Breath of Fire III

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Breath of Fire III
Produtora Capcom
Editora(s) Capcom
Plataforma(s) PlayStation, PSP
Data(s) de lançamento PlayStation[1]
Japão 11 de Setembro de 1997
Estados Unidos 30 de Abril de 1998
União Europeia 8 de Outubro de 1998
PlayStation Portable[2]
Japão 25 de Agosto de 2005
União Europeia 10 de Fevereiro de 2006
Gênero(s) RPG
Modos de jogo Single-player
Número de jogadores 1
Classificação PlayStation
Inadequado para menores de 13 anos i ESRB (América do Norte)
Permitido para maiores de 3 anos, especialmente a faixa de 3-10 anos ELSPA (Reino Unido)

PlayStation Portable
Permitido para todas as idades i CERO (Japão)
Inadequado para menores de 7 anos i PEGI (Europa)

Média PlayStation
CD-ROM (1)
PlayStation Portable
UMD (1)
Controles Joystick
Último
Último
Breath of Fire II
Próximo
Próximo

Breath of Fire III (ブレスオブファイアⅢ, Buresu obu Faia Surī?) é um jogo de RPG desenvolvido e publicado pela Capcom para PlayStation. Originalmente lançado no Japão em 1997, o jogo fora lançado na América do Norte e na Europa em 1998.[1] Este é o terceiro episódio da série Breath of Fire, e o primeiro a apresentar os ambientes e os recursos em três dimensões, além de vários novos elementos de jogabilidade, como um sistema de combate mais completo, a capacidade de aprender habilidades inimigas, e a interação com o meio ambiente. Em 2005, Breath of Fire III foi relançado para o PlayStation Portable no Japão e na Europa em 2006 (somente em inglês).[3]

O jogo se passa em um mundo imaginário, na companhia de Ryu, um rapaz com a incrível habilidade de transformar-se em um dragão, que precisa descobrir suas verdadeiras origens e encontrar seus amigos desaparecidos, Rei e Teepo. O cenário é apresentado em duas partes: uma com Ryu criança e outra com ele adolescente. Ryu é acompanhado por muitos aliados que o ajudarão durante a jornada que levará o mundo a uma batalha contra uma deusa maquiavélica.[4] Apesar do sucesso modesto na época, o jogo tem sido descrito como um "clássico" do PlayStation.[5]

Mundo do jogo[editar | editar código-fonte]

A aventura em Breath of Fire III se desenrola em um mundo de fantasia que se assemelha à Europa Medieval, porém apresentando alguns contrastes, como a presença de tecnologias avançadas.[6] Habitado por seres humanos e animais antropomórficos, o mundo adquiriu muitos avanços científicos com a descoberta de "Chrys", um mineral raro, com propriedades mágicas encontradas em restos fossilizados de dragões. No entanto, as formas superiores de tecnologia, como robôs e outras máquinas complexas, são encontrados principalmente fora, espalhadas ao redor do mundo por uma razão desconhecida. Grande parte do enredo do jogo envolve encontrar a verdade sobre estas tecnologias estranhas e desvendar o mistério do repentino desaparecimento dos dragões.[7]

Personagens[editar | editar código-fonte]

Ryu e seus companheiros são os personagens principais de Breath of Fire III. Um grupo de aventureiros com personalidades distintas e habilidades únicas que serão fundamentais no decorrer do jogo. A história de Ryu é dividido em duas partes - na infância e na adolescência do herói - levando o jogador a procurar respostas sobre seu verdadeiro passado e o destino de seus amigos desaparecidos. Como descende de uma antiga raça de dragões, ele tem o estranho poder de se transformar de humano para dragão e vice-versa. Sua raça foi destruída há séculos pelos humanos e seu poder continua sendo um mistério para Ryu. Ele é acompanhado por outros personagens jogáveis, incluindo Nina, uma princesa alada do Reino de Wyndia e que possui grandes poderes mágicos; Rei, um ladrão especializado, membro da tribo Woren dos homens-tigres; Teepo, um bandido e órfão que sofre de amnésia, amigo de longa data de Rei; Momo, a filha de um famoso inventor, carrega uma bazuca telescópica; Garr, um guerreiro experiente, que lutou na guerra entre homens e dragões; Peco, um broto de plantas geneticamente modificadas e com uma forte conexão com a natureza.[8] No início do jogo, só é possível jogar com Ryu. Os outros personagens serão apresentados no decorrer da jornada.

