Brit Marling

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Brit Marling
Marling no Comi-Con em março de 2012.
Nome completo Brit Heyworth Marling
Nascimento 7 de agosto de 1983 (34 anos)
Nacionalidade Estados Unidos Americana
Ocupação Atriz, roteirista, produtora e diretora
IMDb: (inglês)

Brit Heyworth Marling, mais conhecida como Brit Marling (nascida em 7 de agosto de 1983 em Chicago, Illinois)[1] é uma atriz, roteirista, produtora e diretora americana. Seu primeiro reconhecimento foi em 2004, com o documentário Boxers and Ballerinas. Mais tarde, se tornou uma estrela no Festival Sundance de Cinema, com os filmes Sound of My Voice (2011), Another Earth (2011) e The East (2013), tanto protagonizando quanto co-escrevendo em todos eles.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Marling nasceu em Chicago, Illinois[2], filha dos incorporadores de imóvel Jonh e Heidi Marling.[3][4] Ela recebeu o nome de "Brit" em homenagem à bisavó materna norueguesa.[5] Ela cresceu em Winnetka, Illinois[6] e em Orlando,[2] onde se matriculou no programa de artes na Dr. Phillips High School.[4] Marling se interessou pela atuação, mas seus pais a encorajaram a focar na carreira acadêmica.[7] Ela se formou em economia e arte de estúdio na Universidade de Georgetown em 2005, e foi a oradora de sua turma.[8][9]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em Georgetown, Marling conheceu seus colaboradores de longa data, os futuros diretores Mike Cahill e Zal Batmanglij.[10] Marling passou seu primeiro ano de verão estagiando no banco de investimentos Goldman Sachs como uma analista de investimentos.[11] Ela percebeu a falta de sentido que uma vida passada lá teria.[10] Mais tarde recusou uma oferta de emprego da empresa, optando por se mudar para Cuba com Mike Cahill para filmar o documentário Boxers and Ballerinas.[12] O documentário fez Marling ganhar reconhecimento em 2004, tendo co-escrito o filme com Mike Cahill e Nicholas Schumaker e co-dirigido com Cahill.[13]

Em 2005, Marling se mudou com Cahill e Batmanglij para Los Angeles. Marling participou de audições nas quais foram oferecidos papéis em filmes de terror, mas rejeitou todas.[14] Numa entrevista ao The Daily Beast, ela "queria ser capaz de escalar a si própria para papéis que não exigissem que ela fizesse as partes típicas oferecidas a jovens atrizes, como a namorada superficial ou uma vítima de crime".[15] Ela foi descoberta pela agente de talentos Hylda Queally.[16]

No verão de 2009, ela se juntou a um grupo de freeganos com seu amigo Zal Batmanglij, vivendo em barracas e recuperando alimentos de lixeiras,[17] a fim de explorar como outros jovens estavam construindo uma vida significativa.[18]

Marling co-escreveu, co-produziu e atuou nos filmes de 2011 Sound of My Voice e Another Earth, dirigidos por Batmanglij e Cahill, respectivamente. Ambos os filme estiveram presentes no Festival Sundance de Cinema de 2011, em que Another Earth venceu o Prêmio Alfred P. Sloan de melhor filme de ciência, tecnologia ou matemática como tema principal. Em 2012, ela atuou como a filha de Richard Gere em Arbitrage.

Em 2013, ela colaborou com a Searchlight mais uma vez como co-escritora e protagonista em The East, ao lado de Ellen Page e Alexander Skarsgård. Dirigido por Batmanglij e co-escrito por Marling e Batmanglij, The East é baseado na experiência de ambos como freeganos e suas preocupações com os efeitos colaterais dos remédios controlados.[17]

Marling e Batmanglij colaboraram para criar a série de drama The OA, que estreou em 2016 na Netflix. Que foi co-escrita pela própria Marling assim como atua no papel principal, este também produzindo a série juntamente com Dede Garner e Jeremy Kleiner da Plan B Entertainment, e Michael Sugar de Anonymous Content.[19]

Apesar dos muitos papéis em filmes em que ela co-escreveu, Marling afirmou que ela "obtém muito mais prazer em atuar nas histórias de outras pessoas",[17] já que "um dos grandes prazeres da atuação é render-se à visão de mundo de outra pessoa".[20]

Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

A irmã de Marling. Morgn, também é uma produtora. Marling já namorou com Mike Cahill.[14][21]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Cinema
Ano Título Papel Notas
2007 The Recordist Charlie Hall Curta-metragem da tese de Zal Batmanglij para o AFI[22]
2009 Political Disasters Brit Curta-metragem
2011 Another Earth Rhoda Williams Também co-escreveu e co-produziu

Prêmio da San Diego Film Critics Society de Melhor Atriz

Prêmio do Sitges Film Festival de Melhor Atriz

Indicada — Prêmio de Artista Mais Promissor da Associação de Críticos de Cinema de Chicago

