Brazlândia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Região Administrativa de Brazlândia
Bandeira de Brazlândia
Bandeira
Região Administrativa IV
Fundação: 5 de junho de 1933 (89 anos)
Lei de criação: 4545 de 10 de dezembro de 1964[1]

Mapa de Brazlândia

Limites: Águas Lindas de Goiás (GO), Padre Bernardo (GO), Sobradinho II, Sobradinho, Plano Piloto[2], Taguatinga e Ceilândia
Distância de Brasília: 45[3] km
Administrador(a): Jesiel Costa Rosa[4]
Área  
 - Total 474,83 km²
População  
 - Total 55.879[1] habitantes '
Site governamental www.brazlandia.df.gov.br
Rotatória entrada da cidade de Brazlândia-DISTRITO FEDERAL

Brazlândia é uma região administrativa do Distrito Federal brasileiro.

Expansão econômica[editar | editar código-fonte]

A RA IV tem a produção de hortifrutigranjeiros como sua principal fonte econômica, sendo referência no centro oeste no plantio e comercialização de morangos. Os morangos são referência na cidade, que é a maior produtora da fruta no Centro-Oeste, com mais de cinco toneladas por ano. Todos os anos é realizada a tradicional Festa do Morango. Além deles, outras frutas e verduras são colhidas na cidade, que abastece cerca de 30% do mercado no DF (CORREIO BRASILIENSE, 2014). A RA conta com uma área com cerca de 417 hectares para produção de frutas e 14 hectares para produção de grãos[5].

Brazlândia é uma das regiões administrativas mais antigas do Distrito Federal (DF), e, embora a participação de idosos seja maior do que a média do DF, segundo o PDAD (2021), ainda é significativa a população jovem, haja vista que a maioria concentra-se nos grupos de 0 a 14 e 15 a 30 anos de idade.


Etimologia[editar | editar código-fonte]

No início dos anos 30, as famílias conseguiram, por influência política, que o povoado fosse elevado à categoria de distrito de Santa Luzia (atual Luziânia). Tanto os Braz quanto os Cardoso tinham negócios na cidade goiana. Foi quando o lugar recebeu o nome de Brazlândia, em homenagem à família mais numerosa da região. O decreto criando o distrito é de 15 de abril de 1932, sendo a data mais significativa para a cidade. Mesmo assim, o aniversário é comemorado em 5 de junho, porque foi nessa data, em 1933, que foi criada a subprefeitura de Brazlândia.

Bandeira[editar | editar código-fonte]

A bandeira de Brazlândia, de autoria de Cícero José de Jesus, foi escolhida em 1992 por meio de um concurso.[6] O concurso tinha como exigência que a bandeira tivesse um símbolo que representasse as três famílias pioneiras de Brazlândia. A cor azul faz referência ao potencial de águas da Região, à época, responsável pelo abastecimento de grande parte do consumo do DF; a cor verde faz referência ao potencial hortifrutigranjeiro também sendo responsável por grande parte da produção consumida no DF; já os três pilares são o símbolo dos pioneiros e foi a única exigência do concurso; a figura geométrica branca é uma alusão ao desenvolvimento da cidade em consonância com a arquitetura dos palácios de Brasília; já o trator é uma referência direta ao potencial agrícola que caracteriza a região administrativa de Brazlândia.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Mapa hidrográfico

Latitude de Brazlândia é -15,6104. Longitude de Brazlândia é -48,1201. Latitude e Longitude de Brazlândia é -15,6104 -48,1201 respectivamente. -15,6104 Latitude e -48,1201 Longitude[7].

Clima[editar | editar código-fonte]

Apesar do clima da região ser conhecido pela característica mais marcante que é a estação seca, durante o ano sofre alterações. Muitos turistas sentem a secura em qualquer época de visitação por falta de costume, entretanto o clima tem seus pontos marcantes e diferenciados ao longo do ano.

Gráfico das temperaturas Projeteee
Projeteee
Tabela de Temperaturas e Zona de Conforto

Em geral a temperatura [8] varia de 14 °C a 30 °C e raramente é inferior a 10 °C ou superior a 30 °C. Na maior parte do ano podemos sentir o clima morno e agradável, isso permanece entre agosto e outubro, com temperatura máxima média diária acima de 22 °C. O mês mais quente do ano é no mês de outubro, com máxima de 29 °C e mínima de 18 °C, em média.

