Bray Wyatt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bray Wyatt
Bray Wyatt April 2014.jpg
Wyatt em abril de 2014.
Informações pessoais
Nome completo Windham Lawrence Rotunda
Nascimento 23 de maio de 1987 (30 anos)[1]
Brooksville, Flórida[2]
Filho(s) 2
Carreira na luta livre profissional
Nome(s)
de ringue
Axel Mulligan
Bray Wyatt
Duke Rotundo
Husky Harris
Levi Wyatt
Windham Rotundo
Windham Rotunda
Altura
anunciada
1 91 m[3][4]
Peso
anunciado
285 lb (129 kg)[5]
Anunciado
de
Brooksville, Florida[5]
Lafayette, Luisiana[3]
Snake Bight, Flórida[4]
Treinado
por
Florida Championship Wrestling
WWE NXT[2]
Barry Windham[2]
Estreia Abril de 2009[2]

Windham Lawrence Rotunda[1][2] (Brooksville, 23 de maio de 1987)[1] é um lutador de wrestling profissional estadunidense. Atualmente trabalha para a WWE no programa Raw sob o ring name de Bray Wyatt. Este seu personagem estreou no plantel principal em julho de 2013 como parte da The Wyatt Family. Anteriormente, ele lutou para a WWE como Husky Harris, principalmente como membro do The Nexus. Ao lado de seu irmão mais novo Taylor Rotunda (Bo Dallas), ocupou o Campeonato de Duplas da FCW duas vezes.

Carreira[editar | editar código-fonte]

World Wrestling Entertainment (2009 - Presente)[editar | editar código-fonte]

Florida Championship Wrestling (2009–2010)[editar | editar código-fonte]

Rotunda estreou na Florida Championship Wrestling (FCW) em abril de 2009 com uma vitória, usando o ring name "Alex Rotundo".[6] Mais tarde mudou para "Duke Rotundo".[6] No início de 2009, ele formou uma tag team semi-regular com Vic Adams.[7]

Em hdidu junho de 2009, Rotundo começou tag team com o seu irmão, Bo.[7] Nas gravações da FCW em 23 de julho, The Rotundo Brothers derrotaram The Dude Busters (Caylen Croft e Trent Barreta) para se tornarem #1 contenders pelo FCW Florida Tag Team Championship.[7] Naquela mesma noite, eles derrotaram Justin Angel e Kris Logan para conquistar pela primeira vez o FCW Florida Tag Team Championship.[6][7] Eles defenderam com sucesso os cinturões contra Dylan Klein e Vance Archer e Curt Hawkins e Heath Slater.[7] Em 19 de novembro, The Rotundo Brothers perderam os títulos para o The Dude Busters (Hawkins e Croft).[7] No início de 2010, The Rotundo Brothers começaram a rivalizar com The Usos (Jimmy e Jey), e sua manager, Sarona Snuka.[8] Eles perderam para The Usos em 14 de janeiro, mas derrotaram The Usos e Donny Marlow em uma six-man tag team match, com Wes Brisco. Em uma revanche em 11 de março, The Rotundos derrotaram The Usos.[8] Em abril, eles rivalizaram com Jackson Andrews e Curt Hawkins, que começou quando Rotundo enfrentou Andrews em uma singles match e ganhou por desqualificação quando Hawkins interferiu.[8] Nas gravações da FCW na semana seguinte, The Rotundos uniram-se com Eli Cottonwood, mas acabaram derrotados por Hawkins, Andrews, e Leo Kruger.[8]

Depois disso, Rotundo voltou à competir sozinho, e derrotou Kruger, Johnny Curtis e Tyler Reks.[8] Em junho de 2010, ele mudou seu ring name para "Husky Harris" para coincidir com sua estreia no NXT. Ele chegou a derrotar Drake Brewer e Derrick Bateman, após desafiou sem sucesso Alex Riley pelo FCW Florida Heavyweight Championship em 20 de junho.[8] Em setembro, Harris rivalizou com Percy Watson, perdendo para por countout, quando Harris se recusou a continuar a luta e saiu.[8] Harris, depois perdeu para Watson em uma não autorizada, Falls Count Anywhere match em 15 de setembro.[8] Na semana seguinte, uma luta entre os dois terminou em uma desqualificação dupla, resultando em uma 'non-sanctioned come as you are bunkhouse brawl', que Watson venceu para acabar com a rivalidade.[8]

NXT e The Nexus (2010 – 2011)[editar | editar código-fonte]

Harris (à esquerda) com David Otunga (centro) e Heath Slater (à direita) como parte da Nexus em dezembro de 2010.

