Bruno Martini (músico)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bruno Martini
Informação geral
Nome completo Bruno Dalla Martha Martini
Nascimento 1 de outubro de 1992 (26 anos)
Local de nascimento São Paulo, SP
 Brasil
Gênero(s)
Instrumento(s) Violão, piano, bateria
Período em atividade 2010–presente
Gravadora(s)
Página oficial www.brunomartini.com

Bruno Dalla Martha Martini (São Paulo, 1 de outubro de 1992) conhecido apenas como Bruno Martini é um músico, cantor, compositor, produtor, ator e DJ brasileiro.[1] Filho de Gino Martini, integrante da banda musical Double You, ainda criança acompanhava seu pai nas produções de suas músicas e nos shows. Em 2005, depois de ganhar seu primeiro computador, começou a compor e produzir suas músicas.[2] Anos mais tarde, chegou a integrar uma banda de rock.[2]

Ainda na faculdade de engenharia, criou junto com sua colega de escola de inglês Mayra Arduini, a banda College 11, conhecida por ter sido a primeira dupla contratada da Walt Disney Records fora dos Estados Unidos. A banda lançou dois álbuns de estúdio, um de nome homônimo à banda e outro trilha sonora da série Que Talento!, onde estrelaram em 2014. A música de estreia da dupla, "When Loves Comes Around" ranqueou na posição #85 na parada de singles da Billboard Brasil Hot 100 Airplay no Brasil. Ainda destaca-se, "Till the Morning Light" e "The Bet" com participação de Bryan G, que debutaram na posição #43 e #40, respectivamente. Ainda, "En Mi Mundo" com participação de Martina Stoessel, alcançou o pico de #25 na mesma parada.

Em 2016 iniciou sua carreira solo, lançando logo depois a canção "Somewhere to Go", com participação de Stryder, nome artístico de Mayra Arduini. Porém, com o lançamento de "Hear Me Now" com parceria de Alok e participação de Marcos Zeeba, Martini ganhou projeção internacional, sendo logo depois contratado pela Universal Music Group a nível internacional. Em 2017 sendo lançado a música "Living on the Outside" pela gravadora.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Bruno Dalla Martha Martini nasceu na cidade de São Paulo, São Paulo em 1 de outubro de 1992. Filho do cantor Gino Martini, mais conhecido por fazer parte do grupo musical italiano Double You. Ele ainda tem mais duas irmãs.[3] Ainda criança, acompanhava seu pai no estúdio e shows, que o ensinou a tocar violão aos 8 anos. Aos 13 anos, começou a compor e produzir sua primeira música com seu primeiro notebook.[4]

Martini cita que teve bastante facilidade em trabalhar com a música eletrônica devido a influência de seu pai: "Em todos os projetos que eu fazia eu tentava colocar um pouco de eletrônico", cita.[5]

Carreira[editar | editar código-fonte]

2010-14: College 11 e Que Talento![editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: College 11

Bruno chegou a criar uma banda de rock neste meio tempo.[2]

Martini disputava como banda adversária de sua colega de sala Mayra Arduini em uma escola de inglês, quando chamou Arduini para compor umas músicas no estúdio de seu pai. "Rolou uma química muito legal entre a gente, acabamos escrevendo umas quatro músicas", ele disse.[6] Depois de ter sido gravado um CD demo, com a ajuda de seu pai, ele entregou o CD para músicos empresários do ramo.[5]

Com isso, montaram a banda College 11, e acabaram sendo a primeira contratação internacional da Disney lançados internacionalmente pela companhia.[7] O primeiro álbum da dupla de nome homônimo foi lançado em 17 de julho de 2012 pela Walt Disney Records. O primeiro single, "When Love Comes Around" chegou a entrar na trilha sonora do filme Bacalar - A Missão Vai Começar em 2011. "Go!" foi lançado logo em seguida, e debutou na posição de número 65 na parada de singles Brasil Hot 100.[8] "Till the Morning Light" foi selecionada como terceiro single e o quarto e último do álbum, "The Bet" com participação de Bryan G chegou na #40 posição. Eles chegaram a abrir shows no país de Demi Lovato, Selena Gomez, 3OH!3, All Time Low e Cash Cash.[9][10]

