Boimate

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Boimate foi uma notícia falsa (no jargão do jornalismo, uma barriga) publicada pela revista Veja em 1983, afirmando que cientistas alemães haviam criado um ser híbrido do boi com o tomate[1].

O erro foi publicado em 27 de abril de 1983, com base em um texto da revista semanal britânica New Scientist, uma piada publicada na semana do dia da mentira, prática tradicional na imprensa local. O artigo da revista britânica narrava um suposto experimento de dois cientistas alemães, Barry McDonald e William Wimpey (referências às redes de lanchonetes McDonald's e Wimpy), da Universidade de Hamburgo. A técnica, de acordo com o texto, consistia em uma descarga elétrica sobre cultura de tomate e células bovinas que ocasionava a fusão de seu material genético. O resultado, após a fecundação da nova célula, era uma fruta de casca semelhante ao couro e com discos de proteína animal e tomate intercalados em seu interior.[2]. Sem perceber que se tratava de uma brincadeira, a Veja repercutiu o suposto experimento, apelidado de "boimate", afirmando que "a experiência dos pesquisadores alemães, porém, permite sonhar com um tomate do qual já se colha algo parecido com um filé ao molho de tomate".[3]

Após repetidas manifestações negativas, incluindo um desmentido pelo jornal O Estado de S. Paulo em 26 de junho, a revista pediu desculpas aos leitores pelo "lastimável equívoco" em sua edição de 6 de julho.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre meios de comunicação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.