Em 1 de junho de 2010, Rotunda foi anunciado como um participante na segunda temporada do NXT sob o ring nome "Husky Harris", com Cody Rhodes como seu mentor.[9][10] Harris fez sua estréia no episódio de 08 de junho, competindo em uma tag team match com Rhodes contra Montel Vontavious Porter e Percy Watson, mas acabaram sendo derrotados.[11] Após um início tumultuado, Harris teve uma heel turn no episódio de 22 de junho atacando o apresentador do programa, Matt Striker, assim como Rhodes havia feito na semana anterior.[12] Na semana seguinte, Harris perdeu para Porter em uma singles match, e ficou em sétimo dos oito estreantes na primeira votação.[13] Na segunda pesquisa, Harris subiu para o sexto lugar, conseguindo evitar a eliminação.[14] Em 9 de agosto os rookies apareceram em uma six-man tag team match no Raw, qual time de Harris ganhou quando ele fa o pin em Kaval, mas sua equipe perdeu uma revanche na noite seguinte no NXT.[15][16] Na pesquisa mais tarde naquela noite, Harris subiu para o quarto lugar dos seis estreantes.[16] Harris era um dos dois rookies eliminados do NXT em 17 de agosto. Após sua eliminação, Harris e Rhodes atacaram Kaval, resultando em uma briga envolvendo também Porter e Kofi Kingston.[17] Harris reapareceu no final da temporada do NXT com os outros eliminados e se juntaram para atacar o vencedor do NXT, Kaval.[18]

No Hell in a Cell em outubro, disfarçados, Harris e Michael McGillicutty interferiram num combate entre John Cena e Wade Barrett, e ajudou Barrett a vencer, forçando Cena se juntar a Nexus pela estipulação da luta.[19] As identidades de Harris e McGillicutty foram reveladas no episódio do dia seguinte do Raw, no entanto Barrett afirmou que não havia pedido ajuda e se recusou a inclui-los como membros da Nexus.[20] Na semana seguinte, Harris e McGillicutty custaram a Cena uma luta contra The Miz, levando Barrett para dar-lhes a oportunidade de ganhar participação na Nexus.[21] No episódio do Raw de 18 de outubro, Harris e McGillicutty não conseguiram ganhar um lugar na Nexus, quando perderam para Cena e Randy Orton em uma tag team match.[22] Na semana seguinte no Raw, no entanto, Harris e McGillicutty foram admitidos na Nexus, apesar de sua derrota.[23]

Em janeiro de 2011 CM Punk assumiu o controle da Nexus e cada um de seus membros passaram por uma iniciação. Harris passou sua iniciação, amarrou o resto do grupo, e foi autorizado a continuar como um membro da The Nexus, ao lado de Punk, McGillicutty e David Otunga.[24] Três semanas depois, em um episódio do Raw em 31 de janeiro, Harris e McGillicutty desafiaram sem sucesso Santino Marella e Vladimir Kozlov pelo WWE Tag Team Championship. Após o combate Randy Orton atacou como vingança por eles interferirem na sua luta pelo WWE Championship contra The Miz, e atacou Harris na cabeça.[25] Este ataque serviu como angle para tirar Harris da televisão e devolver-lhe a FCW.

Retorno a FCW e NXT (2011 - 2012)[editar | editar código-fonte]

Rotunda voltou a FCW e utilizando um novo personagem em 18 de março, a do jogador de hóquei mascarado "Axel Mulligan".[26] Posteriormente, ele voltou para o ring nome Husky Harris.

