Bonnetiaceae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaBonnetiaceae
Bonnetia anceps

Bonnetia anceps
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Malpighiales
Família: Bonnetiaceae
Géneros
Ver texto.

A família Bonnetiaceae pertence a ordem Malpighiales, que está por sua vez incluída na classe Magnoliopsida. As Bonnetiaceae pertencem ao grupo das Angiospermas, que se caracterizam pela presença de flores, endosperma secundário e fruto, são Dicotiledôneas, desenvolvendo assim embriões com dois ou mais cotilédones, Essa família contem três gêneros, Archytaea, Bonnetia e Ploiarium, a estimativa é que tenha cerca de 33 espécies

Géneros[editar | editar código-fonte]

Seguem-se os géneros segundo o sistema APG[1]:

Archytaea - Bonnetia - Ploiarium

Distribuição geografica[editar | editar código-fonte]

Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Bonnetiaceae

Bonnetiaceae são comuns em regiões tropicais, distribuída no norte da América do Sul e do Caribe, bem como no Sudeste Asiático, mais especificamente no oeste da Malásia, no Camboja, nas Molucas e na Nova Guiné.

No Brasil, a família Bonnetiaceae pode ser encontrada na região Norte (Amazonas, Pará, Roraima),Nordeste (Alagoas, Bahia, Sergipe) e Sudeste (Espírito Santo, Rio de Janeiro).

As espécies do gênero Bonnetia são encontradas apenas na América do Sul e com uma espécie em Cuba, enquanto que Archytaea e Ploiarium também são encontrados na Ásia.

A área onde a maioria das espécies são nativas, está localizada nas terras altas da Guiana, onde existem 27 espécies, todas endêmicas, exceto Bonnetia paniculata.

Como muitas espécies da família de Bonnetiaceae são endêmicas, elas são particularmente vulneráveis, a União Internacional para Conservação da Natureza (UICN) lista um total de 13 espécies do gênero Bonnetia em sua lista de espécies ameaçadas. 

Morfologia[editar | editar código-fonte]

As folhas podem ter formas variadas, porém geralmente assumem a forma de lâmina, de tamanho moderado e sua espessura depende da espécie. Essas folhas estão dispostas em espiral, são curtas e próximas umas das outras, sua margem é finamente dentada.

Suas flores podem ser encontradas solitárias ou dispostas em inflorescências, a corola é contorcida, os estames são numerosos e as frutocapsula septicidas contêm muitas pequenas sementes. São hermafroditas, cada pedicela brota da axila de uma única pétala, mas muitas vezes brota da pedicela até duas outras brácteas, que podem ficar muito próximas do cálice. O perianto é claramente diferenciado em dois círculos de pétalas. 

As cinco sépalas podem ser livres ou fundidas na base, são carnudas, escamosas e muitas vezes diferenciadas. Enquanto as sépalas em Bonnetia e Archyaea, são preservados na fruta amadurecida, elas caem no fruto de Ploiarium.

Os estames são numerosos. As anteras são fundidas na base com os filamentos. Os grãos de pólen têm entre 28 e 60 µm de comprimento com uma abertura de germe redonda.

O ovário consiste em três carpelos, em Bonnetia e cinco carpelos nos outros dois gêneros.

As Bonnetiaceae assumem a forma de arvores, arbustos ou arvoretas, nas espécies Ploiarium alterniflorum é possível encontrar as árvores mais altas da família, que atinge alturas de crescimento de até 25 metros.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bonnetiaceae

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Stevens, P. F. (2001 onwards). Angiosperm Phylogeny Website. Version 7, May 2006
  • William C. Dickison, Anna L. Weitzmann: . In: . Band 125, Nr. 4, S. 268–286.
  • Anna L. Weitzmann, Klaus Kubitzki, P. F. Stevens: . In: Klaus Kubitzki (Hrsg.): . Band 9. Springer, Berlin/Heidelberg 2006
  • Bittrich, V. 2015. Bonnetiaceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro
Ícone de esboço Este artigo sobre a ordem Malpighiales, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.