Esta distribuição é complementada por vários personagens, entre eles estão Balio e Sunder, irmãos e mercenários, de uma raça de homens-cavalos que prestam serviços a um poderoso senhor, são adversários frequentes de Ryu. Este nobre, Mikba, é líder de uma organização criminosa e tem a capacidade natural de se transformar em um demônio. Deis, que apareceu em Breath of Fire e Breath of Fire II sob o nome de Bleu, retorna como uma poderosa bruxa que conhece os segredos do passado. Myria, a antiga Deusa da Destruição dos dois episódios anteriores, é novamente a principal antagonista que, há séculos atrás, motivada pela preservação da humanidade, ordenou a morte dos dragões.[4]

Tatsuya Yoshikawa, com o apoio da equipe de criação da Capcom, foram responsáveis pela criação dos personagens de Breath of Fire III. Os mesmos também ajudaram na criação dos personagens de Breath of Fire e Breath of Fire II.[8] Mesmo com sua aparência final sendo utilizada em cartazes promocionais do jogo, muitos personagens são baseadas em desenhos de projetos inacabados e contém elementos que não estão na arte final do jogo, como Nina, Rei , Teepo e Ryu.[6] Vários personagens de Breath of Fire III também aparecem em outros jogos da Capcom, incluindo seu sucessor Breath of Fire IV e Pocket Fighter.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O jogo começa em uma mina de chrys, localizada em um lugar remoto do mundo onde o mineral raro e poderoso é extraído a partir de restos fossilizados de dragões. Quando os mineradores decidem explodir uma grande pedra de chrys utilizando dinamites, um bebê dragão preservado, porém desgastado e confuso pelos séculos de hibernação emerge rapidamente e ataca os mineiros que entram em pânico, até ser nocauteado e colocado a bordo de um trem para ser levado e ser estudado. Na saída da mina, o dragão se lança com sua gaiola para fora do trem, descendo pela colina e cai nos arredores de uma grande floresta, onde se transforma em um menino antes de voltar a perder a consciência. Algum tempo depois, ele é encontrado por Rei, um ladrão, membro da tribo Woren dos homens-tigres e por um órfão que o acompanhava e acredita que eles estão lidando com apenas mais uma criança abandonada.[9]

Referências

  1. a b (em inglês) GameFAQs.com (2000). Informações sobre Breath of Fire III (PlayStation).
  2. (em inglês) GameFAQs.com (2005). Informações sobre Breath of Fire III (PSP).
  3. (em francês) JeuxVideo.com (março de 2006). Test de Breath of Fire III sur PSP.
  4. a b (em inglês) Daniels, Chip and Joyce, P.D. (1998). Breath of Fire III: Prima's Official Guide. PrimaGames. ISBN 0-7615-0924-0.
  5. (em inglês) GameSpot (6 juin 2005). Capcom traz dois clássicos para o PSP.
  6. a b (em japonês) Capcom (1998). Breath of Fire III Memorial Book. Koei. ISBN 4-8771-9524-6.
  7. (em inglês) GameSpot (14 mai 1998). Review de Breath of Fire III para PlayStation.
  8. a b Capcom (1998). Manual de instruções de Breath of Fire III, páginas 6 e 7. Capcom.
  9. Teepo : Então, o que é ? / Rei : Eu já lhe disse. Eu não sei. Eu o encontrei na floresta. / Teepo : Realmente…? Está parecendo com o que aconteceu comigo… / Rei : Um órfão… Não é de se estranhar. Foi um ano muito magro… (Breath of Fire III. © Capcom Co., Ltd.. 1997. 2005.).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.