Brit Marling

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Brit Marling
Marling no Comi-Con em março de 2012.
Nome completo Brit Heyworth Marling
Nascimento 7 de agosto de 1983 (33 anos)
Nacionalidade Estados Unidos Americana
Ocupação Atriz, roteirista, produtora e diretora
IMDb: (inglês)

Brit Heyworth Marling, mais conhecida como Brit Marling (nascida em 7 de agosto de 1983 em Chicago, Illinois)[1] é uma atriz, roteirista, produtora e diretora americana. Seu primeiro reconhecimento foi em 2004, com o documentário Boxers and Ballerinas. Mais tarde, se tornou uma estrela no Festival Sundance de Cinema, com os filmes Sound of My Voice (2011), Another Earth (2011) e The East (2013), tanto protagonizando quanto co-escrevendo em todos eles.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Marling nasceu em Chicago, Illinois[2], filha dos incorporadores de imóvel Jonh e Heidi Marling.[3][4] Ela recebeu o nome de "Brit" em homenagem à bisavó materna noruega.[5] Ela cresceu em Winnetka, Illinois[6] e em Orlando,[2] onde se matriculou no programa de artes na Dr. Phillips High School.[4] Marling se interessou pela atuação, mas seus pais a encorajaram a focar na carreira acadêmica.[7] Ela se formou em economia e arte de estúdio na Universidade de Georgetown em 2005, e foi a oradora de sua turma.[8][9]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em Georgetown, Marling conheceu seus colaboradores de longa data, os futuros diretores Mike Cahill e Zal Batmanglij.[10] Marling passou seu primeiro ano de verão estagiando no banco de investimentos Goldman Sachs como uma analista de investimentos.[11] Ela percebeu a falta de sentido que uma vida passada lá teria.[10] Mais tarde recusou uma oferta de emprego da empresa, optando por se mudar para Cuba com Mike Cahill para filmar o documentário Boxers and Ballerinas.[12] O documentário fez Marling ganhar reconhecimento em 2004, tendo co-escrito o filme com Mike Cahill e Nicholas Schumaker e co-dirigido com Cahill.[13]

Em 2005, Marling se mudou com Cahill e Batmanglij para Los Angeles. Marling participou de audições nas quais foram oferecidos papéis em filmes de terror, mas rejeitou todas.[14] Numa entrevista ao The Daily Beast, ela "queria ser capaz de escalar a si própria para papéis que não exigissem que ela fizesse as partes típicas oferecidas a jovens atrizes, como a namorada superficial ou uma vítima de crime".[15] Ela foi descoberta pela agente de talentos Hylda Queally.[16]

No verão de 2009, ela se juntou a um grupo de freeganos com seu amigo Zal Batmanglij, vivendo em barracas e recuperando alimentos de lixeiras,[17] a fim de explorar como outros jovens estavam construindo uma vida significativa.[18]

Marling co-escreveu, co-produziu e atuou nos filmes de 2011 Sound of My Voice e Another Earth, dirigidos por Batmanglij e Cahill, respectivamente. Ambos os filme estiveram presentes no Festival Sundance de Cinema de 2011, em que Another Earth venceu o Prêmio Alfred P. Sloan de melhor filme de ciência, tecnologia ou matemática como tema principal. Em 2012, ela atuou como a filha de Richard Gere em Arbitrage.

Em 2013, ela colaborou com a Searchlight mais uma vez como co-escritora e protagonista em The East, ao lado de Ellen Page e Alexander Skarsgård. Dirigido por Batmanglij e co-escrito por Marling e Batmanglij, The East é baseado na experiência de ambos como freeganos e suas preocupações com os efeitos colaterais dos remédios controlados.[17]

Marling e Batmanglij colaboraram para criar a série de drama The OA, que está programada para estrear em 2016 na Netflix. Será co-escrita por Marling e Batmanglij, este também produzindo a série juntamente com Dede Garner e Jeremy Kleiner da Plan B Entertainment, e Michael Sugar de Anonymous Content.[19]

Apesar dos muitos papéis em filmes em que ela co-escreveu, Marling afirmou que ela "obtém muito mais prazer em atuar nas histórias de outras pessoas",[17] já que "um dos grandes prazeres da atuação é render-se à visão de mundo de outra pessoa".[20]

Personal life[editar | editar código-fonte]

A irmã de Marling. Morgn, também é uma produtora.

