Boémia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Boémia (desambiguação).
Localização da Boêmia dentro da União Europeia.
Brasão de armas do Reino da Boémia.

Boémia (português europeu) ou Boêmia (português brasileiro) (Čechy em língua checa, Böhmen em alemão) é uma região histórica da Europa Central, ocupando os terços ocidental e médio da actual República Checa.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Com uma área de 52 750 km quadrados e 6,25 milhões de habitantes, de um total de 10,3 milhões de checos, a Boémia é limitada pela Alemanha a oeste, a Polónia a nordeste, a província checa da Morávia a leste e a Áustria ao sul. As fronteiras da Boémia decorrem em grande parte ao longo de cordilheiras como a Šumava, as montanhas Ore ou Krkonoše (Riesengebirge) como parte das montanhas Sudetos.

Banhada pelos rios Elba, Moldava, Ohře e por lagoas e lagos. As cidades principais são Praga, Plzeň, Ústí nad Labem, České Budějovice, Liberec, Pardubice e Hradec Králové. O clima é continental temperado. A população concentra-se nas áreas industrializadas e nas planícies férteis. Cultiva-se centeio, cevada, aveia, batatas, pomares, beterraba açucareira, lúpulo e linho. Pecuária. Exploração florestal. Mineração (carvão, ferro, zinco, chumbo, prata, urânio, caulino e grafite). Indústria agroalimentícia, cervejeira, siderúrgica, mecânica, têxtil, química, da cerâmica, do vidro e da madeira. Termas (Karlovy Vary, Mariánské Lázně).

História[editar | editar código-fonte]

O nome Boémia deriva de Boihaemum ou casa dos Boios, povo celta que migrou para esta região no início do século V a.C. (Referência:John Haywood: The Celts - Bronze Age to New Age).

As tribos eslavas, que chegaram no século I d.C., dominavam o território no século VI. A partir do século X, a família dos Premyslidas exerceu a sua autoridade na Boêmia Central.

No início do século XV, nas Guerras Hussitas, a luta para impor o protestantismo ao país, fez nascer uma forte consciência nacional boêmia. Em 1526, o trono passou para as mãos dos reis austríacos Habsburgo e durante os três séculos seguintes as terras checas perderam a independência. O Estado independente nasceu após a I Guerra Mundial (28 de outubro de 1918). A Boêmia passou a fazer parte da Checoslováquia até 1993, data da constituição da República Checa[1] e da República Eslovaca.

Referências

  1. Na língua checa não há distinção entre os adjectivos "boémio" e "checo" (český)
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Boémia


Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da República Checa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.