Após o irmão de Harris se lesionar, seu FCW Florida Heavyweight Championship foi desocupado e um torneio foi criado para determinar o novo campeão.[27] Harris derrotou Big E. Langston para chegar a final, em uma fatal four-way match contra Leo Kruger, Damien Sandow, e Dean Ambrose. Durante a luta, vencida por Kruger, Harris foi acidentalmente atacado por Richie Steamboat, que estava sentado perto do ringue.[28] No episódio seguinte da FCW, Harris ganhou uma triple threat match contra Kruger, que não valia o cinturão, e foi novamente atacado por Steamboat.[29] No episódio da FCW em 24 de outubro, Harris desafiou sem sucesso Kruger pelo cinturão, e Steamboat novamente interferiu na luta.[30] Como resultado, Harris e Steamboat começaram a rivalizar, e a primeira luta entre os dois acabou em no contest.[31] Kruger mais tarde, reteve seu FCW Florida Heavyweight Championship em uma triple threat, e na semana seguinte, Harris derrotou Steamboat em uma No Hold Barred match.[32][33] Após o par continuou a atacar uns aos outros nos bastidores e durante as lutas, mas durante o episódio da FCW em 19 de dezembro, a gerente geral da FCW, Maxine anunciou que havia suspendido Harris e Steamboat por trinta dias.[34][35][36] Após seu retorno, Harris derrotou Steamboat em uma Bullrope match para acabar com a rivalidade.[37]

Em 2 de fevereiro de 2012, Harris e seu irmão mais novo Bo Rotundo derrotaram Brad Maddox e Eli Cottonwood, que estava substituindo o lesionado Briley Pierce, para ganhar o Florida Tag Team Championship pela segunda vez.[38][39] Os irmãos defenderam sem sucesso os cinturões em 15 de março contra Corey Graves e Jake Carter.[38]

The Wyatt Family e rivalidade com Dean Ambrose (2012–2015)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Wyatt Family

No mês seguinte, Rotunda estreou seu novo ring name Bray Wyatt em uma tag team match com Eli Cottonwood.[40][41] Como Wyatt, ele retornou à NXT em 11 de julho na Full Sail University, derrotando Aiden English em uma singles match.[42] Wyatt começou a ser retratado como o líder de um culto que acreditava ser mais monstro do que humano.[43][44][45] O personagem rendeu comparações com Max Cady do filme Cape Fear e Waylon Mercy.[43][46] m julho, Wyatt rasgou o músculo peitoral e foi submetido a uma cirurgia.[47] Apesar da lesão, Wyatt continuou a aparecer no NXT, fundando o grupo conhecido como The Wyatt Family, com Luke Harper como seu primeiro "filho" e Erick Rowan como o segundo.[48][49][50] Wyatt teve seu primeiro combate depois de sua lesão, no NXT de 21 de fevereiro, derrotando Yoshi Tatsu.[51] Wyatt sofreu sua primeira derrota em 13 de março no episódio do NXT, quando foi derrotado por Bo Dallas.[52] Em 2 de maio no NXT, Wyatt foi derrotado pelo seis vezes campeão mundial Chris Jericho.[53] Em 08 de maio no episódio do NXT, Harper e Rowan derrotaram Adrian Neville e Bo Dallas para vencer o Campeonato de Duplas do NXT.[54][55] A Wyatt Family passou a rivalizar com Corey Graves e Kassius Ohno, com Wyatt derrotando Graves em 22 de maio episódio do NXT.[56] Na semana seguinte, Wyatt eliminou ambos Graves e Ohno durante uma 18-man Battle Royal para determinar o desafiante pelo Campeonato do NXT, porém Wyatt foi mais tarde eliminado por Neville.[57] Em 19 de junho no NXT, a Wyatt Family derrotou a equipe de Graves, Neville e Ohno.[58] Em 10 de julho no episódio do NXT, Wyatt atacou William Regal, antes da Wyatt Family enfrentar Graves, Neville e Regal em uma luta Six-man tag team, com a Wyatt Family vencendo.[59] Em 17 de julho no NXT (gravado em 20 de junho), Harper e Rowan perderam NXT Tag Team Championship para Neville e Graves.[60][61] No dia 26 de outubro de 2014 na luta Hell in a Cell entre Dean Ambrose vs. Seth Rollins Wyatt surgiu dentro da cela e atacou Ambrose com um Sister Abigail, permitindo assim a vitória de Seth Rollins.Os dois se encontraram no Survivor Series com vitória de Wyatt via desclassificação após Ambrose o atacar com uma cadeira.Os dois se enfrentaram no TLC:Tables Ladders and chairs,o combate foi vencido por Bray Wyatt após Ambrose tentar atacá-lo com uma TV achada debaixo do ringue mas que acabou explodindo no rosto de Ambrose que ficou atordoado e logo recebeu um Sister Abigail de Wyatt.Os dois então se enfrentaram no WWE Tribute To The Troops em uma Boot Camp Match(luta ao estilo Street Fight).Durante a luta Bray Wyatt foi tentar ofender Sgt.Slaughter que estava sentado assistindo a luta e este acabou por tirar uma de suas botas com biqueira de aço e jogar para Ambrose que atacou Wyatt com a bota e este caiu em cima de uma mesa recebeu alguns socos e levou um Elbow drop de Ambrose de cima da terceira corda quebrando a mesa em que Wyatt estava,então Ambrose fez o pinfall para sua vitória.Wyatt e Ambrose voltaram a se enfrentar em uma luta Miracle on 34th Street Fight(luta que acontece uma vez por ano em dezembro perto do natal)na qual Bray Wyatt saiu vitorioso após lançar Dean Ambrose no corner onde tinha uma Kendo Stick que acabou pegando no olho de Ambrose.Duas semanas depois eles voltaram a se enfrentar em uma Ambulance Match que foi vencida por Bray Wyatt pondo fim à rivalidade.

