Bolívar soberano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bolívar soberano
Dados
Usado  Venezuela
Inflação AumentoNegativo 82.766% (2018 est.)[1]
Sub-Unidade

1100 Cêntimo
Símbolo Bs.S.[2] ou Bs.
Plural bolívares soberanos
Moedas 50 céntimos, Bs.S. 1
Notas Bs.S. 2, 5, 10, 20, 50, 100, 200, 500, 10000, 20000, 50000[2]
Banco central Não disponível
Fabricante Banco Central de Venezuela
www.bcv.org.ve
Bilhete de cinquenta mil bolívares no anverso janeiro de 2019

A moeda bolívar soberano (sinal: Bs.S.[2] ou Bs.;[3] plural: bolívares soberanos; ISO 4217 código: VES) foi implantada em 20 de agosto de 2018 na Venezuela para substituir o bolívar que havia entrado na hiperinflação. As notas da nova moeda serão emitidas em denominações de 2, 5, 10, 20, 50, 100, 200 e 500 bolívares soberanos.[4]

Em junho de 2018, a inflação anual da Venezuela atingiu 46.000%. No final de julho de 2018, o presidente Nicolás Maduro anunciou que a reforma seria realizada em 20 de agosto de 2018 a uma taxa de 100.000: 1. Foi também anunciado que a nova moeda será vinculada ao petro, uma criptomoeda venezuelana.[5] Simultaneamente, desde 20 de agosto, o salário foi aumentado, o que equivale a 1.800 bolívares soberanos.


Referências

  1. «Asamblea Nacional». República Bolivariana de Venezuela (em espanhol). Consultado em 22 de Agosto de 2018 
  2. a b c Banco Central de Venezuela. "B.C.V. Bolívar Fuerte."
  3. La idea de Bolívar El Diario, 18 Diciembre 2013
  4. Venezuela Delays New Currency Rollout, Slashes More Zeroes - Bloomberg
  5. Venezuelans to Be Paid at Least Half a Petro a Month - Bitcoin.com
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.