Brasil nos Jogos Olímpicos de Verão de 1920

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Brasil nos
Jogos Olímpicos de Verão de 1920
Comitê Olímpico Nacional
Código do COI BRA
Nome Comitê Olímpico do Brasil
site oficial
Jogos Olímpicos de Verão de 1920
Sede Antuérpia, Bélgica
Competidores 21 (21 homens) em 3 esportes
Porta-bandeira Afrânio Antônio da Costa[1]
Medalhas
Pos.
15
Medalha de ouro
1
Medalha de prata
1
Medalha de bronze
1
Total de medalhas
3
Participações nos Jogos Olímpicos
Verão 19201924192819321936194819521956196019641968197219761980198419881992199620002004200820122016

Inverno 19921994199820022006201020142018

Nos Jogos Olímpicos de Verão de 1920, o Brasil participaria de sua primeira Olimpíada, em Antuérpia (Bélgica). Os 21 atletas brasileiros - apenas homens - chegaram à Europa e conquistaram três medalhas: uma de ouro, uma de prata e uma de bronze. A modalidade que trouxe essas medalhas para o Brasil foi o tiro ao alvo.

Os sete atiradores tiveram grandes dificuldades para chegar às provas. Para começar, os atiradores embarcaram no navio a vapor Curvello com o restante da delegação brasileira, mas tiveram que descer em Portugal quando souberam que a embarcação não chegaria a tempo para a prova de tiro.

Eles então pegaram um trem de Lisboa a Paris, sendo que boa parte da viagem foi num vagão descoberto, com os atletas pegando chuva e sol. Na capital francesa, trocaram de composição, seguindo para a Bélgica. Porém, em Bruxelas, onde esperavam a conexão para Antuérpia, parte das armas e da munição foi roubada.

Nesse momento, os sete atiradores possuíam 200 balas calibre 38, embora precisassem de pelo menos 75 para cada um. Por sorte, fizeram amizade com os atletas americanos Alfred Lane e Raymond Bracken, que deram 2 mil cartuchos e 50 alvos para os brasileiros.

O Brasil já começou a participar na prova de pistola livre, com Fernando Soledade. Como sua arma era muito ruim, o chefe da equipe americana de tiro, Coronel Snyders, ficou sensibilizado e cedeu duas armas fabricadas pela Colt especialmente para a competição.

Os atiradores Sebastião Wolf, Dario Barbosa, Guilherme Paraense e Afrânio da Costa fizeram um "rodízio" com as armas e conquistaram a medalha de bronze por equipes. Afrânio também conseguiu a medalha de prata individual.

O ouro chegou no dia seguinte, na prova de revólver (hoje chamada de tiro rápido). Guilherme Paraense, primeiro-tenente do Exército, acertou 274 pontos em 300, ficando dois pontos à frente do americano Bracken (exatamente o mesmo que emprestou os cartuchos e alvos).

Paraense, com 36 anos, foi o primeiro medalhista de ouro do Brasil.

O país participou de 3 esportes: esportes aquáticos (natação, pólo aquático e saltos ornamentais), remo e tiro esportivo.

Medalhas[editar | editar código-fonte]

Atleta Prova Classificação
Guilherme Paraense Tiro: Pistola Rápida Med 1.png Ouro
Afrânio da Costa Tiro: Pistola Livre Med 2.png Prata
Afrânio da Costa, Guilherme Paraense, Sebastião Wolf, Dario Barbosa e Fernando Soledade Tiro: Pistola Livre (Equipes) Med 3.png Bronze

Resultados[editar | editar código-fonte]

Pôster dos Jogos Olímpicos de 1920.

Natação[editar | editar código-fonte]

100m Livres Masculino
→ Final – 1m22s (2ª bateria eliminatória - 3ª colocação)
Não se classificou para as semifinais.

Pólo aquático[editar | editar código-fonte]

Masculino: 7 ° lugar

Remo[editar | editar código-fonte]

Quatro com
  •  Brasil - 2ª colocação na 3ª bateria das das semifinais
Não se classificou para a final.

Saltos ornamentais[editar | editar código-fonte]

Trampolim de 3m Masculino
→ Eliminatórias: 19 pts. (4ª colocação na 2ª bateria)
Não se classificou para a final.
Trampolim de 5m e 10m Masculino
→ Final – 8ª colocação
→ Eliminatórias: 14 pts. (3ª colocação na 2ª bateria)
Classificado para a final.
→ Final: 37 pts. (8ª colocação)

Tiro[editar | editar código-fonte]

Pistola 50m (Equipes)
medalha de bronze
Pistola 50m (Individual)
medalha de prata
Revólver 30m (Equipes)
  •  Brasil - 1261 pts. (4° lugar)
Revólver 30m (Individual)
medalha de ouro

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Sports Reference - Olympics Brazil. Acessado em 30/07/2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]