Blaya

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Blaya
Blaya
Informação geral
Nome completo Karla Rodrigues
Nascimento 27 de maio de 1987 (31 anos)
Local de nascimento Fortaleza
 Brasil
Nacionalidade portuguesa
Género(s) kuduro e funk
Ocupação(ões) cantora, compositora e dançarina
Filho(s) Aura Electra Rodrigues Russo
Instrumento(s) voz
Período em atividade 2001 - presente
Editora(s) Warner Music

Blaya, nome artístico de Karla Rodrigues, é uma cantora, compositora e dançarina portuguesa nascida em Fortaleza, Brasil.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Blaya veio para Portugal com apenas dois meses de idade.[1] Ela iniciou-se na atividade musical em 2001.

Em 2008, juntou-se aos Buraka Som Sistema, parceria que haveria de durar até 2016, uma vez que o grupo está em hiato. Com os Buraka Som Sistema, Blaya já atuou em festivais como o Coachella, I Love Techno, The Mayan, Haunted Mansion, Bowerrry Ballroom, Sudoeste, Open'er e Rock in Rio Lisboa, onde também atuou a solo em 2018.

Em 2013, lançou o seu primeiro EP, Blaya, que conta com seis temas originais e dois remixes. O EP foi lançado como download gratuito através do site Optimus Discos (hoje NOS Discos).[2] Assim que os Buraka Som Sistema entraram em hiato, Blaya lançou um canal no YouTube, intitulado Late Night Blaya, onde falava abertamente sobre sexo e dava dicas sexuais.

Em março de 2018, Blaya lançou o single Faz Gostoso, que canta com sotaque brasileiro. Faz Gostoso tornou-se um êxito, tendo passado cinco semanas no número um do Top Português de Singles.[3] O videoclipe de Faz Gostoso foi publicado no YouTube em 15 de março de 2018 e, à data de 5 de agosto do mesmo ano, já acumulava mais de 20 milhões de visualizações naquele sítio.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

A nível pessoal, Blaya foi mãe de uma menina, chamada Aura Electra Rodrigues Russo, em julho de 2017.[4] Em 2012, Blaya assumiu publicamente a sua bissexualidade.

Referências

  1. Andreia Friaças (21 de março de 2018). «Blaya: "É muito complicado as pessoas ultrapassarem a barreira do rabo. Acham que eu sou só o rabo. E não sou"». SAPO 24. Consultado em 14 de setembro de 2018. 
  2. «Blaya». NOS Discos. Consultado em 14 de setembro de 2018. 
  3. «Blaya - Faz gostoso». portuguesecharts.com. Consultado em 14 de setembro de 2018. 
  4. «Blaya obrigada a alterar o nome da filha». Correio da Manhã. 17 de julho de 2017. Consultado em 14 de setembro de 2018.