Mais Rivalidades e New Face of Fear (2015 – Presente)[editar | editar código-fonte]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Rotunda é um wrestler profissional da terceira geração, seu avô Blackjack Mulligan, seu pai Mike Rotunda e seus tios Barry e Kendall Windham eram todos wrestler profissionais.[62] Seu irmão mais novo, Taylor também é wrestler profissional.[6]

Rotunda estudou na Hernando High School, onde ele ganhou um campeonato estadual de wrestling em 2005.[1][6][63] Ele se formou no colegial em 2005.[6] Ele também jogou futebol como um defensive tackle e como guarda. Rotunda jogou pelo College of the Sequoias por duas temporadas, ganhando o prêmio All-American como guarda ofensivo do ano.[63] Ele ganhou uma bolsa de estudos de futebol para Troy University, onde jogou futebol por dois anos.[1][6] Ele deixou a Troy University 27 horas antes de ganhar o diploma, após decidir se tornar um lutador.[63]

No wrestling[editar | editar código-fonte]

Wyatt se preparando para aplicar o Sister Abigail em Big E.
Wyatt caminhando "como uma aranha".

Títulos e prêmios[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e «Windham Rotunda». Troy Trojans. 3 de agosto de 2007. Consultado em 7 de janeiro de 2010 
  2. a b c d e «Husky Harris profile». Online World of Wrestling. Consultado em 18 de agosto de 2009 
  3. a b «Bray Wyatt – NXT Wrestling profile». NXT Wrestling. Consultado em 26 de dezembro de 2012. Cópia arquivada em 9 de dezembro de 2013 
  4. a b «Bray Wyatt – WWE NXT profile» 
  5. a b «Bray Wyatt – WWE bio». WWE. Consultado em 9 de novembro de 2013  Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "WWE" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  6. a b c d e f g h LaRiviere, Derek J. (26 de novembro de 2009). «Brooksville's Rotunda brothers follow dad Mike into professional wrestling». Tampa Bay Sports. Consultado em 2 de junho de 2010  Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "tampabay" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  7. a b c d e f «Florida Championship Wrestling (2009)». Online World of Wrestling. Consultado em 2 de março de 2011 
  8. a b c d e f g h i «Florida Championship Wrestling (2010)». Online World of Wrestling. Consultado em 6 de março de 2011 
  9. Caldwell, James (1 de junho de 2010). «WWE News: NXT Results – Season Two announced, Pro & Rookie pairings revealed». Pro Wrestling Torch. Consultado em 1 de junho de 2010 
  10. Bishop, Matt (1 de junho de 2010). «WWE NXT: Barrett wins show's first season». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2 de junho de 2010 
  11. Bishop, Matt (8 de junho de 2010). «WWE NXT: New rookies pay as Season 2 opens». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 12 de junho de 2010 
  12. Bishop, Matt (22 de junho de 2010). «WWE NXT: Rookies look to make impact as first poll nears». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 30 de junho de 2010 
  13. a b Bishop, Matt (29 de junho de 2010). «WWE NXT: Surprise! First elimination on tap». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 30 de junho de 2010 
  14. Bishop, Matt (27 de julho de 2010). «WWE NXT: Second rookie goes home; New No. 1». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 28 de julho de 2010 
  15. Plummer, Dale (10 de agosto de 2010). «RAW: Team WWE makes a stand». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 10 de agosto de 2010 
