Boris Volynov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Boris Volynov
Boris Volynov
Nascimento 18 de dezembro de 1934 (87 anos)
Irkutsk, União Soviética
hoje Rússia
Nacionalidade soviético
Serviço militar
Patente Coronel, Força Aérea Soviética
Carreira espacial
Cosmonauta da URSS
Tempo no espaço 52d 07h 17m[1]
Seleção 1960[1]
Missões
Insígnia da missão Zvezda Rocket Patch.svg
Aposentadoria 1990[1]

Boris Valentinovich Volynov (em russo: Борис Валентинович Волынов) (Irkutsk, 18 de dezembro de 1934) é um ex-cosmonauta soviético que voou nas missões do Soyuz 5 e Soyuz 21, do programa espacial soviético.[1]

É graduado da Academia Soviética de Engenharia Militar e possui a classificação de coronel na Força Aérea Soviética. Após ter saído do programa espacial em 1982, ele passou oito anos no cargo de administrador sénior do Centro de Treinamento de Cosmonautas Yuri Gagarin, na Cidade das Estrelas.

Volynov recebeu os títulos de Herói da União Soviética e da Ordem de Lenin.

Seguindo a morte de Alexei Leonov em outubro de 2019, ele se tornou o último sobrevivente do primeiro grupo de cosmonautas.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d «Cosmonaut Biography: Boris Volynov». 19 de abril de 2018. Consultado em 1 de agosto de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Precedido por
Comandante da Salyut 5
7 de julho - 24 de agosto de 1976

Sucedido por
Viktor Gorbatko
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Boris Volynov
Ícone de esboço Este artigo sobre cosmonautas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.