Bittencourt Project

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bittencourt Project
Informação geral
Origem São Paulo
País  Brasil
Gênero(s) Heavy metal
Hard rock
Folk Rock
Folk Metal
Período em atividade 2008 - Atualmente
Gravadora(s) -
Afiliação(ões) Angra
Integrantes Rafael Bittencourt
Página oficial myspace.com/bittencourtproject

Bittencourt Project é um projeto paralelo criado por Rafael Bittencourt, fundador e guitarrista do Angra. Este projeto já lançou um álbum de estúdio, Brainworms I, de 2008, e um DVD, Brainworms Live in Brazil, lançado em 2017.

História[editar | editar código-fonte]

Origens[editar | editar código-fonte]

O Bittencourt Project nasceu de um desejo do guitarrista Rafael Bittencourt de fazer um projeto mais intimista, mais pessoal, totalmente diferente de seu trabalho no Angra. Começou a tomar forma em 2007, com alguns pocket shows.

O álbum "Brainworms I"[editar | editar código-fonte]

Em 2008, o Bittencourt Project lançou seu primeiro e até então único álbum, Brainworms I[1].

O título do álbum, cuja tradução literal seria “vermes cerebrais”, é na verdade um termo criado por neurocientistas para designar certos tipos de melodias que “grudam” em nossa memória e não conseguimos esquecer por algum tempo. Foi inspirado nesse tema que Rafael compôs o CD e montou este projeto.

Brainworms I conta com 11 faixas, mais uma faixa bônus para Brasil e Japão ("Nacib Véio"). Todas as faixas são compostas por Rafael Bittencourt, incluindo algumas escritas há anos e que não foram lançadas em sua banda principal, o Angra, porque Rafael as considerou pessoais demais. Essas faixas contam histórias de sua vida, como "Faded", que fala de sua separação da sua então esposa, Patrícia Zanzoti, e "Nightfly", que conta sobre sua infância na casa de praia de sua avó, onde passava as férias escolares, e também suas filosofias, crenças e medos, como "The Underworld", que reflete as suas dúvidas em relação ao que acontece pós-morte.

Rafael é muito conhecido também por ter facilidade em contatar músicos, como declarado dele mesmo em entrevistas, por exemplo ao site cifra club. Essa proximidade de contatos com músicos, unida com a vontade "encubada" de criar um projeto solo paralelo as atividades musicais profissionais, culmina em um time de músicos talentosos para o primeiro álbum desse trabalho.

Amon Lima, do conhecido grupo Família Lima, Marcell Cardoso e Fabrizio de Sarno, ambos do Karma, Kiko Loureiro e Felipe Andreoli, parceiros de Angra e Ricardo Confessori, ex-companheiro de Bittencourt no Angra, são alguns dos músicos que participam do álbum.

Hiato e primeiro DVD[editar | editar código-fonte]

Após um bom tempo se dedicando quase exclusivamente ao Angra, com exceção de alguns pocket shows com o Bittencourt Project, em 2015 Rafael anuncia o projeto de um financiamento coletivo (crowdfunding) para o lançamento de um DVD do Bittencourt Project[2]. Os colaboradores receberiam em troca recompensas, como o DVD autografado, camisetas, songbook e até um show acústico na casa do colaborador. Após alguns atrasos na produção, em meados de 2017 finalmente foi lançado o primeiro DVD do Bittencourt Project, intitulado Brainworms Live in Brazil. O DVD foi gravado em São Paulo, em janeiro de 2016, e contém todas as faixas do único álbum lançado até então, Brainworms I (com exceção da instrumental "Primeiro Amor"), lançado quase 9 anos antes, além de alguns covers. O DVD conta com diversas participações especiais, como Edu Ardanuy (ex-Dr. Sin) e Marcello Pompeu (Korzus).

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Videografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma banda ou grupo musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.