BraveStarr

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
BraveStarr
Informação geral
Formato Série de desenho animado
Duração 25min
País de origem  Estados Unidos
Produção
Diretor(es) Bob Arkwright
Lou Zukor
Exibição
N.º de temporadas 1
N.º de episódios 65

BraveStarr foi uma série animada de western espacial, dirigida para as crianças.[1] Foi criada por Donald Kushner e Peter Locke, tendo sido exibida originariamente no período de Setembro de 1987 a Fevereiro de 1989. A série foi lançada simultaneamente com uma linha de brinquedos do tipo bonecos de ação. Foi a última série do estúdio estadunidense Filmation (com Group W Productions).[2] Uma série spin-off chamada Bravo! (originalmente chamado Quest of the Prairie People) estava em produção, juntamente com Bugzburg quando o estúdio fechou.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

BraveStarr é um delegado do planeta "Novo Texas" (com três sóis) do século XXII. O planeta é rico em um minério valioso (Kerium), o que o faz ser constantemente atacado por vilões espaciais e colonizadores gananciosos.

BraveStarr é também um índio americano, que pode invocar os poderes de espíritos de animais. Adicionalmente, usa como pistolas laser. Ele protege a comunidade da mesma espécie.

Os poderes dos "animais-espírito" são:

  • Olhos de Falcão: Permite enxergar a grandes distâncias
  • Ouvidos de Lobo: Super-audição
  • Força do Urso: Super-Força
  • Velocidade do Puma: Super-Velocidade

BraveStarr tem como parceiro um alienígena com aparência de cavalo cibernético (Techno Horse), que consegue falar e ficar sob duas patas. Chamado em inglês de Thirty/Thirty (de Furacão no Brasil), ele possui como arma um rifle de energia que chama de Sarah Jane(na dublagem brasileira ele é chamado de "Trabuco", ou "Trabuquinho").

Dublagem[editar | editar código-fonte]

Personagem Dublagem
Original (em inglês) Em português (no Brasil)1
Bravestarr Pat Fraley Darcy Pedrosa
Furacão Ed Gilbert Paulo Flores
Tex Hex Charles Adler Magalhães Graça
Shaman Ed Gilbert José Santa Cruz
Juíza J.B. Susan Blu Maria da Penha
Delegado Fuzz Charles Adler Carlos Marques
Terremoto Pat Fraley André Luiz Chapéu
Cabeça de Cactos Alan Oppenheimer Mário Monjardim

Merchandising[editar | editar código-fonte]

Em 1986, um ano antes da série de TV estrear, a Mattel lançou uma linha de action figures baseada na série.

Um videogame do gênero tiro a side-scrolling foi lançado para Commodore 64, ]]Amstrad CPC]], e ZX Spectrum. É um jogo de tiro side-scrolling.


Em 1987 a série ganhou uma adaptação em quadrinhos 3D, publicada pela editora Blackthorne em duas edições.[3] Em Janeiro de 1988 a Editora Abril publicou no Brasil uma série mensal em formatinho, algumas das histórias foram ilustradas por Marcelo Campos.[4]

Filme[editar | editar código-fonte]

Em 1988 foi lançado o filme de animação BraveStarr: The Movie.[5]


Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Marcus Ramone (18/09/2015). «Os implacáveis quadrinhos de faroeste». Universo HQ. 
  2. Hal Erickson (2005).Television cartoon shows :an illustrated encyclopedia, 1949 through 2003, página 158, McFarland & Co. ISBN 9780786422562.
  3. Brent Frankenhoff (2010). Comic Book Price Guide F+W Media, Inc. [S.l.] 9781440215155. 
  4. Marcio Baraldi (26/06/2009). «Entrevista: Marcelo Campos». Bigorna.net. 
  5. "'Bravestarr': Neo-Western Saddled by Its Design". The Los Angeles Times.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]