Brothers in Arms: Hell's Highway

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre um jogo eletrônico. Se procura o álbum de Dire Straits, veja Brothers in Arms. Se procura música de mesmo nome, veja Brothers in Arms (canção).
Brothers in Arms: Hell's Highway
Desenvolvedora(s) Gearbox Software
Publicadora(s) Ubisoft
Produtor(es) Mike Wardell
Escritor(es) Mike Neumann
Programador(es) Neil Johnson
Compositor(es) Ed Lima
Duncan Watt
Motor Unreal Engine 3
Plataforma(s) Microsoft Windows, Xbox 360, PlayStation 3
Série Brothers in Arms
Gênero(s) Tiro em primeira pessoa, tiro tático
Modos de jogo Single-player, multi-player
Brothers in Arms: Earned in Blood (2005)
Brothers in Arms: Double Time (2008)

Brothers in Arms: Hell's Highway é um jogo eletrônico de tiro em primeira pessoa de 2008 desenvolvido pela Gearbox Software e publicado pela Ubisoft para PlayStation 3, Xbox 360 e Microsoft Windows. É o terceiro jogo da série Brothers in Arms.

Hell's Highway continua com a história dos homens do 502º Regimento de Infantaria Paraquedista (502th PIR) da 101ª Divisão Aerotransportada nos últimos estágios da Segunda Guerra Mundial, durante a Operação Market Garden nos Países Baixos, com o jogador retornando ao papel do Sargento Matt Baker (baseado em Harrison C. Summers) do primeiro jogo da série.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

A jogabilidade conta com novos atrativos: agora os civis podem dar dicas aos americanos sobre a posição ou movimentação das tropas inimigas, os combatentes podem se arrastar, tornando-se alvos mais difíceis de serem atingidos, o comandante pode requisitar auxílio aéreo pelo rádio, além de portar armamento pesado, como bazucas. O histórico de cada um dos soldados está bem desenvolvido e esmiuçado, aumentando ainda mais a sensação de imersão e contextualização histórica do jogador.[1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

O enredo volta sob à perspectiva do sargento Matt Baker durante as ações do 502º Regimento de Infantaria Paraquedista durante a Operação Market Garden em setembro de 1944. Baker agora pertence à uma unidade de reconhecimento do 502º. O sargento agora está sofrendo de estresse psicológico e pós-traumático resultantes dos horrores da guerra, ele está tendo alucinações com os homens que foram mortos sob o seu comando durante os eventos da invasão da Normandia (que é destaque nos dois primeiros jogos da série) em especial com um soldado chamado Kevin Legget, um operador de rádio que foi morto durante a batalha pela Colina 30 em Manoir de Donville, durante a defesa de Carentan. Fruto de suas alucinações, o "fantasma" de Legget assombra Baker durante todas as ações da 101ª Divisão Aerotransportada em Eindhoven, e em uma estrada que atravessava os países baixos de Eindhoven à Arnhem, que os aliados batizaram de "rodovia do inferno" (Hell's Highway).

Cenário[editar | editar código-fonte]

O jogo tem um cenário muito bem desenvolvido, desde terrenos como hospitais abandonados até cidades que se tornaram campos de batalha.

Gráficos[editar | editar código-fonte]

O jogo utiliza a engine Unreal 3 o que fornece gráficos renderizados com Directx 9 e Pixel Shader 3. Além da física incrível o cenário é completamente destrutível.

Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.