Brasão de Campina Grande

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Brasão de Campina Grande

O Brasão de Armas e o Estandarte de Campina Grande, símbolo heráldico da cidade, foi instituído de acordo com a Lei Municipal N.º 54 de 26 de agosto de 1974, juntamente com a bandeira de Campina Grande, durante a administração do prefeito Evaldo Cavalcanti da Cruz. O brasão foi uma criação do Padre Paulo Leishmayer. O lema inscrito no brasão: Solum inter plurima (Única entre muitas).

Constituiçã do símbolo: o escudo, verde, possui uma asna dourada e três espadas, de pontas voltadas para cima. A insígnia é prata com quatro torres.

O símbolo faz alusão às esporas dos cavaleiros, fazendo referência aos tropeiros, que foram os responsáveis pelo progresso inicial de Campina Grande. Os campos estão representados pela cor verde e a cor dourada representa o ouro da asna.

As três espadas presentes no brasão simbolizam a luta do povo campinense em revoluções: na Revolução Pernambucana, ocorrida em 1817, na Confederação do Equador, em 1824 e na Revolução Praieira, em 1848.

Ícone de esboço Este artigo sobre heráldica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.