Broken-Hearted Girl

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Broken-Hearted Girl"
Single de Beyoncé
do álbum I Am... Sasha Fierce
Lançamento 28 de Agosto de 2009
Formato(s) CD single, download digital
Gravação 2007, Roc the Mic Studios
(Nova Iorque, Nova Iorque)
Gênero(s) R&B, pop
Duração 4:38
Gravadora(s) Columbia
Composição Beyoncé Knowles, Kenneth Edmonds, Mikkel Storleer Eriksen, Tor Erik Hermansen
Produção Beyoncé Knowles, Stargate
Cronologia de singles de Beyoncé
"Sweet Dreams"
(2009)
"Video Phone"
(2009)
Capa alternativa

"Broken-Hearted Girl" é uma canção gravada pela cantora norte-americana Beyoncé, para seu terceiro álbum de estúdio I Am... Sasha Fierce. Foi composta pela própria cantora junto com Kenneth Edmonds, Mikkel Storleer Eriksen e Tor Erik Hermansen, ela também participou da produção que foi realizada em parceria com a equipe Stargate. Após ter sido anteriormente anunciada como sexto single do álbum, seu lançamento foi adiado e "Sweet Dreams" lançado em seu lugar. Posteriormente se tornou sétimo single do álbum, seu lançamento foi realizado em 28 de Agosto de 2009. Nos Estados Unidos, a música não foi lançada como single.

É uma balada de R&B e pop, caracterizada em um ritmo moderado, fazendo o uso de cordas, piano e tambor. Recebeu uma avaliação positiva dos críticos, que elogiaram o desempenho vocal da cantora e o uso do piano na música. Nas paradas musicais alcançou o top 20 na Austrália, República Checa, Alemanha e Irlanda. No videoclipe a artista relembra um relacionamento do passado, o vídeo contém cenas em sentido inverso e em preto e branco.

Antecedentes e composição[editar | editar código-fonte]

A música foi gravada no Roc the Mic Studios em Nova Iorque.[1] Foi composta em tonalidade de ré menor, com um ritmo de 84 batimentos por minuto na assinatura de tempo comum.[2] A produção e a melodia é formada por cordas e uma batida de máquina de ritmos.[3] Mariel Concepcion da Billboard escreveu que a cantora está emotiva na canção, cantando "Eu não quero um coração partido / E eu não quero ser a garota de coração partido".[4] Contendo uma progressão harmônica de B♭(add9)–/Mi, enquanto a cantora tem um alcance vocal que se estende desde a nota baixa 4 à nota mais alta 6.[2] Mikkel Eriksen do Stargate descreveu a concepção de música como:

Inicialmente foi selecionada para ser lançada como o sexto single do álbum I Am... Sasha Fierce. Porém, por razões não divulgadas, "Sweet Dreams" foi lançada em seu lugar. Sendo posteriormente lançada como o sétimo single do disco.[6] A música foi lançada oficialmente na Austrália e na Nova Zelândia em 28 de Agosto de 2009, apesar de ter sido lançada em outros países em Outubro e Novembro de 2009.[7][8] Matthew Richardson da Prefix Magazine achou a música agradável e semelhante ao trabalho de Leona Lewis.[9]

Recepção crítica[editar | editar código-fonte]

Colin McGuire do PopMatters disse que "a balada de piano da canção é muito mais Céline Dion do que Aretha Franklin".[10] Nana Ekua Brew-Hammond do Village Voice chamou a canção de "trilha sonora para comédia romântica".[11] Elysa Gardner do USA Today escolheu a música como uma das canções do I Am... Sasha Fierce que devem ser feito o download.[12] No MTV News, Jennifer Vineyard observou o domínio do piano e das cordas na música. Ela ainda disse que a voz da artista está moderada e que por ela cantar em um tom menor, seu desempenho vocal parece ter mais energia.[13] Mayer Nissim do site Digital Spy deu a música três estrelas de cinco, fazendo um comentário positivo sobre o uso do piano e das cordas, elogiando também o desempenho vocal da artista que foi considerado por ele como "emocionante" e sendo um dos motivos que torna ela uma das melhores cantoras de música pop de sua geração.[14] Porém, Mayer conclui que a música não tem a mesma "atração magnética" igual a outros trabalhos feitos pela artista, como "Crazy in Love", "If I Were a Boy" e os singles do grupo Destiny's Child na fase The Writing's on the Wall / Survivor.[14] De acordo com Michaelangelo Matos do The A.V. Club, a música é "incompleta".[15] Para Jessica Suarez da revista digital Paste, quando ela canta no piano chorando "eu não quero ser a garota de coração partido" em um álbum sobre sua identidade, soa falso.[16] Porém, sua voz domina excepcionalmente um som fino durante a canção.[16]