  16. a b Bishop, Matt (10 de agosto de 2010). «WWE NXT: Eliminations coming fast and furious». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 11 de agosto de 2010 
  17. Bishop, Matt (17 de agosto de 2010). «WWE NXT: 2 more rookies sent packing as tensions rise». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 18 de agosto de 2010 
  18. Bishop, Matt (31 de agosto de 2010). «WWE NXT: Kaval wins show's 2nd season, gets beat down». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2 de setembro de 2010 
  19. Hillhouse, Dave (4 de outubro de 2010). «Hell in a Cell: Betrayal, fan interference, and flying shoes». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 4 de outubro de 2010 
  20. Caldwell, James (4 de outubro de 2010). «Caldwell's WWE Raw results 10/4: Complete "virtual time" coverage of Raw with Hell in a Cell fall-out – John Cena joins Nexus». Pro Wrestling Torch. Consultado em 5 de outubro de 2010 
  21. Tylwalk, Nick (12 de outubro de 2010). «Raw: Team Raw assembles while Cena stews». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 18 de outubro de 2010 
  22. Plummer, Dale (18 de outubro de 2010). «RAW: Smackdown! superstars invade Monday Night». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 19 de outubro de 2010 
  23. Wilkenfeld, Daniel (25 de outubro de 2010). «Caldwell's WWE Raw results 10/25: Complete "virtual time" coverage of live Raw following Bragging Rights, Bryan vs. Ziggler». Pro Wrestling Torch. Consultado em 26 de outubro de 2010 
  24. Plummer, Dale (10 de janeiro de 2011). «RAW: CM Punk thins out the ranks». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 12 de janeiro de 2011 
  25. Plummer, Dale (31 de janeiro de 2011). «RAW: Jerry Lawler on the road to Wrestlemania». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2 de fevereiro de 2010 
  26. a b Autor Invitado (20 de março de 2011). «Windham Rotunda rinde homenaje a su abuelo con su nuevo personaje en Florida Championship Wrestling: Axel Mulligan». SuperLuchas Magazine (em Spanish). Consultado em 21 de março de 2011 
  27. «Superstars of the Week: Leo Kruger». Florida Championship Wrestling. Consultado em 29 de dezembro de 2011. Cópia arquivada em 28 de dezembro de 2011 
  28. Namako, Jason (10 de outubro de 2011). «FCW Results – 10/9/11». WrestleView. Consultado em 29 de dezembro de 2011 
  29. Namako, Jason (17 de outubro de 2011). «FCW Results – 10/17/11». WrestleView. Consultado em 29 de dezembro de 2011 
  30. Namako, Jason (25 de outubro de 2011). «FCW Results – 10/24/11». WrestleView. Consultado em 29 de dezembro de 2011 
  31. Namako, Jason (31 de outubro de 2011). «FCW Results – 10/31/11». WrestleView. Consultado em 29 de dezembro de 2011 
  32. Namako, Jason (14 de novembro de 2011). «FCW Results – 11/14/11». WrestleView. Consultado em 29 de dezembro de 2011 
  33. Namako, Jason (21 de novembro de 2011). «FCW Results – 11/21/11». WrestleView. Consultado em 29 de dezembro de 2011 
  34. Namako, Jason (5 de dezembro de 2011). «FCW Results – 12/5/11». WrestleView. Consultado em 29 de dezembro de 2011 
  35. Namako, Jason (12 de dezembro de 2011). «FCW Results – 12/12/11». WrestleView. Consultado em 29 de dezembro de 2011 
  36. Namako, Jason (20 de dezembro de 2011). «FCW Results – 12/19/11». WrestleView. Consultado em 29 de dezembro de 2011 
  37. Namako, Jason (9 de janeiro de 2012). «FCW Results – 1/9/12». WrestleView. Consultado em 7 de fevereiro de 2012 
