Brabham BT50

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Brabham BT50
Patrese at 1982 Dutch Grand Prix crop.jpg
Visão Geral
Produção 1982
Fabricante Brabham
Modelo
Carroceria Monoposto de corrida
Designer Gordon Murray
David North
Ficha técnica
Motor BMW M12/13 L4 Turbo
Transmissão Hewland/Alfa Romeo 5 velocidades
Dimensões
Peso 590 kg
Cronologia
Brabham BT49
Brabham BT52

O BT50 é o modelo utilizado da Brabham na temporada de 1982 de Fórmula 1. Condutores: Nelson Piquet e Riccardo Patrese. O BT50 foi utilizado nos GPs: Mônaco, Leste dos Estados Unidos e Canadá (apenas Piquet) e pelos dois pilotos em dez provas: África do Sul, Bélgica, Holanda e as sete provas restantes da temporada.

Resultados[1][editar | editar código-fonte]

(legenda) (em negrito indica pole position e itálico volta mais rápida)

Ano Chassi Motor Pneus Pilotos 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 Pontos Posição
RSA BRA USW SMR BEL MON USE CAN NED GBR FRA GER AUT SUI ITA LVS
1982 BT50 BMW M12/13
L4 turbo
G 1 Brasil Nelson Piquet Ret [2] 5 Ret NQ 1 2 Ret Ret Ret Ret 4 Ret Ret 221
2 Itália Riccardo Patrese Ret Ret 15 Ret Ret Ret Ret 5 Ret Ret

↑1 Piquet e Patrese utilizaram o BT49D com motor Ford V8 no GP do Brasil e no GPs: Mônaco, Leste dos Estados Unidos e Canadá (apenas Patrese). No Oeste dos Estados Unidos (apenas Piquet) e Patrese conduziu o BT49C. Com esses chassis, Patrese marcou 19 pontos (4 pontos com o BT49C e 15 pontos com BT49D). Terminou em 9º lugar.

Referências

  1. «Brabham BT50» (em inglês). STATS F1 
  2. FOCA decide boicotar o GP de Ímola Folha de S.Paulo - Primeiro Caderno, Esportes, página 19 - 22 de Abril de 1982


Ícone de esboço Este artigo sobre Fórmula 1 é um esboço relacionado ao projeto sobre Fórmula 1. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.