Depois de algumas aparições em programas da emissora, como na novela Violetta e na série brasileira Quando Toca o Sino eles foram convidados a protagonizar a primeira série totalmente brasileira para o canal, denominada Que Talento!. A série é baseada na banda College 11, porém mais de uma forma mais "exagerada", como afirma Martini.[11] Segundo André Rodrigues, roteirista do programa, este tipo de série é comum para promover bandas mundialmente.[12]

Foi lançado a trilha sonora da série em que foram lançados dois singles, "Living Out Loud" e "We Got Talent" ambos chegaram a posição #80 na parada de singles brasileira.

2016-presente: Carreira solo[editar | editar código-fonte]

Alok e Bruno Martini em dezembro de 2016.

Em 23 de setembro de 2016 foi lançada de forma independente o single "Somewhere to Go" com participação de Stryder, nome artístico de Mayra Arduini no iTunes.[13]

Martini ao produzir o EP do Marcos Zeeba, os dois compuseram a canção "Hear Me Now", que originalmente soava como rock/indie. A faixa foi mostrada para Alok que ajudou na produção da mesma, migrando para o deep house.[2] Em 21 de outubro de 2016, Alok lançou a música como single juntamente com o videoclipe no canal da Spinnin' Records no Youtube.[14] Em apenas um mês, a música alcançou a primeira posição de vendas no iTunes no Brasil, além de ser alcançar o topo de reproduções na plataforma digital Spotify no país, com 250 mil execuções diárias, e ter 10 milhões views no Youtube.[15] Depois, a canção alcançou o top 50 mundial do Spotify, no 47º lugar além de consagrar Alok como o primeiro artista brasileiro a conseguir mais de 100 milhões de audições na plataforma.[16][17] A canção chegou a posição #8 na parada de singles da Noruega, #11 na Suécia e #20 na tabela americana de eletrônica da Billboard. Ela foi certificada como disco de platina na Itália pela Federazione Industria Musicale Italiana (FIMI).[18]

Em 17 de fevereiro de 2017, Bruno assinou contrato com a Universal Music Group para seu trabalho ser lançado a nível internacional por meio do selo Aftercluv, e pela Universal Music Sweden, divisão da gravadora na Suécia. Em entrevista, Luis Estrada diretor executivo da Aftercluv, disse que Martini é um dos artistas mais proeminentes dos últimos anos e que "seu som único e inovador, uma mistura de rock indie, alternativo e dance music, é um sopro de ar fresco no mundo musical."[19] Segundo ele, para este novo trabalho ele espera surpreender as pessoas, desenvolvendo algo novo porém cita que grande parte das músicas terá vocal de sua amiga Mayra Arduini.[2]

"Living on the Outside" foi lançada em 7 de abril de 2017 no iTunes e no Spotify.[20]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Extended plays (EP)[editar | editar código-fonte]

Título Detalhes
Live Sessions[21]
  • Lançamento: 22 de setembro de 2017
  • Gravadora: Universal Music
  • Formato: Download digital
The Cure[22]
  • Lançamento: 29 de junho de 2018
  • Gravadora: Universal Music
  • Formato: Download digital

Singles[editar | editar código-fonte]

Como artista principal[editar | editar código-fonte]

Lista de singles, com posições nas paradas selecionadas e certificações, mostrando o ano lançado e o nome do álbum
Canção Ano Melhores posições Certificações Álbum
BRA
[23]
ALE
[24]
AUT
[25]
DIN
[26]
FIN
[27]
FRA
[28]
HOL
[29]
NOR
[30]
SUE
[31]
USA
Dance

