Brahmâ

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o poder criador em seu aspecto masculino-feminino (ou apenas masculino) na Teosofia, veja Brahma (desambiguação).

Brahmâ (da raiz verbal do sânscrito: brih, expandir, crescer, frutificar) designa no hinduismo e na Teosofia o poder criador em seu aspecto masculino-feminino (ou apenas masculino), em oposição a Brahman que representa o aspecto neutro. Blavatsky usou em suas obras a expressão Brahmâ para diferenciar do deus exotérico hindu Brahma.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]