Britton Chance

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Britton Chance
Britton Chance (Ron Kroon, 1965)
Conhecido(a) por Cinética enzimática, ressonância magnética, imagem ótica
Nascimento 24 de julho de 1913
Wilkes-Barre, Pensilvânia
Morte 16 de novembro de 2010 (97 anos)
Filadélfia, Pensilvânia
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Alma mater Universidade da Pensilvânia, Universidade de Cambridge
Prêmios Prêmio Pfizer de Química de Enzimas (1950), Medalha Franklin (1966), Prêmio de Bioquímica e Biofísica A.H. Heineken (1970), Medalha William H. Nichols (1970), Medalha Nacional de Ciências (1974), Medalha Benjamin Franklin (1990)
Instituições Universidade da Pensilvânia
Campo(s) Biofísica, bioquímica
Britton Chance
Vela
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Helsinque 1952 Classe 5,5 m

Britton Chance (Wilkes-Barre, 24 de julho de 1913Filadélfia, 16 de novembro de 2010) foi um bioquímico, biofísico e velejador olímpico estadunidense.

Ganhou uma medalha de ouro na vela nos Jogos Olímpicos de Verão de 1952.[1]

Referências

  1. «ussailing.org» (em inglês) 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Frederick Seitz
Medalha Franklin
1966
Sucedido por
Murray Gell-Mann


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cientista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Sailing pictogram.svg Este artigo sobre um(a) velejador(a), integrado ao Projeto Desporto, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.