Bob Stookey

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bob Stookey
Personagem fictícia de The Walking Dead
Bob Stookey HQ.jpg
Sexo Masculino
Amigo(s) Lilly Caul (livros e quadrinhos)
Maggie Greene (série de televisão)
Rick Grimes (série de televisão)
Criado por Robert Kirkman
Tony Moore
Charlie Adlard
Romance(s) Sasha Williams (namorada na série de televisão)
Megan (namorada em The Road to Woodbury)
Primeira aparição Edição #29 quadrinhos
30 Days Without an Accident televisão
Última aparição Edição #43 quadrinhos
Four Walls and a Roof televisão
Interpretado por Lawrence Gilliard Jr.

Bob Stookey é um personagem fictício da série de quadrinhos The Walking Dead e da série de televisão de mesmo nome, onde ele é interpretado por Lawrence Gilliard Jr. Criado por Robert Kirkman e pelos artistas Charlie Adlard e Cliff Rathburn, o personagem fez sua estréia em The Walking Dead em 29 de junho de 2006 (HQ). Bob é um ex- médico de combate que é considerado o bêbado da cidade de Woodbury, Georgia. Embora ele é um personagem menor nos quadrinhos, Bob é notável porque salva a vida do governador, que foi severamente mutilado por Michonne. Suas origens são exploradas no livro The Walking Dead: The Road to Woodbury, que foi escrita por Robert Kirkman e Jay Bonansinga. Na série de televisão, Bob aparece na quarta temporada.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Quadrinhos[editar | editar código-fonte]

Nos quadrinhos, Bob Stookey é um caucasiano-americano em seus primeiros 60 anos. Quarenta anos antes da epidemia, Bob trabalhou como médico do exército por cerca de duas semanas. Bob é considerado o bêbado da cidade de Woodbury e é mostrado pela primeira vez na porta da casa do governador, onde o governador manifesta preocupação por ele, já que ele não está comendo o suficiente e diz a ele para conseguir alguma comida. O papel menor de Bob se expande significativamente quando ele salva a vida do governador, depois que Alice e Dr. Stevens fogem com Rick, Glenn e Martinez. Depois de uma recuperação lenta, o Governador pede pessoalmente a Bob que ele vigie sua filha Penny (que é uma zumbi) até que o exército de Woodbury retorne de matar os sobreviventes da prisão. O governador é morto por Lilly e o destino de Bob nunca é revelado.

Livros[editar | editar código-fonte]

Bob Stookey aparece em cinco livros: "O caminho para Woodbury", "A Queda do governador parte um", "A Queda do governador parte dois", "Declínio" e "Invasão".

Em "The Road to Woodbury", a história de como Bob e vários outros chegaram a Woodbury é contada. Na história é contada que Brenda Stookey, esposa de Bob, foi morta e transformada em um zumbi. Bob não foi capaz de mata-la e fugiu para a Tent City em seu caminhão e se tornou alcoólatra. Em Tent City conheceu Lilly Caul. Ele cuidou de Lilly, e por isso, quando Joshua Lee Hamilton foi expulso e Lilly Caul decidiu ir com ele, Bob se juntou a eles, juntamente com Megan Lafferty e Scott Lua. Tomando o seu caminhão, os cinco viajaram para uma casa de uma fazenda. Bob desenvolve uma paixão por Megan e fica com ciúmes do relacionamento sexual da mesma com Scott, o que o faz persistir nas bebidas.

Em uma loja de departamento, o grupo encontra César Martinez e seus homens de Woodbury, e depois de alguma negociação César concorda em levá-los de volta para Woodbury com ele. O líder do Woodbury - O Governador - teve um interesse especial em Bob e fez dele seu confidente, revelando muitos segredos, como o fato de que ele mantém sua filha zumbi (Penny) trancada em sua casa, e que ele matou todos os soldados da Guarda Nacional, e em troca Bob diz ao governador sobre suas afeições por Megan. O governador trocava ideias com bob, já que este estava quase sempre bêbado demais para entender. Bob consegue ter uma noite só com Megan, mas na manhã seguinte, ela se mata e Bob acaba com sua reanimação, isso faz com que Bob beba ainda mais à medida que cresce deprimido.

