Bruno Chateaubriand

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bruno Chateaubriand
Nome completo Bruno Chateaubriand Diniz Weissmann
Nascimento 22 de maio de 1975 (42 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade Brasileiro
Cônjuge André Ramos (c. 1998–2017)
Ocupação

Bruno Chateaubriand Diniz Weissmann (Rio de Janeiro, 22 de maio de 1975) é um jornalista, apresentador, empresário e ex-ginasta brasileiro. Faz parte da tradicional família do magnata da comunicação Assis Chateaubriand, responsável pela implementação da televisão ao Brasil.[1] Se tornou conhecido na década de 1990 como atleta de ginástica artística, sendo hexacampeão brasileiro de salto sobre o cavalo.[2] Após formar-se em jornalismo se tornou repórter dos programas Viva a Noite e Programa Amaury Jr., além de manter uma coluna na revista Veja Rio e apresentar programas nas rádios Nativa FM e Mix FM.[3]

Em 2014 fundou o empresa de comunicação 3R Studio – responsável pelas publicação das revistas Inesquecível Casamento, Momento Inesquecível, Inesquecível Lua de Mel, Inesquecível 15 anos – na qual se tornou diretor de comunicação.[4] Na mesma época começou a empresariar os atletas da ginástica como Daniele Hypólito, Diego Hypólito, Arthur Nory e Jade Barbosa e, em 2017, assumiu a presidência da Federação de Ginástica do Rio.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Bruno é membro da tradicional família Chateaubriand, sendo que sua avó materna era prima do magnata da comunicação Assis Chateaubriand – um dos homens mais influentes do Brasil nas décadas de 1940 e 1960, responsável pela criação do Museu de Arte de São Paulo (MASP) e da chegada da televisão ao Brasil ao inaugurar a TV Tupi.[5][6] Apesar de não ter convivido com ele, Bruno considera Assis como seu avó.[7] É filho da socialite Maria das Neves Chateaubriand Diniz e do empresário Bruno Weissmann, tendo como irmão mais novo Frederico Weissmann Neto.[8] Na adolescência procurou esconder sua orientação sexual por conta da vida pública de sua família, o que veio a assumir apenas na faculdade.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Praticamente de ginástica artística desde a infância, Bruno começou a competir profissionalmente em 1988, aos doze anos, pelo Clube de Regatas do Flamengo, especializando-se em salto sobre o cavalo.[9] Na modalidade foi campeão brasileiro seis vezes, deixando as competições em 1998, aos vinte e três anos.[2][10] Após esta época começou a estudar jornalismo e dedicar-se a produção de festas para a elite paulistana.[11] Em 2007 se tornou repórter do programa Viva a Noite, no SBT.[12] Entre 2008 e 2014 foi jurado do Carnaval do Rio de Janeiro na categoria Alegorias e Adereços.[13] Em 2009, usufruindo de seu conhecimento em eventos fora da elite paulistana, lançou o livro Festas Chiques e Baratas, pela editora Ediouro.[13] No mesmo ano passou a fazer reportagens no Programa Amaury Jr., onde apresentou o quadro Conexão Rio até 2013.[14] Entre 2010 e 2013 também foi radialista do programa Um Outro, na Nativa FM.[15] Paralelamente, em 2011, também se tornou colunista da revista Veja Rio, na qual saiu em 2013.[16] Durante este tempo foi indicado ao Prêmio Abril de Jornalismo pela reportagem Uma Dinastia em Crise.[3] Ainda em 2013 fez parte do especial de final de ano Tá Tudo em Casa, na RecordTV, onde também fez uma participação especial na telenovela Vitória no ano seguinte.

