Bob Bell

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Robert Charles "Bob" Bell (10 de abril de 1958, Belfast, Irlanda do Norte)[1][2] é o diretor técnico da Renault Sport Formula One Team.[3]

Carreira na Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

Bell cursou a Queen's University em Belfast, onde ganhou um doutorado em Engenharia Aeronáutica antes de ingressar na McLaren em 1982 e trabalhou como especialista em aerodinâmica da empresa até 1988, quando foi promovido a Chefe de Pesquisa e Desenvolvimento para os próximos dois anos. Em 1997, Bell mudou para a equipe de Fórmula 1 Benetton, trabalhando lá com Nick Wirth.

Ele trabalhou como especialista em aerodinâmica sênior da Benetton até 1999, quando foi para a equipe Jordan Grand Prix se juntando a eles como o chefe de tecnologia dos veículos, depois de ter sido convidado pelo seu ex-colega de McLaren, Mike Gascoyne. Ambos foram para a Renault F1 Team e em 2001, Bell foi nomeado Diretor Adjunto Técnico da equipe de Enstone, tornando-se o Diretor Técnico em 2003, quando Mike Gascoyne partiu para se juntar à equipe Toyota Racing.

Em 2003, o engenheiro começou a trabalhar na Renault F1 Team, Bell era diretor técnico da equipe francesa durante o enorme sucesso das temporadas de 2005 e 2006, em que seus R25 e R26 ganharam o campeonato de pilotos e campeonato de construtores.[4] Nas próximas duas temporadas viu muito poucos bons resultados, e seus projetos caíram no campeonato de construtores para o quarto lugar em 2007 e 2008.

Após a renúncia de Flavio Briatore e Pat Symonds, em relação ao controverso acidente da Renault na Fórmula 1, Bell foi nomeado chefe da equipe em 23 de setembro de 2009, pelo resto da temporada.[4] Para a temporada de 2010, Bell ocupou o cargo de diretor gerente da equipe Renault até deixar a equipe em 6 de outubro de 2010. Em 18 de fevereiro de 2011, Bell foi nomeado como o novo diretor técnico da Mercedes GP, a partir de 1º de abril de 2011.[4]

Em 2015, antes do GP do Canadá, a Manor Marussia anunciou o recrutamento da Bell como consultora técnica.[5][6] Em 3 de fevereiro de 2016, Bell foi anunciado como diretor técnico da recém-criada Renault Sport Formula One Team, com o Renault RS16.[3]

Referências

  1. Saward, Joe (2006-07-12). «Bob Bell - the art of winning». GrandPrix.com. Inside F1, Inc. 
  2. «People: Bob Bell». GrandPrix.com. Inside F1, Inc. 
  3. a b «Renault contrata Bob Bell para o cargo de consultor externo». Portal Race. Consultado em 19 de janeiro de 2017 
  4. a b c «Mercedes contrata diretor técnico da Renault». Portal Race. Consultado em 19 de janeiro de 2017 
  5. «Ex-diretor-técnico da Mercedes, Bell assina contrato com Manor Marussia e assume cargo de consultor». Grande Prêmio. Consultado em 19 de janeiro de 2017 
  6. Parkes, Ian (1 June 2015). «Manor F1 team recruits ex-Mercedes technical director Bob Bell». Autosport. Consultado em 5 June 2015 
Ícone de esboço Este artigo sobre Fórmula 1 é um esboço relacionado ao projeto sobre Fórmula 1. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.