Em A Queda do Governador, o papel de Bob é o mesmo que nos quadrinhos - depois que o governador foi torturado até a morte por Michonne, ele é encontrado por Gabe e Bruce Cooper, que lhes diz para salvar a vida do governador, já que Bob de alguma forma sabe o que fazer. Bob salva com sucesso a vida do governador e o mesmo é grato a ele. Quando o governador e os soldados de Woodbury vão até prisão onde o grupo de Rick está, ele deixa Bob encarregado de cuidar de sua filha zumbi (Penny) até que ele volte.

No entanto, o governador nunca volta, somente um pequeno grupo liderado por Lilly Caul sobrevive, e quando ela assume a liderança de Woodbury, Bob continua a viver lá e se torna o médico da cidade.

Série de TV[editar | editar código-fonte]

Bob Stookey sendo interpretado por Lawrence Gilliard Jr., na série de televisão.

Quarta temporada[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Walking Dead (4ª temporada)

Bob Stookey foi um médico do exército antes do início do apocalipse zumbi. Ele aparece na quarta temporada, quando se junta aos sobreviventes na prisão após ser encontrado por Daryl vagando na estrada. Bob se mantém um cara confiante tentando provar o seu valor para o grupo, mas luta contra o alcoolismo e seu passado conturbado. Durante uma busca por mantimentos, ele causa a morte de Zach, um integrante do grupo, após fazer com que as prateleiras do supermercado caiam sobre ele e chame a atenção de zumbis, enquanto ele devolvia uma garrafa de vinho em arrependimento. Sua relação com Daryl passa a ser hostil quando é descoberto seu problema com o alcoolismo. Ele participa da batalha do grupo da prisão contra o Governador e é levemente ferido, mas sobrevive e foge com Maggie e Sasha, quando a prisão é destruída. Ele se une á Maggie para reencontrar Glenn, e quando o encontra, todos vão juntos para o Terminus (Bob, Sasha, Glenn, Maggie, Tara, Rosita, Abraham e Eugene), onde chegam e são trancafiados dentro de um vagão.[1] Junto a eles, são trancafiados Rick, Daryl, Carl e Michonne.

Quinta temporada[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Walking Dead (5ª temporada)

Na quinta temporada, Bob, Rick, Daryl, Glenn, e outros quatro sobreviventes são levados para o abate. Bob Stookey diz à Gareth que Eugene é um cientista e sabe o que causou a epidemia, porém Gareth não dá a mínima. Os quatro sobreviventes são mortos, e quando chega a vez de Glenn ser abatido, Carol entra em ação e liberta todos. O grupo se reúne novamente fora de Terminus e encontram um padre, que os leva até a sua igreja. Na igreja eles vêem a necessidade de encontrar suprimentos e Bob, Rick, Michonne, Sasha, Abraham, Rosita e Gabriel vão até um armazém próximo dali. Bob é pego e mordido por um zumbi, porém não diz nada a ninguém. De volta à igreja, Bob passa seu pequeno tempo que lhe resta com sua namorada Sasha, e quando chega a noite ele sai da igreja para morrer sem que ninguém saiba. Ele é capturado pelos poucos sobreviventes de Terminus que resta e descobre que esses comeram sua perna, Bob começa a rir incontrolavelmente e revela a eles que havia sido mordido e que sua carne está contaminada. Os canibais o levam de volta a igreja com a tentativa de amedrontar o grupo, mas com uma jogada de mestre, Rick e companhia armam uma emboscada e os mata. Bob se despede de todos, agradece a Rick por tudo que ele fez por ele, passa seus últimos minutos com Sasha e quando finalmente ele morre, Sasha não permite que ele volte como um zumbi.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Referências

  1. «Bob Stookey» (em inglês). AMC. Consultado em 26 de outubro de 2014