra-indicações[5][editar | editar código-fonte]

Reações adversas[editar | editar código-fonte]

O Bisacodil pode provocar como reação adversa arritmias cardíacas, cansaço, erupção cutânea e cãibras musculares.[4]

Efeitos colaterais[editar | editar código-fonte]

Podem ocorrer diarreias, náuseas e eructação. Usado por muito tempo, pode-se desenvolver dependência na função intestinal.[6]

Notas e referências

  1. Mathkar, S.; Kumar, S.; Bystol, A.; Olawoore, K.; Min, D.; Markovich, R.; Rustum, A.: The use of differential scanning calorimetry for the purity verification of pharmaceutical reference standards, in: J. Pharm. Biomed. Anal., 2009, 49, S. 627–631; doi:10.1016/j.jpba.2008.12.030.
  2. a b Farmacopeia Potuguesa VII
  3. Catálogo da Sigma-Aldrich, Bisacodil .
  4. a b P.R. Vade-mécum Brasil 2005/2006.
  5. «Quais são as principais contra-indicações de Dulcolax®?». Consultado em 4 de janeiro de 2009 
  6. «Bisacodil». Consultado em 4 de janeiro de 2009 
Ícone de esboço Este artigo sobre fármacos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.