Bosque da Freguesia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A "Trilha Caxinguelê" recebe o nome de uma espécie de esquilo floresta, frequentemente vista no bosque.

O Bosque da Freguesia, situado na APA do bairro de mesmo nome, em Jacarepaguá, Rio de Janeiro, trata-se uma área de 310 mil metros quadrados, criada pela Prefeitura municipal carioca no dia 18 de setembro de 1992 e uma das poucas reservas florestais ou áreas voltadas ao lazer oficialmente protegidas ou tombadas por Lei na imensa região da baixada de Jacarepaguá. Os sub-bairros de Gardênia Azul e Anil são vizinhos ao parque, o qual é delimitado pelo Rio Sangrador, área de fundos do RioShopping Jacarepaguá e as Estradas do Gabinal, Estrada do Caribú e Tenente Coronel Muniz Aragão (popular 'Estrada do Capão'). Seu principal acesso se dá por esta última.

É uma área à disposição do público das terças a domingos, das 6h às 17h. Cortado por 2,5 km de alamedas e trilhas ideais para tranqüilas caminhadas. É notória a presença de pequenos répteis e mamíferos nativos da mata atlântica como o caxinguelê.

O bosque da freguesia é uma área ambiental protegida e voltada ao lazer da população, com espaços para crianças, trilhas e quadras de esporte.

Quem quiser um pouco mais de agitação pode participar da programação esportiva e de entretenimento oferecida pela Prefeitura: shiatsu, Reik, tai chi chuan, ioga e dança do ventre e de salão, entre outras. Há também um campo de futebol e uma quadra polivalente. A segurança é feita pela Guarda Municipal ou os recém terceirizados. A tranqüilidade é garantida pela imensa área verde que deixa do lado de fora o burburinho do bairro. O Bosque, por estar situado em região de grande crescimento e valorização, é alvo da especulação imobiliária, haja vista um polemico projeto tramitando na Câmara do município para criação de uma avenida em área marginal ao do bosque.