Brunelliaceae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaBrunelliaceae
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica
Reino: Plantae
Clado: Angiospermas
Clado: Eudicots
Clado: Core eudicots
Clado: Rosídeas
Clado: Eurosídeas I
Ordem: Oxalidales
Família: Brunelliaceae
Género: Brunellia
Espécies
Cerca de 60
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Brunelliaceae

Brunelliaceae é uma familia do grande grupo de plantas com flores, denominada Angiospermas. Essa família está em inserida na ordem Oxalidales e somente um gênero é conhecido, Brunellia. Sua distribuição geográfica estende-se da América Central e no leste da América do Sul. As regiões habitadas pelas espécimes abrange desde montanhas à florestas pluviais, ocorrendo geralmente entre 600 à 3.800 m de altitude.

                                   Distribuição mundial de Brunelliaceae

Morfologia[editar | editar código-fonte]

As Brunelliaceae caracterizam-se por serem árvores com ramos cobertos por um indumento ferrugíneo (semelhante a casca de cupuaçu), possuem estípulas (interpeciolares ou não).


Folhas[editar | editar código-fonte]

As folhas são opostas ou três por nó que são simples ou compostas. Podem ser pecioladas, estipuladas, unifolioladas ou multifolioladas. Lâmina de folha verde-oliva e muitas vezes brilhantes adaxialmente, freqüentemente coriáceas, amplamente oblongas, ovadas ou amplamente elípticas[1]. Na parte abaxial da folha há uma camada de estruturas semelhantes a pelos(tricoma) que pode ser glandular ou não.

Inflorescências e flores[editar | editar código-fonte]

O conjunto de flores (inflorescência) é cimoso em dicásios axiais. Flores sem perianto(sem pétalas ou corola), actinomorfas e geralmente unissexuais. O número de sépalas varia de 4-8, androceu diplostêmone (estames com número em dobro de sépalas), gineceu apocárpico e o ovário ínfero com 1 ou 2 óvulos por carpelo; o número de carpelos é igual ao número de sépalas e a placentação é marginal.

Frutos e sementes[editar | editar código-fonte]

  • Os folículos possuem forma de estrela ou não recobertos com estruturas semelhantes a pelos (tricomas), em que cada um carrega de uma a três sementes[2], as quais apresentam coloração marrom ou vermelha e apresentam um certo brilho e geralmente com arilo; o tegumento externo da semente (testa) das sementes possui uma cama esclerenquimatosa subepidérmica e o tégmen, tegumento interno, possui uma cama paliçádica.O endosperma possui aspecto farinhoso e o endocarpo separa-se do resto do fruto.

Distribuição no Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil uma única espécie (Brunellia neblinensis) está distribuída no estado do Amazonas, norte do Brasil.

Relações filogenéticas[editar | editar código-fonte]

Brunelliaceae está unido a Cephalotaceae, formando um grupo irmão de Cunoniaceae e Elaeocarpaceae.

Diversidade taxonômica[editar | editar código-fonte]

O único gênero descrito, Brunellia, possui 82 espécies, sendo que 60 espécies são aceitas.[3] Segundo Orozco Pardo (2002) as espécies são inferidas por dados morfológicos.[4]

Classificação[editar | editar código-fonte]

Brunelliaceae é uma família de plantas angiospermas eudicotiledôneas. É uma das sete familias da ordem Oxalidales, inserida no grupo das fabídeas que, por sua vez, estão inseridas no grande clado das Rosídeas.

Referências[editar | editar código-fonte]

Filardi, F.L.R.; Leitman, P.M. Brunelliaceae in Flora do Brasil 2020 em construção. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em: <http://floradobrasil.jbrj.gov.br/reflora/floradobrasil/FB34542>. Acesso em: 24 Jan. 2017

Stevens, P. F. (2001 onwards). Angiosperm Phylogeny Website. Version 12, July 2012 [and more or less continuously updated since]." Disponível em: http://www.mobot.org/MOBOT/research/APweb/. Acesso em 24 de Janeiro de 2017.

Orozco, C.I. (2009). Neotropical Brunelliaceae. In: Milliken, W., Klitgård, B. & Baracat, A. (2009 onwards), Neotropikey - Interactive key and information resources for flowering plants of the Neotropics. Disponível em <http://www.kew.org/science/tropamerica/neotropikey/families/Brunelliaceae.htm>. Acesso em 30 de Janeiro de 2017.


Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre rosídeas, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «Neotropical Brunelliaceae - Neotropikey from Kew». www.kew.org. Consultado em 1 de fevereiro de 2017 
  2. «Detalha Taxon Publico». floradobrasil.jbrj.gov.br. Consultado em 1 de fevereiro de 2017 
  3. «Brunelliaceae — The Plant List». www.theplantlist.org (em inglês). Consultado em 31 de janeiro de 2017 
  4. «Oxalidales». www.mobot.org. Consultado em 31 de janeiro de 2017