Brás de Sousa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Brás Florentino Henriques de Sousa (Paraíba 12 de novembro de 1825São Luís do Maranhão, 29 de março de 1870) foi um político, jurista e professor brasileiro.

Filho de Francisco José de Sousa, inicialmente seguiu carreira eclesiástica, tendo estudado teologia e moral. Em virtude de uma paixão por uma jovem pernambucana, com quem depois veio a se casar, abandonou a batina e matriculou-se na Faculdade de Direito do Recife, em 1846.[1] Graduou-se em 1850, tendo sido nomeado professor da mesma faculdade em 1855. Mudou-se para a corte, em 1865, para participar da comissão de revisão do Código Civil.[1]

Foi presidente da província do Maranhão, de 16 de junho de 1869 a 29 de março de 1870, cargo em que faleceu subitamente.[1]

Era cavaleiro da Imperial Ordem de Cristo.[1]

Referências

  1. a b c d BLAKE, Augusto Victorino Alves Sacramento Blake. Diccionario bibliographico brazileiro. 7 vols, 1883.


Precedido por
José da Silva Maia
Presidente da província do Maranhão
1869 — 1870
Sucedido por
José da Silva Maia


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.