Blaya

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Blaya
Blaya
Informação geral
Nome completo Karla Rodrigues
Nascimento 27 de maio de 1987 (31 anos)
Local de nascimento Fortaleza
 Brasil
Nacionalidade portuguesa
Género(s) kuduro, funk carioca, bass music e R&B
Ocupação(ões) cantora, compositora e dançarina
Filho(s) Aura Electra Rodrigues Russo
Instrumento(s) voz
Período em atividade 2001 - presente
Editora(s) Warner Music

Blaya, nome artístico de Karla Rodrigues, é uma cantora, compositora e dançarina portuguesa nascida em Fortaleza, Brasil.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Blaya veio para Portugal com apenas dois meses de idade.[1] Ela iniciou-se na atividade musical em 2001.

Em 2008, juntou-se aos Buraka Som Sistema, parceria que haveria de durar até 2016, uma vez que o grupo está em hiato. Com os Buraka Som Sistema, Blaya já atuou em festivais como o Coachella, I Love Techno, The Mayan, Haunted Mansion, Bowerrry Ballroom, Sudoeste, Open'er e Rock in Rio Lisboa, onde também atuou a solo em 2018.

Em 2013, lançou o seu primeiro EP, Blaya, que conta com seis temas originais e dois remixes. O EP foi lançado como download gratuito através do extinto site Optimus Discos/ NOS Discos).[2] Para promover o EP, Blaya lançou um videoclipe para um dos seus temas, "Superfresh". O videoclipe conta com a participação de Agir, DJ Cruzfader e V Unik.

Assim que os Buraka Som Sistema entraram em hiato, Blaya lançou um canal no YouTube, intitulado Late Night Blaya, onde falava abertamente sobre sexo e dava dicas sexuais.

Em março de 2018, Blaya lançou o single Faz Gostoso, que canta com sotaque brasileiro. Faz Gostoso tornou-se um êxito, tendo passado cinco semanas no número um do Top Português de Singles.[3] O videoclipe de Faz Gostoso foi publicado no YouTube em 15 de março de 2018 e, em meados de outubro do mesmo ano, já acumulava mais de 24 milhões de visualizações naquele site.

A 28 de julho de 2018, lançou um livro de contos eróticos dirigido ao público feminino, com o nome de "Mulheres, Sexo e Manias."[4]

Em setembro de 2018, lançou simultaneamente os singles "Má Vida" e "Vem na Vibe", assim como os respetivos videoclipes. "Má Vida" é cantado com sotaque brasileiro e sotaque português, ao passo que em "Vem na Vibe" Blaya canta exclusivamente com sotaque português. No mês, estreou a telenovela portuguesa Valor da Vida, cujo tema de genérico é cantado por Blaya. A canção, intitulada "Tudo Passou", incorpora elementos musicais e parte da letra do êxito internacional "Lambada", da banda Kaoma. O videoclipe foi gravado em Guimarães, um dos locais da trama de Valor da Vida.[5]

No início de outubro de 2018, foi anunciado que Blaya está entre os cinco artistas nomeados para o prémio Best Portuguese Act, da edição de 2018 do MTV Europe Music Awards, a decorrer a 4 de novembro do mesmo ano.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

A nível pessoal, Blaya foi mãe de uma menina, chamada Aura Electra Rodrigues Russo, em julho de 2017.[6] Em 2012, Blaya assumiu publicamente a sua bissexualidade.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

Lista de singles, com as respetivas posições no Top Português de Singles
Título Ano Posição máxima
POR

[7]

"Faz Gostoso" 2018 1
"Má Vida"
"Vem na Vibe" 46
"—" faz referência a um single que não entrou na referida tabela musical

EPs[editar | editar código-fonte]

Blaya (Optimus Discos, 2013)

Prémios e nomeações[editar | editar código-fonte]

Ano Prémio Categoria Resultado
2018 MTV Europe Music Award Best Portuguese Act Por anunciar

Referências

  1. Andreia Friaças (21 de março de 2018). «Blaya: "É muito complicado as pessoas ultrapassarem a barreira do rabo. Acham que eu sou só o rabo. E não sou"». SAPO 24. Consultado em 14 de setembro de 2018. 
  2. «Blaya». NOS Discos. Consultado em 14 de setembro de 2018. 
  3. «Blaya - Faz gostoso». portuguesecharts.com. Consultado em 14 de setembro de 2018. 
  4. «"Mulheres, sexo e manias". Blaya vai lançar livro erótico dirigido a todas as mulheres». Diário de Notícias. 2 de julho de 2018. Consultado em 17 de outubro de 2018. 
  5. «Blaya dá voz e alma ao genérico de «Valor da Vida»». TVI. 16 de outubro de 2018. Consultado em 17 de outubro de 2018. 
  6. «Blaya obrigada a alterar o nome da filha». Correio da Manhã. 17 de julho de 2017. Consultado em 14 de setembro de 2018. 
  7. Hung, Steffen. «portuguesecharts.com - Blaya - Faz gostoso». portuguesecharts.com. Consultado em 5 de outubro de 2018.