Ecologia e meio ambiente[editar | editar código-fonte]

Tem o cerrado como vegetação predominante, cercada por matas e cursos de água, suas nascentes e a flora da região tem muitas variedades de espécies, incluindo plantas medicinais e alimentícias. Entre as ações previstas estão a construção de sistema de águas pluviais; nivelamento, pintura e troca de areia dos parques infantis; pintura e reparo asfáltico na ciclovia; pintura da sede e do banheiro público; instalação do cercamento da nascente; construção de calçada em frente as faixas de pedestres que dão acesso ao parque, capina e pintura de meio fio em toda ciclovia e poda de árvores.

Esse é o 16º parque que passará por mudanças feitas pela força-tarefa do GDF, dentro do Programa Reviva Parques, que é coordenado pela Secretaria de Meio Ambiente (Sema) e Brasília Ambiental, com a execução da Secretaria de Governo, em parceria com outros órgãos, como a Novacap, Administração Regional de Brazlândia, SLU, DER, Detran-DF, Funap e Terracap.[9]


Demografia[editar | editar código-fonte]

Crescimento populacional[editar | editar código-fonte]

A quantidade de formações domiciliares é de 15.408, sendo que 3.894 são compostos por casais com 1 filho (25,3%), 2.773 casais sem filhos (18%), 2.717 casais com 2 filhos (17,6%), 952 casais com 3 filhos ou mais (6,2%), 2.717, monoparental (feminino) que corresponde a (17,6%), 784 com arranjo unipessoal (5,1%) e 1.569 com outro perfil (10,2%) (PDAD,2021).

Sobre a demografia da cidade, o PDAD 2018, revela que a população na época era aproximadamente 53.534. Já em 2021 o número de habitantes aumentou para 55.879 , sendo 51,6% do sexo de nascimento feminino (PDAD,2021)

Em relação à faixa etária da população no ano de 2021, cerca de 14,38% com menos de 10 anos e 16,72% tinham de 10 a 19 anos, 9.458 habitantes (16,92%) tinham de 20 a 29 anos, 8.715 habitantes (15,59%) tinham de 30 a 39 anos, 8.186 habitantes (14,64%) tinham de 40 a 49 anos, e 12.137 pessoas (21,72%) possuíam mais de 50 anos (PDAD 2018).

Política e Administração[editar | editar código-fonte]

Organograma Político

A área do Distrito Federal Brazlândia é a quarta região administrativa, tendo como embasamento os poderes o poder executivo, poder legislativo e poder judiciário.

Sede da Administração de Brazlândia
Sede da Administração de Brazlândia

A Estrutura de Brazlândia está de acordo com o Decreto Nº 38.094, DE 28 DE MARÇO DE 2017 (Alterado pelos Decreto nº 38.326, de 10/07/2017  e Decreto nº 39.467 de 21/11/2018). Tendo como administrador Marcelo Gonçalves da Cunha e sendo composta por cargos de gabinete, Coordenação de Administração Geral – COAG,  Coordenação de Licenciamento, Obras e Manutenção – COLOM e Coordenação de Desenvolvimento conforme o organograma abaixo ao lado.

Habitação, serviços e comunicações[editar | editar código-fonte]

Na cidade 75,8% dos lotes são regularizados. 66,2% da população possui casa própria, e 96,7% moram em casas.

Em uma pesquisa realizada em residência particular,  tendo-se um número estimado de 15.684 unidades ocupadas, com uma média de 3,41 moradores por domicílio. A condição permanente foi observada em 99,4% dos domicílios. Analisando o tipo tem-se uma porcentagem de 96,7% de casas, sendo essas em condição de  “próprio, já pago”, para 66,2%. E a maioria dos lotes eram regularizados, segundo informação dos moradores. No que diz respeito a infraestrutura domiciliar, verificou-se que 90,3% das residências apresentavam parede externa de alvenaria com revestimento, 92,4% tinham o material do piso de “cerâmica / madeira / outros” enquanto o telhado era de fibrocimento sem laje em 46% dos domicílios.[10]

Na pesquisa a dimensão e composição dos domicílios, mostrou um número médio de 6,1 cômodos, dos quais 2,4 estavam servindo como dormitório e 1,4 eram banheiros. A maioria  tem acesso ao abastecimento de água e  esgotamento sanitário ligado à rede geral da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (CAESB). A maioria tem coleta de lixo e todos tem abastecimento de energia elétrica.

Transportes[editar | editar código-fonte]

As principais vias de acesso à Brazlândia é a Expresso São José 27, e as principais rodovias que acessam a RA são a Estrada Parque do Contorno – EPCT (DF-001), DF-170, DF-180, DF-206, DF-220 e DF-240, BR-251, além da Rodovia Federal BR-080 que liga à rodovia Belém-Brasília, encurtando o acesso norte e sul do país em aproximadamente 300 Km. Ou seja, Brazlândia é um centro dos Eixos Nacionais de Integração Norte e Sul do país.[11]

Atualmente Brazlândia possui 9 linhas de ônibus para Plano Piloto, Taguatinga e Ceilândia e 4 linhas para a zona rural, estas são operadas pela empresa de transportes coletivo Expresso São José. (SEMOB,2022).

