Blairmorito

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Uma amostra de Blairmorito. O mineral âmbar é analcite, o pálido é sanidina e os pequenos minerais pretos são granadas andraditas.

Blairmorites são rochas vulcânicas porfiroides raras caracterizadas por ter predominância de fenocristais de analcite, na matriz de analcite, sanidina e piroxenas alcalinas, com traços de titanitas, andraditas e nefelinas. Possui esse nome em homenagem a comunidade de Blairmore, no sudoeste de Alberta, Canadá.[1][2]

Essa rocha ígnea extrusiva é encontrada em duas formações geológicas no mundo todo. A principal ocorrência é na formação Crowsnest, situada em Alberta, onde é associado a aglomerados e tufos derivados de erupções explosivas. O outro lugar é Lupata Gorge em Moçambique.[1]

Referências

  1. a b Pearce, T.H. «Analcime phenocrysts in igneous rocks: Primary or secondary? – Discussion.» (PDF). American Mineralogist 78: 225-229, 1993. Consultado em 6 de outubro de 2014 
  2. Johannsen, A. 1933. A descriptive petrography of the igneous rocks, Appendix III, p. 244. Univ. of Chicago Press.