Brian Downey

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Brian Downey
Downey em apresentação com o Thin Lizzy no Aberdeen Music Hall em 6 de janeiro de 2011.
Informação geral
Nome completo Brian Michael Downey
Também conhecido(a) como Brian Downey
Nascimento 27 de janeiro de 1951 (68 anos)
Local de nascimento Dublin
Irlanda
Gênero(s) Hard rock, blues-rock, heavy metal
Ocupação(ões) Músico
Instrumento(s) Bateria, percussão
Período em atividade 1967-presente
Outras ocupações Compositor
Afiliação(ões) Thin Lizzy, Gary Moore, Phil Lynott

Brian Michael Downey (27 de janeiro de 1951,[1] em Dublin, Irlanda) é um baterista irlandês, melhor conhecido como baterista e fundador da banda de rock Thin Lizzy. Junto com Phil Lynott, Downey foi o único membro constante do grupo pioneiro de hard rock até sua dissolução em 1984.[2] Downey também co-escreveu algumas canções para o Thin Lizzy. O crítico Eduardo Rivadavia da Allmusic argumentou que Downey é o "certamente um dos mais substimados bateristas de rock de sua geração".[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em sua juventude, Downey conheceu seu amigo, co-fundador e baixista Phil Lynott, que estudava na mesma escola. Antes de formar o Thin Lizzy, Downey havia tido inúmeras bandas de rock na escolla, começando com The Liffey Beats, e brevemente The Black Eagles (com Lynott). Ele se mudou para uma banda local, Sugar Schack, então foi persuadido por Lynott para se juntar a ele em outra banda, Orphanage.[4] Após conhecer o guitarrista Eric Bell, o trio formou o Thin Lizzy. Mesmo a formação de músicos com a banda mudando muito por anos, com exceção de Lynott, pelos próximos trinta anos Downey permaneceu o único membro permanente na banda, como também tocou bateria em álbuns solo de Lynott.

Após a morte de Lynott em 1986, Downey tocou na formação de tributo ao Thin Lizzy com John Sykes, Scott Gorham, Darren Wharton e Marco Mendoza, mas ele foi ausente na turnê da banda subsequente. Depois de John Sykes deixar o grupo em 2009, o guitarrista Scott Gorham criou outra formação para o Thin Lizzy. Downey, Mendoza e Wharton voltaram, junto com dois novos membros: o guitarrista do Def Leppard, Vivian Campbell e o vocalista da banda The Almighty, Ricky Warwick. Esta versão do Thin Lizzy começou sua turnê mundial extensiva em janeiro de 2010 e continua em turnê em 2012, com o novo guitarrista permanente Damon Johnson eventualmente substituindo Campbell. Gorham disse que a banda está considerando gravar um novo material, que seria o primeiro novo material do Thin Lizzy desde 1983.[5]

Downey também foi convidado a desvelar a estatua de Lynott em 2005, e ser o baterista do Gary Moore em seu concerto de tributo que foi seguido. Downey também apareceu no álbum de 2007 de Moore, Close As You Get, e sua turnê subsquente. Em novembro de 2008, ele deixou a banda de Moore para um projeto musical diferente.[6]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Com o Thin Lizzy[editar | editar código-fonte]

Outros álbuns[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Brian Downey». Drumsoloartist.com. 2010. Consultado em 9 May 2010  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. Prato, Greg (27 de janeiro de 1951). «Biography at». Allmusic.com. Consultado em 11 de outubro de 2011 
  3. «Bad Reputation». AllMusic. Consultado em 11 de outubro de 2011 
  4. «Thinlizzy.org». Thinlizzy.org. 27 de janeiro de 1951. Consultado em 11 de outubro de 2011 
  5. «700 unreleased Thin Lizzy songs discovered». nme.com. 4 de janeiro de 2012. Consultado em 8 de fevereiro de 2012 
  6. Antcom.co.uk