Brasão de Florianópolis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Brasão de Florianópolis

O brasão de Florianópolis é um dos símbolos oficiais do município de Florianópolis, Santa Catarina. Foi instituído em 15 de março de 1976, ano em que a cidade completava duzentos e cinqüenta anos de emancipação político-administrativa.

O brasão é formado por um escudo do tipo português. Sobre o escudo há uma coroa mural de ouro, com três torres completas, ao centro (visíveis), e duas meias torres nas extremidades (sendo 8 no total), que representa o valor de capital de estado. No centro do escudo, um escudete representa a ilha. Os tenentes (como são chamadas as figuras que suportam o escudo), representam, à esquerda, o bandeirante Francisco Dias Velho, e, à direita, um Oficial do Regimento de Infantaria de Linha da Ilha de Santa Catarina, vestindo o uniforme de gala previsto no Plano de 1786.

Legislação[editar | editar código-fonte]

O brasão municipal foi criado pela Lei n. 1408, de 15/3/1976:

(…)

Artigo 2º - 0 novo símbolo municipal tem a seguinte descrição, que corresponde ao modelo citado no artigo 10 desta Lei:

Escudo do tipo português, de 7 X 8,5 módulos, boleado, cortado, tendo em chefe esmaltado de blau, sobre o todo, na linha do horizonte, um sol nascente de ouro e a ponta, também de blau, burelada de três peças de prata, eqüidistantes em abismo um escudete de ouro, debruado de goles, contendo ao centro a cruz da Ordem de Cristo nas suas cores; sobre o escudo, uma coroa mural de ouro, com três torres completas, ao centro e duas meias torres nas extremidades, lavradas e com suas ameias, forrada de goles e vasadas no mesmo esmalte: como Tenentes, à dextra, a figura representativa do bandeirante Francisco Dias Velho, adaptada da sua estátua simbólica conforme está no Museu de Ipiranga, descoberto, com a mão direita apoiada sobre a boca do bacamarte e a esquerda sustendo o escudo; está vestido de gibão acolchoado talhado em losangos em suas cores naturais, sobre a blusa de prata, e cobrindo as coxas, portando botas altas de sable, tudo com seus panejamentos e sombras; e, à sinistra, a figura de um Oficial da Regimento de Infantaria de Linha da Ilha de Santa Catarina, vestindo o uniforme de gala previsto no Plano de 1786, compreendendo bicórnio de sable com ornatos de prata, casaca militar de blau, com ornamentos, alamares e dragonas de prata, gola, canhões e forro de casaca de goles, tudo sobre colete de blau, com ornamentos de prata, idênticos aos da casaca, peitinho e gravata militar rendada, de prata, calções militares de blau, com ornamentos laterais idênficos, de prata, meias brancas e borzeguim de sable; a mão esquerda da figura repousa sobre o copo da espada pendente de bainha de sable e suporta por cinturão também de sable, com fivela de prata, aplicando sobre faixa de goles; e a direta sustenta o escudo; os Tenentes repousam sobre um listel de blau, ondulado simetricamente, apresentando ao centro, de prata, a palavra Florianópolis e nas pontas, à dextra, também de prata e a era 1.726 e à sinistra a era 1. 823.

Artigo 3º - O Brasão de Armas do Município será utilizado em todos os papéis oficiais, quer do Poder Executivo, quer do Poder Legislativo, em cores ou na representação convencional; será fixado, em bronze na fachada do edifício onde funcionam os Poderes do município; em placas esmaltadas nas escolas e próprios municipais, bem como em suas Repartições; e, pintadas, nos veículos municipais de qualquer tipo.

(…)

Paço Municipal, em Florianópolis, aos 15 de março de 1976.

Esperidião Amin Helou Filho, Prefeito Municipal.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre heráldica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Brasões das capitais do Brasil
Aracaju Belém Belo Horizonte Boa Vista Campo Grande Cuiabá Curitiba
Florianópolis Fortaleza Goiânia João Pessoa Macapá Maceió Manaus
Natal Palmas Porto Alegre Porto Velho Recife Rio Branco Rio de Janeiro
Salvador São Luís São Paulo Teresina Vitória Brasília