Vias, acessos e transporte público Brazlândia
Vias, acessos e transporte público Brazlândia

De acordo com o PDAD 2018, o principal meio de deslocamento dos moradores de Brazlândia até o trabalho são ônibus (49,1%) e em segundo lugar os automóveis (31,8%). Para os estudantes a realidade é outra, o deslocamento é a pé (60,3%) e os ônibus como segunda opção (18,5%). [10].

Educação[editar | editar código-fonte]

[12]Brazlândia possui um total de trinta escolas da rede pública e seis escolas particulares. Atualmente, a rede pública na região administrativa conta com três Centros de Educação Infantil (CEI); três Centros de Educação da Primeira Infância (Cepi); 1 CAIC; 13 Escolas Classes (EC); uma Escola Parque (EP); quatro Centros de Ensino Fundamental (CEF); cinco Centros Educacionais (CED); dois Centros de Ensino Médio (CEM); um Centro de Ensino Especial (CEE); um Centro Interescolar de Línguas (CIL); a Biblioteca Escolar Érico Veríssimo e o Ginásio Espelho D’água.[10]

De acordo com dados do PDAD 2021 (CODEPLAN), 95,6% dos moradores com cinco anos ou mais de idade sabem ler e escrever. Para as pessoas entre 4 e 24 anos, mais de 55% da população frequenta escolas públicas . Entre aqueles que frequentam a escola, 86,8% estuda na RA Brazlândia. Entre aqueles que frequentam escolas, 86,8% estudam na RA Brazlândia. (DISTRITO FEDERAL, 2015).

Além das instituições de ensino, a cidade conta com uma Escola Técnica para atendimento a comunidade. Com capacidade para 1.440 estudantes, a unidade teve um investimento de R$ 15.3 milhões e sua construção gerou 200 empregos. Nesta terça-feira (9), a RA também recebeu a Agência do Trabalhador reformada e novo asfalto entre as DF 430 e 220.[12]

O ensino também atende estudantes da área rural e do Entorno, como os vindos de Águas Lindas e Padre Bernardo. Aberta ao público, a Escola Técnica passa a integrar a Coordenação Regional de Ensino de Brazlândia, onde atualmente estudam 16.383 jovens brasilienses e onde lecionam 735 professores.[12]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b http://pdad2021.codeplan.df.gov.br/static/downloads/relatorios/brazl%C3%A2ndia.pdf
  2. Lei nº 1.648, de 16 de setembro de 1997
  3. Síntese de Informações Socioeconômicas 2010
  4. «Perfil do administrador». Administração Regional de Brazlândia. 1 de janeiro de 2019. Consultado em 1 de janeiro de 2019 
  5. «Brazlandia - conheça a RA». administração reginal de brazlândia  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (ajuda)
  6. «Bandeira de Brazlândia (DF)». www.brazlandia.df.gov.br. Consultado em 29 de maio de 2012 
  7. «Geografia de Brazlândia DF - Ache Tudo e Região». www.atrbr.com. Consultado em 9 de junho de 2022 
  8. «Dados Climáticos». ProjetEEE. Consultado em 9 de junho de 2022 
  9. «Veredinha vai receber ações do Programa Reviva Parques». Agência Brasília. 10 de maio de 2021. Consultado em 25 de junho de 2022 
  10. a b c «PDAD 2021». pdad2021.codeplan.df.gov.br. Consultado em 25 de junho de 2022 
  11. MORAIS, JÉSSICA MORAIS (2017). «ESTUDO E REFLEXÕES SOBRE O PLANEJAMENTO OPERACIONAL DO SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO POR ÔNIBUS: Estudo de Caso da Região Administrativa de Brazlândia/DF (RA IV)» (PDF). UNB. ESTUDO E REFLEXÕES SOBRE O PLANEJAMENTO OPERACIONAL DO SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO POR ÔNIBUS: Estudo de Caso da Região Administrativa de Brazlândia/DF (RA IV). 1: 108. Consultado em 25 de junho de 2022  line feed character character in |titulo= at position 52 (ajuda); line feed character character in |jornal= at position 52 (ajuda)
  12. a b c Educação, Secretaria de Estado de. «Brazlândia ganha sua primeira escola técnica». Secretaria de Estado de Educação. Consultado em 25 de junho de 2022 
  13. «LEI Nº 2908 DE 5 DE FEVEREIRO DE 2002» (PDF). CLDF. Consultado em 22 de outubro de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Brazlândia