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

O videoclipe da canção foi filmado em uma praia de Malibu, Califórnia, no dia 18 de Fevereiro de 2009.[17] O vídeo foi dirigido por Sophie Muller, mesma diretora que dirigiu os clipes das músicas "Déjà Vu" e "Ring the Alarm".[18][19][20] Foi lançado em 16 de Junho de 2009, no álbum Above and Beyoncé - Video Collection & Dance Mixes.[21] O início do vídeo foi filmado em preto e branco, mostrando a cantora chorando em um carro, antes de começar a caminhar ao longo de uma praia.[22][23] Dentro do carro ela relembra momentos que viveu durante um relacionamento, logo em seguida, ela caminha pela praia com lágrimas nos olhos, cantando a canção olhando para a câmera. Mais tarde, no clipe, as cenas do vídeo com cor são exibidas, onde a cantora pode ser vista usando várias roupas diferentes, como um longo vestido verde.[24] A parte colorida do videoclipe mostra Beyoncé restaurando uma rosa em um efeito reverso, onde ela recoloca as pétalas que foram retiradas da rosa. O clipe termina com a cantora voltando sorridente para seu carro.

Faixa e formato[editar | editar código-fonte]

Créditos[editar | editar código-fonte]

Fonte:[1]

Desempenho[editar | editar código-fonte]

Performance nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Na European Hot 100 a canção atingiu a posição de 37.[34] Estreou no UK Singles Chart no número 56, em 3 de Outubro de 2009.[35] No mês seguinte alcançou a posição de número 27, permanecendo na parada britânica por 12 semanas consecutivas.[35] A música ficou no número 12 na UK R&B Chart.[36] Permaneceu por nove semanas na Irish Singles Chart, a melhor posição alcançada pela música na tabela musical foi a de número 20.[37][38] Ficou por quatorze semanas consecutivas no número 14, na ARIA Singles Chart.[39] A faixa entrou também no top 15 de outros países como a Alemanha, Bélgica e República Checa.

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

País Data
 Austrália[7] 28 de Agosto de 2009
 Nova Zelândia[8]
União Europeia Europa[33] 30 de Outubro de 2009
 Alemanha[31] 20 de Novembro de 2009
 Brasil[30] 23 de Novembro de 2009

