Brasão de Andrelândia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Brasão de armas de Andrelândia.

O Brasão de Andrelândia é um símbolo do município mineiro de Andrelândia, Brasil.

Na promoração (sic) de 1:1.20, O brasão é partido no sentido horizontal com a parte superior subdividida em dois quartéis.

No quartel do lado destro, em campo de sinople, está a figura de um touro, em cor escura, em meio-corpo. Representando, então, as atividades da pecuária, desenvolvida em grande escala no município de Andrelândia, constituindo-se em suporte econômico de fundamental importância para o desenvolvimento municipal.

No quartel do lado sinistro, em campo central branco é circundado por goles, em campo preto, por uma lanterna tipo Davis sobre dois martelos pretos cruzados. Os martelos pretos cruzados são o símbolo internacional da mineração, o qual expressam as riquezas minerais do município de Andrelândia.

A parte inferior do brasão, em fundo de bláu, é partida em sentido diagonal por uma faixa branca contendo a inscrição, em latim "Duc in altum!" que quer dizer: olhando (sic) para o alto. Explicação - expressa o povo andrelandense em sua caminhada de trabalho em benefício do progresso do município, com a proteção sagrada de Deus.

A parcela superior à faixa branca em diagonal, em fundo de bláu, uma coroa de amarelo-ouro sobre uma estrela de branco. Explicação - símbolos da religiosidade e da devoção da sociedade andrelandense para com Nossa Senhora do Porto da Eterna Salvação, padroeira do município.

A parcela inferior à faixa, também em campo bláu, uma embarcação em cor escura, com velas brancas. Explicação - simboliza o inuzitado cognome (sic) outorgado à Virgem Maria, "Nossa Senhora do Porto da Eterna Salvação", dada pelos antigos fundadores do município, sabendo-se que a sede municipal se desenvolveu em torno da ermida da padroeira do município.

Em listel de ouro, a palavra "ANDRELÂNDIA" tendo nas extremidades as datas 1866, lado destro, E 1988, sobre as letras "MG", em preto. Explicação - o nome do município com datas de sua emancipação política e da criação do Brasão Oficial do município, com a sigla do Estado de Minas Gerais.

O brasão é timbrado de uma coroa mural com oito torres com ameias, sendo as torres das extremidades perfiladas e as aparentes todas com portas em preto. A coroa é uma prata. Explicação - a coroa é o símbolo dos municípios, com suas autonomias. A prata indica os municípios não capitais de Estado e as cinco torres aparentes representam os municípios sedes de comarca (sic).

Os elementos externos são todos em campo branco. Explicação - a parte superior representa a parte material e a inferior a parte espiritual da vida e atividade do município.

Acrescente-se, embora não conste da supra lei, que o brasão é circundado, a partir da base, saindo por trás da inscrição "ANDRELÂNDIA" e acima da sigla "MG", até a base da coroa, por duas cnas verdes: à esquerda, uma cana-de-açúcar e, à direita, uma cana de milho pendoada com duas espigas à mostra.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Andrelândia Vultos & Fatos - Paulo César de Almeida, páginas 38 e 39