Brittney Reese

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Brittney Reese
campeã olímpica
Reese em Moscou 2013
Atletismo
Modalidade salto em distância
Nascimento 9 de setembro de 1986 (30 anos)
Gulfport, Estados Unidos
Nacionalidade Povo dos Estados Unidos norte-americana
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Londres 2012 salto em distância
Prata Rio 2016 salto em distância
Campeonatos Mundiais
Ouro Moscou 2013 salto em distância
Ouro Daegu 2011 salto em distância
Ouro Berlim 2009 salto em distância
Campeonatos Mundiais – Indoor
Ouro Doha 2010 salto em distância
Ouro Istambul 2012 salto em distância

Brittney Reese (Gulfport, 9 de setembro de 1986) é uma saltadora norte-americana campeã olímpica e mundial do salto em distância.

Bicampeã mundial indoor, conquistou a medalha de ouro nos campeonatos mundiais de pista coberta de Doha 2010 e Istambul 2012. Competindo no Campeonato Mundial de Atletismo, foi tricampeã mundial em Berlim 2009, Daegu 2011 e Moscou 2013.[1][2]

Sua primeira participação olímpica foi em Pequim 2008, onde conseguiu a melhor marca classificatória – 6,87 m – mas ficou apenas em quinto lugar na final, no evento vencido pela brasileira Maurren Maggi.[3] Em maio do ano seguinte, durante o Grande Prêmio Brasil Caixa/Governo do Pará de Atletismo, em Belém, ela ultrapassou pela primeira vez a marca dos sete metros - 7, 06 m - tornando-se a terceira melhor saltadora norte-americana depois de Jackie Joyner-Kersee e Marion Jones.[4]

Em Londres 2012, depois de conseguir a melhor marca do ano – 7,23 m – e recorde norte-americano em pista coberta, em Doha, no início do ano, conquistou a medalha de ouro com um salto de 7,12 m, a primeira vez desde os Jogos de Atlanta 1996 em que a campeã olímpica da modalidade fez um salto superior a 7,10 m.[5]

Reese tem fama no meio do atletismo de ser uma saltadora de "tudo ou nada", arriscando sempre no limite seus saltos, com muitas penalidades cometidas em busca de uma maior marca. Em Daegu 2011, por exemplo, onde tornou-se bicampeã mundial, ela conquistou a medalha de ouro com apenas um salto válido, queimando todos os outros.[5] Em Moscou 2013, com um salto de 7,01 m, tornou-se tricampeã mundial do salto em distância feminino.[2]

No Mundial de Pequim 2015, em busca do quarto título mundial, vindo de uma série de contusões não conseguiu passar das eliminatórias com um salto de apenas 6,39 m.[6] Em preparativos para seus terceiros Jogos Olímpicos, Rio 2016, venceu as seletivas americanas com sua melhor marca e melhor marca do mundo no ano, 7,31 m,[7] chegando ao Rio de Janeiro como favorita ao bicampeonato olímpico.

A prova no Rio se resumiu a um duelo até o último salto entre ela, a sérvia Ivana Spanovic e a também norte-americana Tianna Bartoletta, campeã mundial em Pequim. A sérvia liderou os primeiros saltos da competição, igualada por Bartoletta em seu terceiro salto com 6,95. No quinto salto, Reese, que não vinha bem até ali, conseguiu uma marca de 7,09 m, a primeira acima de sete metros na competição, assumindo a liderança; Bartoletta, com 6,95 m como Spanovic, um marca aquém de uma final olímpica, em sua quinta tentativa saltou 7,17 m, o melhor de sua vida, para retomar a liderança, enquanto Spanovic quebrava o recorde nacional sérvio com 7,08 m, sua melhor marca na competição. Na sexta e última série de saltos, Reese pode apenas saltar 7,15 m, dois centímetros a menos que o salto anterior de Bartoletta, ficando com a medalha de prata.[8]

Melhores marcas pessoais[editar | editar código-fonte]

Evento Marca Local Data
Salto em distância 7,31 m Eugene, EUA 2 de julho de 2016
Salto em distância indoor 7,23 m Istambul, Turquia 11 de março de 2012

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. USA Track & Field. «Athlete Bios: Brittney Reese» (em inglês). Consultado em 25 de maio de 2010. 
  2. a b «results». IAAF. Consultado em 12/08/2013. 
  3. «Athletics at the 2008 Beijing Summer Games: Women's Long Jump Final Round». Sportsreference. Consultado em 09/08/2012. 
  4. «Belém spectacular produces five world season leads – IAAF World Athletics Tour». Consultado em 09/08/2012. 
  5. a b «Ole Miss Reese wins again». IAAF. Consultado em 09/08/2012. 
  6. «Long Jump Women - Qualification» (PDF). IAAF. Consultado em 30 August 2016. 
  7. «SENIOR OUTDOOR 2016 LONG JUMP WOMEN». IAAF. Consultado em 30 August 2016. 
  8. «REPORT: WOMEN'S LONG JUMP FINAL – RIO 2016 OLYMPIC GAMES». IAAF. Consultado em 30 August 2016. 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Brittney Reese