Indicada — Independent Spirit Award de Melhor Primeira Participação

Indicada — Independent Spirit Award de Melhor Roteiro Original

Indicada — Prêmio Saturno de Melhor Atriz

Indicada — Prêmio Saturno de Melhor Roteiro

Sound of My Voice Maggie Também co-escreveu e co-produziu

Indicada — Prêmio da Associação de Críticos de Cinema da Geórgia de Melhor Roteiro Original

Indicada — Independent Spirit Award de Melhor Primeira Participação

Indicada — Independent Spirit Award de Melhor Atriz Coadjuvante

2012 Arbitrage Brooke Miller
2013 The East Sarah Também co-escreveu e co-produziu
The Company You Keep Rebecca Osborne
The Green Blade Rises Nancy Lincoln Pós-produção
2014 Posthumous McKenzie Grain Pós-produção
I Origins Karen Pré-produção
The Keeping Room Augusta Pré-produção
Televisão
Ano Título Papel Notas
2011 Community Paige Episódioː "Early 21st Century Romanticism"
2014 Babylon Liz Garvey 7 episódios[23]
2016 The OA Prairie Johnson 8 episódios (websérie)[24][25]

Referências

  1. http://www.infoplease.com/biography/var/britmarling.html  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  2. a b Hornaday, Ann (19 de julho de 2011). «Brit Marling of 'Another Earth' does stardom her way». The Washington Post (em inglês). ISSN 0190-8286 
  3. «Brit Marling: the Hollywood star on her Channel 4 series Babylon». Telegraph.co.uk 
  4. a b «Great Brit - Orlando Magazine - November 2012 - Orlando, FL». www.orlandomagazine.com. Consultado em 2 de novembro de 2016 
  5. «Exclusive Interview with Brit Marling on 'Another Earth'». About.com Entertainment 
  6. «Brit Marling: The East star and Chicago native infiltrates Hollywood». tribunedigital-chicagotribune 
  7. Magazine, W (1 de março de 2013). «Actress Brit Marling stars in The East». W Magazine (em inglês) 
  8. «The Otherworldly Brit Marling». Interview Magazine 
  9. «Alums win prizes at Sundance Film Festival». Vox Populi. 31 de janeiro de 2011. Consultado em 2 de novembro de 2016 
  10. a b Pols, Mary. «Brit Marling on Writing, Anarchists, and the Need to Get Her Heart Broken». Time. ISSN 0040-781X 
  11. «Q&A: Brit Marling, the (Beautiful) New Indie Star You Need to Know». Esquire. 28 de maio de 2013 
  12. Rosenblum, Emma (24 de junho de 2011). «How to Succeed in Hollywood Despite Being Beautiful». The New York Times. ISSN 0362-4331 
  13. Citação vazia (ajuda) 
  14. a b Seymour, Tom (28 de junho de 2013). «The East: from Goldman Sachs to freeganism, Brit Marling is a Hollywood conundrum». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 
  15. «Hollywood's Anti-It Girl». The Daily Beast. 18 de julho de 2011. Consultado em 3 de novembro de 2016 
  16. «| Hollywood Reporter». The Hollywood Reporter 
  17. a b c Chai, Barbara. «'The East' Intersects Anarchy Collectives With Corporate CEOs». WSJ 
  18. «Director Zal Batmanglij Talks Making 'The East,' Harnessing The Power Of Young Filmmakers & Creating An Anarchist Collective | IndieWire». blogs.indiewire.com. Consultado em 3 de novembro de 2016 
  19. Jaafar, Ali (5 de março de 2015). «Netflix Greenlights 'The OA', Reuniting Brit Marling And Zal Batmanglij». Deadline (em inglês) 
  20. «Q&A: Brit Marling, Vampire Weekend's Rostam Batmanglij, and Director Zal Batmanglij on Sound of My Voice». Vanity Fair. Consultado em 3 de novembro de 2016 
  21. «Brit Marling: True Brit». The Independent (em inglês). 26 de novembro de 2011 
  22. «Director Zal Batmanglij Talks Making 'The East,' Harnessing The Power Of Young Filmmakers & Creating An Anarchist Collective | IndieWire». blogs.indiewire.com. Consultado em 3 de novembro de 2016 
  23. «Watch: Brit Marling Heads to TV in Danny Boyle's 'Babylon' Trailer | IndieWire». www.indiewire.com. Consultado em 3 de novembro de 2016 
  24. Spangler, Todd (5 de março de 2015). «Netflix Orders 'The OA' Drama Series From Brit Marling, Zal Batmanglij of 'Sound of My Voice'». Variety (em inglês) 
  25. «15 Netflix Original Series to be Excited About in 2016 | IndieWire». www.indiewire.com. Consultado em 3 de novembro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]