Botuído da Suécia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
São Botuíno
Imagem de São Botuído
Nascimento Sudermânia, Suécia 
século XI
Morte ilha de Rågö 
1120
Festa litúrgica 28 de julho
Gloriole.svg Portal dos Santos

São Botuído (em sueco: Sankt Botvid; em latim: Botuidus) foi um missionário católico da província sueca de Sudermânia, no século XII.

Vida[editar | editar código-fonte]

Botuído nasceu na Sudermânia, na Suécia, e converteu-se ao cristianismo durante uma viagem de negócios a Inglaterra. Foi enviado como missionário à Suécia, onde atuou na Sudermânia, Vestmânia e região do lago Malar, juntamente com Ésquilo e Davi. Segundo a lenda, foi morto à machadada por um escravo, enquanto pescava nas águas da ilha de Rågö (Sudermânia). Foi sepultado por volta de 1120 na igreja de Salem, na sua terra natal - a atual Botkyrka, a qual se tornou então um local de peregrinação e culto do futuro santo. Botuído é mostrado no selo e no brasão de armas da municipalidade de Botkyrka, onde ele aparece carregando um machado e um peixe. Botkyrka é uma abreviatura sueca para "Igreja de Botuído". São Botuído é santo padroeiro da Sudermânia, ao lado de São Ésquilo, na Sudermânia Oriental.[1][2][3][4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

  • Botvid - nome nórdico antigo e atual

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • «Helige Botvid» (em sueco). S:t Botvids Katolska Församling (Paróquia Católica de São Botuído). 2018 
  • Wittmann, P. (1912). «Sweden». Enciclopédia Católica. Nova Iorque: Robert Appleton Company 
Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) santo(a) ou um(a) beato(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.