Marling já namorou com Mike Cahill.[14][21]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Cinema
Ano Título Papel Notas
2007 The Recordist Charlie Hall Curta-metragem da tese de Zal Batmanglij para o AFI[22]
2009 Political Disasters Brit Curta-metragem
2011 Another Earth Rhoda Williams Também co-escreveu e co-produziu

Prêmio da San Diego Film Critics Society de Melhor Atriz

Prêmio do Sitges Film Festival de Melhor Atriz

Indicada — Prêmio de Artista Mais Promissor da Associação de Críticos de Cinema de Chicago

Indicada — Independent Spirit Award de Melhor Primeira Participação

Indicada — Independent Spirit Award de Melhor Roteiro Original

Indicada — Prêmio Saturno de Melhor Atriz

Indicada — Prêmio Saturno de Melhor Roteiro

Sound of My Voice Maggie Também co-escreveu e co-produziu

Indicada — Prêmio da Associação de Críticos de Cinema da Geórgia de Melhor Roteiro Original

Indicada — Independent Spirit Award de Melhor Primeira Participação

Indicada — Independent Spirit Award de Melhor Atriz Coadjuvante

2012 Arbitrage Brooke Miller
2013 The East Sarah Também co-escreveu e co-produziu
The Company You Keep Rebecca Osborne
The Green Blade Rises Nancy Lincoln Pós-produção
2014 Posthumous McKenzie Grain Pós-produção
I Origins Karen Pré-produção
The Keeping Room Augusta Pré-produção
Televisão
Ano Título Papel Notas
2011 Community Paige Episódioː "Early 21st Century Romanticism"
2014 Babylon Liz Garvey 7 episódios[23]
2016 The OA Prairie Johnson 8 episódios[24][25]

Referências

  1. http://www.infoplease.com/biography/var/britmarling.html.  Falta o |titulo= (Ajuda)
  2. a b Hornaday, Ann. (2011-07-19). "Brit Marling of ‘Another Earth’ does stardom her way" (em en-US). The Washington Post. ISSN 0190-8286.
  3. "Brit Marling: the Hollywood star on her Channel 4 series Babylon". Telegraph.co.uk.
  4. a b «Great Brit - Orlando Magazine - November 2012 - Orlando, FL». www.orlandomagazine.com. Consultado em 2016-11-02. 
  5. "Exclusive Interview with Brit Marling on 'Another Earth'". About.com Entertainment.
  6. "Brit Marling: The East star and Chicago native infiltrates Hollywood". tribunedigital-chicagotribune.
  7. Magazine, W. (2013-03-01). "Actress Brit Marling stars in The East" (em en-US). W Magazine.
  8. "The Otherworldly Brit Marling". Interview Magazine.
  9. «Alums win prizes at Sundance Film Festival». Vox Populi. 2011-01-31. Consultado em 2016-11-02. 
  10. a b Pols, Mary. . "Brit Marling on Writing, Anarchists, and the Need to Get Her Heart Broken". Time. ISSN 0040-781X.
  11. (2013-05-28) "Q&A: Brit Marling, the (Beautiful) New Indie Star You Need to Know". Esquire.
  12. Rosenblum, Emma. (2011-06-24). "How to Succeed in Hollywood Despite Being Beautiful". The New York Times. ISSN 0362-4331.
  13.  
  14. a b Seymour, Tom. (2013-06-28). "The East: from Goldman Sachs to freeganism, Brit Marling is a Hollywood conundrum" (em en-GB). The Guardian. ISSN 0261-3077.
  15. «Hollywood’s Anti-It Girl». The Daily Beast. 2011-07-18. Consultado em 2016-11-03. 
  16. "| Hollywood Reporter". The Hollywood Reporter.
  17. a b c Chai, Barbara. . "‘The East’ Intersects Anarchy Collectives With Corporate CEOs". WSJ.
  18. «Director Zal Batmanglij Talks Making ‘The East,’ Harnessing The Power Of Young Filmmakers & Creating An Anarchist Collective | IndieWire». blogs.indiewire.com. Consultado em 2016-11-03. 
  19. Jaafar, Ali. (2015-03-05). "Netflix Greenlights ‘The OA’, Reuniting Brit Marling And Zal Batmanglij" (em en-US). Deadline.
  20. «Q&A: Brit Marling, Vampire Weekend's Rostam Batmanglij, and Director Zal Batmanglij on Sound of My Voice». Vanity Fair. Consultado em 2016-11-03. 
  21. (2011-11-26) "Brit Marling: True Brit" (em en-GB). The Independent.
  22. «Director Zal Batmanglij Talks Making ‘The East,’ Harnessing The Power Of Young Filmmakers & Creating An Anarchist Collective | IndieWire». blogs.indiewire.com. Consultado em 2016-11-03. 
  23. «Watch: Brit Marling Heads to TV in Danny Boyle’s ‘Babylon’ Trailer | IndieWire». www.indiewire.com. Consultado em 2016-11-03. 
  24. Spangler, Todd. (2015-03-05). "Netflix Orders ‘The OA’ Drama Series From Brit Marling, Zal Batmanglij of ‘Sound of My Voice’" (em en-US). Variety.
  25. «15 Netflix Original Series to be Excited About in 2016 | IndieWire». www.indiewire.com. Consultado em 2016-11-03. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]