  38. a b «Champions Roll Call». Florida Championship Wrestling. Consultado em 17 de março de 2012 
  39. a b Meltzer, Dave (2 de fevereiro de 2012). «Two title changes at tonight's FCW tapings». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 4 de fevereiro de 2012 
  40. Namako, Jason (27 de abril de 2012). «FCW Results – 4/22/12». WrestleView. Consultado em 1 de maio de 2012 
  41. Namako, Jason (11 de abril de 2012). «FCW Results – 4/8/12». WrestleView. Consultado em 1 de maio de 2012 
  42. James, Justin (11 de julho de 2012). «JAMES'S WWE NXT REPORT 7/11: PTP vs. Usos main event, transformation of Husky Harris to Bray Wyatt continues, Seth Rollins promo». Pro Wrestling Torch. Consultado em 21 de julho de 2012 
  43. a b Kapur, Bob. «Big crowd cheers on WWE favourites in Toronto». SLAM! Wrestling. Consultado em 8 de junho de 2013. Wyatt is a great cult leader / Max Cady character. 
  44. Namako, Jason. «WWE NXT RESULTS – 5/16/13 (BIG E VS. SANDOW)». WrestleView. Consultado em 9 de junho de 2013. Wyatt says that ... This is not the face of a human being, this is the face of a MONSTER!! This is the face of the eater of worlds. Everytime from now on that you gaze into my face, I don't care who you are, how BAD you think you are, you can never hurt me because I am already dead. 
  45. Chiverton, George. «CHIVERTON'S NXT WEEKLY RANKINGS & EVALUATION 7/11: Latest evaluation of new NXT talent». Pro Wrestling Torch. Consultado em 9 de junho de 2013. Bray Wyatt has been a source of great excitement for me in his run-up to this debut with fantastic video packages and promos creating a mysterious atmosphere around the preacher-based character. He's evil, scary but not over the top. He comes across as having genuinely done something evil like murder, but justifies it through the faith he follows (which faith we aren't told). 
  46. «Jim Ross predicts WWE will "shake things up" at No Way Out, comments on the latest WWE NXT tapings, and the new character played by Husky Harris». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 9 de junho de 2013. Some may compare it to the DeNiro character in Cape Fear and even Waylon Mercy back in the day but this uniquely Bray Wyatt incarnation feels new and fresh. 
  47. Martin, Adam (6 de julho de 2012). «Developmental talent to be out of action for six months». WrestleView. Consultado em 6 de janeiro de 2013 
  48. Bishop, Matt (8 de novembro de 2012). «WWE NXT: Who will challenge Rollins?». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 8 de janeiro de 2013. Bray announces this man as the "first son of the Wyatt family, Luke Harper." 
  49. James, Justin. «JAMES'S WWE NXT REPORT 12/12 – Week 25: Rollins defends NXT Title, Paige in action, Overall Reax». Pro Wrestling Torch. Consultado em 6 de julho de 2013 
  50. Chiverton, George (7 de janeiro de 2013). «Chiverton's NXT Scouting Report – Year-End Review: Who are WWE's top prospects heading into 2013?». Pro Wrestling Torch. Consultado em 8 de janeiro de 2013 
  51. Namako, Jason (22 de fevereiro de 2013). «WWE NXT Results – 2/21/13 (Big E. vs. O'Brian)». WrestleView. Consultado em 18 de maio de 2013 
  52. a b c James, Justin. «JAMES'S WWE NXT REPORT 3/13 - Week 37: Champ vs. Champ, Brother vs. Brother, plus Hero vs. Bateman; Overall Reax». Pro Wrestling Torch. Consultado em 9 de julho de 2013 
  53. a b c Namako, Jason (3 de maio de 2013). «WWE NXT Results – 5/2/13 (Jericho vs. Wyatt)». WrestleView. Consultado em 24 de maio de 2013 
