Briga de Galo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pela luta entre aves, veja rinha de galo.

Briga de Galo, Clássico dos Galos ou ainda Duelo dos Galos é como é conhecido o clássico entre o Ituano e o Paulista, clubes de futebol das cidades paulistas de Itu e Jundiaí, respectivamente.[1][2][3] O confronto recebe esses apelidos porque o galo é o mascote de ambas as equipes.[4][5] Na Série A1 do campeonato paulista, as equipes se enfrentaram doze vezes, com cinco vitórias do Paulista (2003, 2004, 2005, 2007 e 2011) cinco vitórias do Ituano (2008, 2010, 2012, 2013 e 2014) e dois empates (2006 e 2009).[6][7]

Já na Série B do Campeonato Brasileiro a vantagem é do Ituano. Em 7 partidas disputadas de 2004 até 2007, a equipe venceu quatro (duas vezes em 2004 e duas em 2007), contra apenas uma vitória do Paulista (2005). Ainda houve dois empates (duas vezes em 2006). Os anos de 2004, 2006 e 2007 tiveram jogos de turno e returno na competição. Em 2005 houve um turno apenas e a partida foi realizada em Itu. Em 2007 as duas equipes foram rebaixadas à Série C e desde então jamais voltaram a disputar a competição.

Pela Copa Paulista são 10 jogos desde 2009, ano em que a competição passou a ser priorizada pelas duas equipes, devido à ausência dos clubes em competições nacionais. São quatro empates e três vitórias de cada lado.

Briga de Galo em final de campeonato[editar | editar código-fonte]

Ituano e Paulista só decidiram um título uma única vez na história. Foi no ano de 1999, quando os rivais fizeram a final da Copa Paulista, na época denominada Copa Estado de São Paulo. Após vencer a partida de ida, em Itu, por 2x1, o Paulista, na época Etti Jundiaí, assegurou o título em casa com um 0x0. O Galo da Japi ainda foi campeão nos anos 2010 e 2011, e vice-campeão em 2009. Já o Galo de Itu foi campeão da competição em 2002 e vice-campeão nos anos de 2003 e 1999.

Jogadores que atuaram em ambos os clubes[editar | editar código-fonte]

Na história há diversos jogadores que já atuaram por ambas as equipes. O principal é o goleiro Victor, que hoje defende o Atlético Mineiro. Antes de se transferir para o Paulista, onde se destacou e foi contratado posteriormente pelo Grêmio, Victor defendeu as cores do Galo de Itu. Outro bastante conhecido é Vagner Mancini. O ídolo do Paulista terminou a carreira jogando pelo Ituano, no ano de 2004. O fato curioso é que, após se desligar do Ituano, Mancini assumiu a equipe do Paulista como treinador, iniciando uma jornada como técnico que perdura até hoje. Em 2013, Mancini alcançou o auge da sua carreira, ao levar o Atlético Paranaense à Copa Libertadores da América com o terceiro lugar do Brasileirão e o Vice da Copa do Brasil.

Ainda na década de 2000, dois importantes atacantes do Paulista trocaram Jundiaí por Itu: Jean Carlo e Izaias. Este ultimo conquistou a Série C de 2003 com o Ituano.

Quem fez sucesso em Itu e depois rumou para Jundiaí foi o atacante Welton. Contratado pelo Ituano junto à um clube do Azerbaijão, Welton foi fundamental para a permanência do clube na primeira divisão nos anos de 2010 e 2011. Em 2012 o centroavante trocou de Galo e disputou o Estadual pelo Paulista, porém sem o mesmo brilho. Marcou apenas um gol com a camisa do Galo da Japi.

As ultimas duas transferências realizadas diretamente entre os clubes foram aquisições do Ituano. Foram para Itu o atacante Tutinha, em 2011, e o goleiro Vagner, em 2013. Ambos foram formados nas categorias de base do Paulista. Tutinha estreou pelo Ituano justamente contra o Paulista, em partida amistosa realizada no Estádio Jayme Cintra, quando marcou o único gol do Ituano na derrota por 2x1.

Para a temporada de 2014, o Ituano anunciou a contratação do meia Marcinho, revelado pelo Paulista no começo da década de 2000. Marcinho teve destaque no Corinthians, São Caetano e Palmeiras. Em 2013 ainda defendeu um rival em comum dos Galos: Ponte Preta.

Referências

  1. «Em briga de Galo, Ituano leva a pior e estreia com derrota no Paulista». Itu.com.br. 17 de janeiro de 2011. Consultado em 6 de março de 2011 
  2. «Em clássico do interior, Paulista e Ituano estreiam no Paulistão». Lancenet. 14 de janeiro de 2011. Consultado em 6 de março de 2011 
  3. «Paulista 2 x 1 Ituano - Na briga de Galos, o da Japi leva a melhor na estreia». Futebol Interior. 16 de janeiro de 2011. Consultado em 6 de março de 2011 
  4. «Paulista Futebol Clube LTDA». Site oficial da Federação Paulista de Futebol. Consultado em 6 de março de 2011 
  5. «Ituano Futebol Clube». Site oficial da Federação Paulista de Futebol. Consultado em 6 de março de 2011 
  6. «Confrontos Paulista x Ituano». Futpédia. Consultado em 6 de março de 2011 
  7. «Campeonato Paulista de 2010». Site oficial do Ituano. Consultado em 6 de março de 2011