Britannic (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Britannic
 Estados Unidos
2000 •  93 min 
Direção Brian Trenchard-Smith
Produção Paul Colichman
Elenco Edward Atterton
Amanda Ryan
Jacqueline Bisset
Ben Daniels
John Rhys-Davies
Bruce Payne
Companhia(s) produtora(s) Flashpoint[1]
Lançamento Estados Unidos 10 de janeiro de 2000[1]
Idioma Inglês

Britannic é um filme de drama romântico, dirigido por Brian Trenchard- Smith. É uma história de ficção do naufrágio real do HMHS Britannic em novembro de 1916; ela apresenta um agente alemão sabotando o transatlântico, que servia como navio-hospital para o exército britânico. O filme é estrelado por Edward Atterton e Amanda Ryan, com Jacqueline Bisset, Ben Daniels, John Rhys-Davies e Bruce Payne como co-estrelas.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Em Southampton no ano de 1916, o HMHS Britannic, navio irmão do RMS Titanic, foi reformado como navio-hospital para transportar soldados feridos na Campanha de Galípoli. Entre as enfermeiras que devem servir a bordo está Lady Lewis (Jacqueline Bisset). Viajando com ela está Vera Campbell (Amanda Ryan), uma agente da Inteligência Britânica posando como governanta de Lady Lewis. Campbell fica nervosa com a viagem, tendo sobrevivido ao naufrágio do Titanic quatro anos antes, perdendo também o marido. Ela relata sua missão ao capitão Bartlett (John Rhys-Davies), que tem dúvidas de que uma mulher possa fazer tal trabalho.

Um espião alemão embarcou no Britannic disfarçado como o capelão do navio, o capelão Reynolds (Edward Atterton), e logo descobre que o Britannic está carregando secretamente uma grande quantidade de armas pequenas e munições com destino ao Cairo. Sob os artigos de guerra, Reynolds considera suas ações contra o Britannic legais e inicia uma série de tentativas de sabotagem para assumir a embarcação ou afundá-la, inclusive incitando os rebeldes irlandeses, todos os membros da Irmandade Republicana Irlandesa, a um motim.

Cada tentativa de sabotagem é impedida por Vera Campbell - com a eventual cooperação da tripulação do navio. Sem saber que Campbell é a responsável, Reynolds se vê atraído por ela enquanto a viagem prosseguia. Enquanto os dois passam tempo juntos, eles se apaixonam e Campbell faz sexo com Reynolds antes de descobrir sua verdadeira identidade.

Reynolds faz um buraco na proa ao lado da porta do navio. O Britannic, gravemente danificado, tenta navegar para a ilha de Kea a 11 quilômetros de distância, mas a operação de atracação faz com que o navio-hospital afunde ainda mais rápido. Campbell descobre que William, um dos filhos de Lady Lewis, desapareceu. Reynolds a ajuda e eles conseguem levar o menino a um bote salva-vidas antes que o mesmo seja abaixado. Outra explosão maciça faz com que Reynolds fique preso em uma sala inundada. Campbell ajuda Reynolds a escapar e os dois fazem o seu caminho através do navio, nadando através de salas inundadas, grades e corredores, acabando por sair nadando através de uma escotilha e subindo a bordo de um bote salva-vidas vazio que já estava na água, mas com as cordas presas ao navio.

Campbell e Reynolds notam um bote salva-vidas cheio de pessoas sendo puxadas para dentro das hélices ainda em movimento. Eles observam com horror o bote salva-vidas e seus ocupantes serem despedaçados pelas lâminas da hélice. Reynolds amarra Campbell a uma linha que lhes foi atirada de um bote salva-vidas próximo. Reynolds a joga no mar depois de beijá-la. Logo depois, as cordas do bote salva-vidas se rompem e ele também começa a ser sugado pelas hélices. Reynods decide cometer suicídio, permanecendo a bordo do bote salva-vidas enquanto é esmagado pelas pás da hélice. Alguns momentos depois, o navio se vira, fazendo com que as chaminés caiam no mar enquanto o Britannic afunda sob as ondas. Um navio de guerra, HMS Victoria, chega para resgatar os sobreviventes. Refletindo sobre sua experiência, Vera cita o poema "Rola, Oceano..." da A Peregrinação de Childe Harold por Lord Byron.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Edward Atterton como Capelão Reynolds
  • Amanda Ryan como Vera Campbell
  • Jacqueline Bisset como Lady Lewis
  • Ben Daniels acomo Townsend
  • John Rhys-Davies como Capitão Charles Alfred Bartlett
  • Bruce Payne como Doctor Baker
  • Alex Ferns como Stoker Evans
  • Eleanor Oakley como Sarah Lewis
  • Archie Davies como William Lewis
  • Ed Stobart como Mayfield
  • Adam Bareham como Radiotelegrafista do Britannic
  • David Lumsden como Radiotelegrafista alemão
  • Wolf Kahler como Capitão Kruger
  • Philip Rham como Jurgens
  • Daniel Coonan como Seamus
  • Daniel Tatatrsky como Martin
  • Martin Savage como Sweeney
  • Francis Magee como Reilly
  • Niven Boyd como Capitão Helm

Referências

  1. «Britannic - TV Movie». TV Tango. Consultado em 7 de setembro de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]