  54. James, Justin. «JAMES'S WWE NXT REPORT 5/8 Week 45: Wyatt Family captures Tag Titles, Ohno turning face?, Sandow in action, Paige vs. Summer Rae feud continues, Overall Reax». Pro Wrestling Torch. Consultado em 2 de junho de 2013 
  55. Santiago, Andres (3 de maio de 2013). «WWE NXT spoilers from Winter Park, FL: John Cena and more». Pro Wrestling Insider. Consultado em 3 de maio de 2013 
  56. James, Justin. «JAMES'S WWE NXT REPORT 5/15 & 5/22: El Generico debuts, O'Brian beats two NXT releases in same match, Bray Wyatt debuts mask, Natalya vs. Rae, more developments». Pro Wrestling Torch. Consultado em 3 de junho de 2013 
  57. Trionfo, Richard (29 de maio de 2013). «WWE NXT report: number one contender battle royal; big announcement from Stephanie McMahon; and more». Pro Wrestling Insider. Consultado em 1 de junho de 2013 
  58. James, Justin. «JAMES'S WWE NXT RESULTS 6/19: Wyatts vs. Ohno & Graves & Neville six-man tag, Summer Rae wins tourney match, El Generico, Xavier Woods, more». Pro Wrestling Torch. Consultado em 26 de agosto de 2013 
  59. James, Justin. «JAMES'S WWE NXT REPORT 7/10: Wyatts vs. Team Regal six-man main event, NXT Women's Title tourney continues, Generico (Zayn), Mason Ryan, set-up for Charlotte's debut». Pro Wrestling Torch. Consultado em 14 de julho de 2013 
  60. Caldwell, James (21 de junho de 2013). «WWE News: NXT spoilers for summer episodes - first NXT Women's champ, Flair, more, plus NXT TV in the U.S.?». Pro Wrestling Torch. Consultado em 26 de junho de 2013 
  61. Namako, Jason. «WWE NXT Results - 7/18/13 (Neville/Graves vs. Wyatt Family)». Wrestleview. Consultado em 8 de agosto de 2013 
  62. Murphy, David (14 de setembro de 2007). «'He's got the look'». St. Petersburg Times. Consultado em 30 de agosto de 2009 
  63. a b c Bernhardt, Jr., Chris (12 de junho de 2009). «Hernando High alumni ready to hit the ring». Hernando Today. Consultado em 30 de agosto de 2009 
  64. «Smackdown!: Daniel Bryan sees a revolving door of referees». SLAM! Wrestling. Consultado em 19 de janeiro de 2014. Kane is dropped with the Sister Abigail, a swinging reverse STO. 
  65. Tedesco, Mike. «WWE SmackDown results – 9/27/13 (Orton vs Miz)». Wrestleview. Consultado em 19 de janeiro de 2014. Wyatt then connects with Sister Abigail’s Kiss for the win. 
  66. James, Justin (3 de maio de 2013). «James's WWE NXT reports 4/17 & 4/24 & 5/1: Jericho in action, The Shield, Clash of Champions featuring several title matches, Paige vs. Summer Rae feud continues, more». Pro Wrestling Torch. Consultado em 19 de janeiro de 2014. Kiss to the forehead and the Sister Abigail for the win. 
  67. Caldwell, James (20 de julho de 2010). «Caldwell's WWE NXT Results 7/20: Ongoing "virtual time" coverage of NXT Season 2, Week 7». Pro Wrestling Torch. Consultado em 23 de julho de 2010 
  68. a b Bishop, Matt (3 de agosto de 2010). «WWE NXT: Awful show features one of worst segments in company history». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 4 de agosto de 2010 
  69. Martin, Todd (25 de janeiro de 2011). «Raw is Rumble go-home show by Todd Martin». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 25 de janeiro de 2011 
  70. Martin, Adam (11 de agosto de 2010). «WWE NXT Results – 8/10/10». WrestleView. Consultado em 30 de dezembro de 2011. McGillicutty sends him to the corner and Harris, who was tagged, annihilates him with an avalanche. 