Referências

  1. a b (2008) Créditos do álbum I Am... Sasha Fierce (Liner Notes) por Beyoncé Knowles, pg. 4 [Compact Disc]. New York City, New York: Columbia Records (88607 42884 2).
  2. a b «Broken-Hearted Girl digital sheet music (Digital Download)». Music Notes EMI Music Publishing. Consultado em 30 de Setembro de 2011. 
  3. «Beyonce – 'Broken-Hearted Girl'». BBC Music, BBC. Consultado em 9 de Dezembro de 2010. 
  4. «I Am... Sasha Fierce». Billboard. Consultado em 5 de Janeiro de 2011. 
  5. «The Stargate Writing & Production Team». Sound on Sound. Consultado em 31 de Janeiro de 2011. 
  6. «Beyonce Knowles Broken-Hearted Girl music video released». The Daily Telegraph. Consultado em 5 de Junho de 2010. 
  7. a b c «Broken Hearted Girl». Sanity. Consultado em 15 de Maio de 2009. 
  8. a b c «Broken-Hearted Girl – Single». iTunes Store. Consultado em 10 de Dezembro de 2010. 
  9. «Beyonce – 'Broken-Hearted Girl' (Alan Braxe Dub Remix)». Prefix Magazine. Consultado em 2 de Novembro de 2011. 
  10. «Review: I Am... Sasha Fierce». PopMatters. Consultado em 11 de Novembro de 2011. 
  11. «New York Music – On the Method Behind Beyoncé's Multiple-Personality Madness – page 1». Village Voice. Consultado em 15 de Novembro de 2009. 
  12. «Listen Up: Beyonce is tender, sassy on 'Sasha Fierce'». USA Today. Consultado em 5 de Janeiro de 2011. 
  13. «Beyonce Album Preview: I Am ... Sasha Fierce Shines Light On B's Alter Ego – News Story | Music, Celebrity, Artist News | MTV News». MTV News. Consultado em 30 de Setembro de 2011. 
  14. a b «Beyoncé: 'Broken-Hearted Girl'». Digital Spy. Consultado em 30 de Setembro de 2011. 
  15. «I Am… Sasha Fierce». The A.V. Club. Consultado em 5 de Janeiro de 2011. 
  16. a b «Beyonce: I Am... Sasha Fierce». Paste Magazine. Consultado em 5 de Janeiro de 2010. 
  17. «Beyonce is a Malibu Beach Babe». Just Jared. Consultado em 30 de Setembro de 2011. 
  18. «Broken Hearted Girl - Beyoncé». Vevo. Consultado em 1 de Janeiro de 2010. 
  19. «Spare Notes». The Times-Picayune. Consultado em 10 de Janeiro de 2008. 
  20. «Ring the Alarm – Beyoncé». MTV. Consultado em 30 de Setembro de 2010. 
  21. «Video: Beyoncé – 'Broken-Hearted Girl'». Rap-Up. Consultado em 16 de Junho de 2009. 
  22. «Beyonce Knowles Broken-Hearted Girl music video released». The Daily Telegraph. Consultado em 2 de Janeiro de 2011. 
  23. «Beyonce is Broken Hearted». The Sun. Consultado em 2 de Janeiro de 2011. 
  24. «Beyonce Shoots Video On Malibu Beach». Hip Hop RX. Consultado em 30 de Setembro de 2011. 
  25. «Broken-Hearted Girl – EP». iTunes. Consultado em 10 de Dezembro de 2010. 
  26. «Broken-Hearted Girl – EP». iTunes Store. Consultado em 10 de Dezembro de 2010. 
  27. «Broken-Hearted Girl – EP». iTunes Store. Consultado em 10 de Dezembro de 2010. 
  28. «Broken-Hearted Girl – EP». iTunes Store. Consultado em 10 de Dezembro de 2010. 
  29. a b «Broken-Hearted Girl». Amazon. Consultado em 10 de Dezembro de 2010. 
  30. a b «Beyoncé – Músicas – Terra Sonora». Sonora. Consultado em 28 de Novembro de 2010. 
  31. a b «Broken-Hearted Girl». Amazon. Consultado em 30 de Novembro de 2011. 
  32. «Broken-Hearted Girl: Beyoncé: Amazon.fr: Téléchargements MP3». Amazon. Consultado em 30 de Novembro de 2009. 
  33. a b «Broken-Hearted Girl (Single & Remixes)». iTunes. Consultado em 2 de Janeiro de 2011. 
  34. a b «European Hot 100». Billboard. Consultado em 4 de Janeiro de 2011. 
  35. a b c «Beyonce – Broken-hearted Girl». Chart Stats. Consultado em 4 de Janeiro de 2011. 
  36. a b «Chart Archive – Top 40 R&B Singles Archive». The Official Charts Company. Consultado em 4 de Janeiro de 2011. 
  37. a b «Irish Music Charts Archive – Top 50 Singles». GFK Chart-Track. Consultado em 4 de Janeiro de 2011. 
  38. «Chart Track». Irish Singles Chart. Consultado em 29 de Outubro de 2011. 
  39. a b «Beyoncé - Broken-hearted Girl». ARIA Charts. Consultado em 19 de Julho de 2010. 
  40. «Rihanna erobert Platz vier der Album-Charts». Media control. Consultado em 4 de Janeiro de 2011. 
  41. «The ARIA Report» (PDF). Australian Recording Industry Association. Consultado em 4 de Janeiro de 2011. 
  42. a b c «Beyoncé – Broken-Hearted Girl». Austrian Charts. Consultado em 4 de Janeiro de 2011. 
  43. «Radio Top100 Oficiálna – Beyonce – Broken-Hearted Girl». International Federation of the Phonographic Industry Slovakia. Consultado em 4 de Janeiro de 2011. 
  44. «TOP 30 RING TONES - SEMANA 1 DE 2010». AFP. Consultado em 16 de dezembro de 2011. 
  45. «Radio Top100 Oficiální – Beyoncé – Broken-Hearted Girl». IFPI Czech Republic. Consultado em 4 de Janeiro de 2011. 
  46. «Beyoncé – Broken-Hearted Girl». Hitparade. Consultado em 4 de Janeiro de 2011. 
  47. «Pandora Archive» (PDF). ARIA. Consultado em 19 de Julho de 2010. 
  48. «Charts Plus Year end 2009» (PDF). UK Charts Plus. Consultado em 19 de Julho de 2010.