Em 2014 fundou o empresa de comunicação 3R Studio – responsável pelas publicação das revistas Inesquecível Casamento, Momento Inesquecível, Inesquecível Lua de Mel, Inesquecível 15 anos – na qual se tornou diretor de comunicação.[4] No mesmo ano se tornou vice-presidente de comunicação da Câmara de Comércio Brasil-Grécia e começou a empresariar os atletas Daniele Hypólito, Diego Hypólito, Arthur Nory, Jade Barbosa, Flávia Saraiva e Caio Souza.[13] Em 2017 se tornou apresentador do programa de rádio The Bate Boca, na Mix FM.[17] Ainda em 2017 assume a presidência da Federação de Ginástica do Rio.[18]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Em 1997 começou a namorar com o empresário André Ramos, com quem se casou em 1998 e veio a se separar em 2017.[19] [20] Formou-se 2005 em jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC).[21] Bruno é ativista dos direitos LGBT.[1]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão
Ano Programa Cargo Notas
2007 Viva a Noite Repórter
2009–13 Programa Amaury Jr. Repórter Quadro: "Conexão Rio"
2013 Tá Tudo em Casa Bombom Especial de final de ano
2014 Vitória Mariano Morgado (MM) Episódios: "12–14 de novembro de 2014"
2016 Saltibum Participante Temporada 3
2017 Pega Pega Ele mesmo Episódio: "6 de junho de 2017"
2018 Dancing Brasil Participante Temporada 3

Rádio[editar | editar código-fonte]

Ano Programa Cargo Estação
2010–13 Um Outro[15] Apresentador Nativa FM
2017–presente The Bate Boca[22] Apresentador Mix FM

Medalhas[editar | editar código-fonte]

Ano Evento Salto sobre o cavalo. Equipe
1991 Campeonato Brasileiro de Ginástica Artística Medalha de ouro
1992 Medalha de ouro
1993 Medalha de ouro
1994 Medalha de ouro
1995 Medalha de ouro Medalha de ouro
1996 Medalha de ouro
1997 Medalha de bronze
1998 Medalha de bronze

Referências

  1. a b c Juliana Linhares (30 de janeiro de 2008). «"Ser gay não é opção"». Revista Veja, Edição 2045. Consultado em 2 de junho de 2011. Cópia arquivada em 29 de janeiro de 2008 
  2. a b c Sofia Cerqueira (23 de setembro de 2009). «De pernas para o ar». Revista Veja Rio. Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  3. a b «Mercado de produtos para casamentos gays não encontra preconceitos». O Globo. Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  4. a b «Bruno Chateaubriand - Diretor de Comunicação». 3R Studio. Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  5. «Itaú Cultural – Enciclopédia – Assis Chateaubriand». Itaú Cultural. Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  6. «ABL – Biografia de Assis Chateaubriand». ABL. Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  7. «Bruno Chateaubriand e André Ramos se separam após 18 anos». Metropoles. Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  8. «Bruno Chateaubriand». Sensagent. Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  9. «Ex-campeão, Bruno Chateaubriand assume Federação de Ginástica do Rio». Globo. Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  10. «Bruno Chateaubriand leva glamour à Federação de Ginástica do Rio». O Globo. Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  11. «Famosos se dividem entre festas particulares, shows e a queima de fogos na praia». Revista Quem. Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  12. «Bruno Chateaubriand e André Ramos». Revista Caras. Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  13. a b c Ramiro Costa (2 de fevereiro de 2010). «Bruno Chateaubriand revela que não guarda mágoa de Paulo Vianna». SRZD. Consultado em 2 de junho de 2011 
  14. «Bruno Chateaubriand e André Ramos vão adotar duas crianças». UOL. Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  15. a b «"Invertida", com Bruno Chateaubriand». IG. Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  16. «Um jeito diferente de dizer sim». IG. Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  17. «Jair Bolsonaro será entrevistado no programa 'The Bate Boca', na Rádio Mix». IG. Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  18. «Celebridade no Brasil, empresário Bruno Chateaubriand assume a presidência da Federação de Ginástica do Rio». Jornal Extra. Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  19. «Bruno Chateaubriand anuncia fim de casamento após 18 anos: "Vivemos intensamente e fomos muito felizes"». UOL. Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  20. «Após 18 anos de união, André Ramos e Bruno Chateaubriand se separam». Revista Época. Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  21. «ABL – Biografia de Assis Chateaubriand». ABL. Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  22. «Danilo Gentili recebe Leo Dias, Bruno Chateaubriand e Valesca Popozuda no The Noite». Observatório da Televisão. Consultado em 11 de janeiro de 2018