  71. a b Tedesco, Mike (18 de agosto de 2010). «WWE NXT Results – 8/17/10». WrestleView. Consultado em 7 de dezembro de 2011 
  72. a b Namako, Jason. «WWE NXT results – 5/23/13 (Bray Wyatt vs. Corey Graves)». Wrestleview. Consultado em 19 de janeiro de 2014 
  73. a b c d Clark, Ryan. «WWE Royal Rumble Results (1/26)». The People'sWrestlingWebsite. Consultado em 26 de junho de 2014 
  74. Trionfo, Richard. «WWE NXT report: Wyatt Family in six man action». PWInsider. Consultado em 21 de junho de 2013 
  75. Caldwell, James (29 de junho de 2010). «Caldwell's WWE NXT Results 6/29: Ongoing "virtual time" coverage of NXT Season 2, Week 4». Pro Wrestling Torch. Consultado em 30 de dezembro de 2011 
  76. Asher, Matthew. «WWE Old School: Pipers and Pimps and Punks...Oh My!». SLAM! Wrestling. Consultado em 14 de janeiro de 2014 
  77. a b Caldwell, James. «WWE S. Series PPV results 11/24 (Hour 3): Orton vs. Big Show main event, Bryan & Punk, PPV-closing face-off». Pro Wrestling Torch. Consultado em 27 de novembro de 2013 
  78. «Warrior's Way to No. 1». World Wrestling Entertainment. 29 de junho de 2010. Consultado em 29 de julho de 2010 
  79. «Bray Wyatt's Twitter account». Twitter. 29 de junho de 2013. Consultado em 29 de julho de 2013 
  80. «John Cena Defends His Legacy Against Bray Wyatt at WrestleMania». ProWrestling.com. 20 de março de 2014. Consultado em 20 de março de 2015. The Cenation leader’s storied legacy is at risk when he collides with “The Man of 1,000 Truths” Bray Wyatt at The Showcase of The Immortals. 
  81. Wortman, James (14 de dezembro de 2014). «Bray Wyatt def. Dean Ambrose (Tables, Ladders & Chairs Match)». WWE.com. Consultado em 14 de dezembro de 2014. Despite liberal use of each of the weapons set up on the ramp and at ringside, “The New Face of Fear’s” conquest would ultimately be decided by another piece of hardware entirely. 
  82. «WWE: Live in Fear (Bray Wyatt) – Single». iTunes Store. Consultado em 12 de junho de 2013 
  83. Crozer, Mark. «Broken Out In Love signed to WWE Music Group». Consultado em 25 de agosto de 2013 
  84. Caldwell, James (4 de setembro de 2013). «WWE News: Who wrote Bray Wyatt's theme?, Rhodes Family responds to Cody's "firing," which celeb is Titus dating?». Pro Wrestling Torch. Consultado em 4 de setembro de 2013 
  85. «Achievement Awards: Feud of the Year». Pro Wrestling Illustrated. 10 de janeiro de 2011. Consultado em 15 de janeiro de 2011 
  86. «Achievement Awards: Most Hated». Pro Wrestling Illustrated. 17 de janeiro de 2011. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  87. «The PWI Awards». Pro Wrestling Illustrated. 36 (2): 30–31. 2015 
  88. «Pro Wrestling Illustrated (PWI) 500 for 2014». The Internet Wrestling Database. Consultado em 26 de setembro de 2014 
  89. Meltzer, Dave (27 de janeiro de 2014). «Jan 27 2014 Wrestling Observer Newsletter: 2013 Annual awards issue, best in the world in numerous categories, plus all the news in pro-wrestling and MMA over the past week and more». Campbell, California. Wrestling Observer Newsletter: 34. ISSN 1083-9593 
  90. Meltzer, Dave (26 de janeiro de 2015). «Jan. 26, 2015 Wrestling Observer Newsletter: 2014 awards issue w/ results & Dave's commentary, Conor McGregor, and much more». Campbell, California. Wrestling Observer Newsletter: 30. ISSN 1083-9593 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bray Wyatt