Brasão de Campo Maior (Piauí)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde fevereiro de 2013).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
Brasão de Armas
Brasão de Armas
Detalhes
Adoção Lei Municipal de 06 de março de 1993
Suportes Duas peças, foice e trabuco, em marron.
Lema No timbre brasonal lê-se "Campo Maior - Estado do Piauí"
Versões anteriores O Brasão anterior foi revogado em 1993.


O Brasão de Campo Maior é um dos símbolos oficias do município de Campo Maior, no estado do Piauí.

Histórico[editar | editar código-fonte]

O Brasão municipal de Campo Maior, Piauí, foi instituído pela lei municipal número 006, de 6 de março de 1993 que substitui a bandeira e o brasão anterior[1].

Nova heráldica[editar | editar código-fonte]

O brasão é construído seguindo uma corrente heráldica mais moderna e portanto não adota peças da heráldica tradicional como coroa mural, por exemplo. Em vez disso, evidencia caracteres de uma heráldica livre de regras excessivamente europeístas, permitindo maior autoctonia(cultura local) ao brasão[2].

Descrição heráldica[editar | editar código-fonte]

  • a – Um escudo neo-clássico cortado, contendo, no campo superior, em marrom, uma ao lado da outra e equidistantes, duas espécies bovinas, lembrando a fase da produção pastoril, sobre fundo azul celeste, que lembram o céu; no campo médio do escudo de fundo branco estriado de coticas em 6 faixas de cor verde representando os prados; no canto inferior do brasão, 8 estrias coticas ondulares desiguais representando os alagados formados durante no período das chuvas; sobrepõem-se aos campos médio e inferior, uma ao lado da outra e equidistantes, três palmeiras de carnaúba estilizadas (Corypha cerífera) - à direita lembrando o território geográfico; à esquerda marcando o estabelecimento dos núcleos da população e de preparação das terras e uma ao centro, assinalando a evolução econômica. Delimitando o escudo, há ainda uma bordadura negra grossa;
  • b – Uma estrela de prata com cinco pontas; ao alto do chefe do escudo, simbolizando aspiração de progresso;
  • c – A legenda ESTADO DO PIAUÍ, acima da estrela de prata,em fundo branco e letras pretas;
  • d – Flâmula superior com a legenda CAMPO MAIOR, em fundo azul cobalto e letras brancas;
  • e – Flâmula inferior farpadas em ambas as pontas e tendo inscritas letras brancas a data de sua emancipação política – 8 de agosto de 1762;
  • f – Um par de armas, marrom e cinza, cruzadas sobre a flâmula inferior, representando a Batalha do Jenipapo; foice sobre trabuco simbolizando a vitória camponesa sobre as forças colonizadoras(Fonte: Anexo I da Lei municipal nº 06/1993).
Uso timbrando uma placa de inauguração

O brasão anterior[editar | editar código-fonte]

O Brasão de Campo Maior criado em 1968 tinha um formato octogonal tendo o Monumento do Jenipapo, uma vaca e uma representação do Rio Surubim; ficava repousado no centro da antiga bandeira de Campo Maior.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. CAMPO MAIOR, Município de. Lei Municipal nº 06, de 6 de março de 1993.Dispõe sobre o escudo e o pavilhão municipal de Campo Maior.
  2. TAVARES, Meton. Heráldica e regionalidade. Recife; convalidê, 1991.
  • Lima, Reginaldo Gonçalves de. Geração Campo Maior, anotações para uma enciclopédia. Teresina; gráfica Júnior, 1995.
  • BASTOS, Cládio. Dicionário Histórico e geográfico do Estado do Piauí. Teresina; Fundação cultural Mons. Chaves. 1994.
  • CAMPO MAIOR, Município de. Lei Municipal nºº 780/1970. Dispõe sobre a criação da bandeira e do emblema de Campo Maior.