Brigette Lundy-Paine

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Brigette Paine
Nome completo Brigette Lundy-Paine
Nascimento 10 de agosto de 1994 (26 anos)
Dallas, Texas
Nacionalidade Estadunidense
Ocupação Atuação
Atividade 2015-presente

Brigette Lundy-Paine (Dallas, 10 de agosto de 1994) atua em séries e filmes norte-americanos, sendo popular principalmente por interpretar Casey Gardner na série de televisão Atypical.[1] Brigette se define como uma pessoa não-binária.[2]

Biografia e carreira[editar | editar código-fonte]

Brigette Lundy-Paine nasceu em 10 de agosto de 1994 em Dallas.

Popular por seu papel como Casey Gardner na série original da Netflix, Atypical. Brigette também interpretou Maureen no drama The Glass Castle em 2017 e a personagem titular Margot na série de televisão Margot vs. Lily em 2016.

Bridgette ganhou seu primeiro crédito em 2015 no programa de televisão One Bad Choice, no qual interpretou Danielle no episódio "Kaitlyn Hunt".

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Brigette é fruto do relacionamento de Laura Lundy e Robert Paine.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Filmes[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
2015 Irrational Man Braylin Student
2017 The Glass Castle Maureen Walls
2017 The Wilde Wedding Lara
2017 Downsizing Dusan’s Girlfriend
2018 Action Point Four Finger Annie
2019 Bombshell Julia Clarke
2020 Bill & Ted Face The Music Billie Logan

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
2015 One Bad Choice Danielle 1 episódio
2016 Margot vs. Lily Margot 8 episódios
2017–presente Atypical Casey Gardner Elenco principal

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Netflix Greenlights Autism Comedy From 'The Goldbergs' Duo; Jennifer Jason Leigh, Keir Gilchrist & Michael Rapaport To Star» (em inglês). Deadline.com. 17 de outubro de 2016. Consultado em 8 de novembro de 2018 
  2. Bollinger, Alex (15 de novembro de 2019). «Actor Brigette Lundy-Paine from "Atypical" just came out as non-binary». LGBTQ Nation. Consultado em 5 de julho de 2020