Boca do Rio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Boca do Rio
  Bairro do Brasil  
Unidade federativa Bahia
Região administrativa Região Boca do Rio/Patamares, RA IX[1]
Município Salvador
Limites Pituaçu, Imbuí, Stiep, Jardim Armação[2]
Fonte: Projeto de Lei municipal (PL) (363/17)/2017[3]

A Boca do Rio é um bairro de Salvador. Seu nome deriva-se do poluído Rio das Pedras, que possui foz nesse bairro. Pontuado por uma série de empreendimentos de luxo, é na Boca do Rio que estava localizado o antigo Aeroclube Plaza Show, um shopping turístico a céu aberto com acesso à praia e que atualmente está demolido para dar lugar a um novo empreendimento.[4]

Na década de 1970, havia uma praia frequentemente visitada por muitos artistas baianos como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Maria Bethânia, Gal Costa, Novos Baianos, dentre outros. Essa praia ficou conhecida como Praia dos Artistas e está localizada próxima à praça que substituiu a antiga sede de praia do Esporte Clube Bahia, entre os bairros do STIEP e Pituaçu.[carece de fontes?]

Demografia[editar | editar código-fonte]

População[editar | editar código-fonte]

Segundo o Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010 é o décimo bairro com a maior população de negros em Salvador, com 80,04% (38 447 habitantes).[5] Sua população total em 2010 somando todas as etnias era de 48 032 residentes.[5]

Segurança[editar | editar código-fonte]

Foi listado como um dos bairros mais perigosos de Salvador, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e da Secretaria de Segurança Pública (SSP) divulgados no mapa da violência de bairro em bairro pelo jornal Correio em 2012.[2] Ficou entre os mais violentos em consequência da taxa de homicídios para cada cem mil habitantes por ano (com referência da ONU) ter alcançado o nível mais negativo, com o indicativo de "mais que 90", sendo um dos piores bairros na lista.[2] Em maio de 2018 ficou entre os bairros com maior índice de roubo de carros em Salvador.[6]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Sobre os processos de evolução e formação do bairro: <>