[32]
"Hear Me Now"
(com Alok com participação de Zeeba)
2016 54 50 40 40 14 17 57 8 11 20 Não incluso em álbum
"Somewhere to Go"
(com participação de Stryder)
"Living on the Outside" 2017
"Never Let Me Go"
(com Alok com participação de Zeeba)[35]
87
"Sun Goes Down"
(com participação de Isadora)[36]
87 This Is Aftercluv
"Road"
(com Timbaland e participação de Johnny Franco)
Não incluso em álbum
"With Me"
(com participação de Zeeba)
2018
"Sou Teu Fã"
(com Dennis DJ com participação de Vitin)
"Savages"
(com Sunnery James & Ryan Marciano com participação de Mayra)
"Morena"
(com Vitor Kley)
66 Adrenalizou
"The Middle (Remix)" Não incluso em álbum
"Youngr"
(com participação de Shaun Jacobs)
"Penso em Você"
(com participação de Fiuk)
2019
"Gone Too Long"
(com Cat Dealers e Joy Corporation)
"Penso em Você"
(com participação de Fiuk)
"Shameless"
(com Sunnery James & Ryan Marciano com participação de Mayra)
"L'Amour Toujours"
(com Mayra e Di Fabianno)
"—" denota singles que não entraram nas paradas ou não foram lançados no local.

Como artista convidado[editar | editar código-fonte]

Título Ano Álbum
"Champagne"
(Mayra com participação de Bruno Martini)
2017 Não incluso em álbum

Discografia de produção[editar | editar código-fonte]

Ano Artista Álbum Detalhes
2011 College 11 College 11 Produtor, compositor
2014 Que Talento!
2016 Marcos Zeeba So Complicated
2017 Beautiful Life

Referências

  1. Gomes, Felipe (14 de junho de 2013). «Conheça o gato Bruno Martini, da banda College 11». Atrevida. Universo Online. Consultado em 14 de março de 2017 
  2. a b c d e f Silva, Rebecca (7 de abril de 2017). «"Vai surpreender as pessoas", diz Bruno Martini sobre trabalho solo». Billboard Brasil. Consultado em 13 de abril de 2017 
  3. Botelho, Thaís. «Devo ter alma brasileira». Isto É Gente. Consultado em 13 de abril de 2017 
  4. Sarmiento, Ricardo (5 de julho de 2016). «Bruno Martini uma das principais revelações em Produtor no Brasil». DJ Sound. Maxter Editores. Consultado em 13 de abril de 2017 
  5. a b Cambraia, Bruna (11 de abril de 2017). «Atração do Rock In Rio, DJ Bruno Martini conta sobre carreira». Internet Group. Consultado em 13 de abril de 2017. Cópia arquivada em 13 de abril de 2017 
  6. Rodrigues, Kellen (26 de novembro de 2013). «College 11 vai estrelar primeira série da Disney gravada no Brasil». Caras. Consultado em 13 de abril de 2017 
  7. Munhoz, Marcela (25 de dezembro de 2011). «College 11 está a caminho do sucesso». Diário do Grande ABC. Consultado em 14 de março de 2017 
  8. Mancini, Gabriella (23 de dezembro de 2011). «Banda College 11 lança novo videoclipe; leia entrevista exclusiva». BOL, Folha de S. Paulo. Grupo Folha, Universo Online. Consultado em 14 de março de 2017 
  9. Capelas, Bruno (17 de julho de 2012). «College 11 lança disco de estreia: "Somos uma máquina de música"». Internet Group. Consultado em 14 de março de 2017 
  10. Azzal, Leonardo (4 de fevereiro de 2012). «College 11 fala da emoção de abrir shows de Selena Gomez». R7. Consultado em 14 de março de 2017 
  11. Eiras, Natália (23 de maio de 2014). «College 11 em "Que Talento!": "Difícil não foi gravar, mas perder medo de atuar"». Internet Group. Consultado em 14 de março de 2017 
  12. Angelica Mazzoni, Maria (15 de abril de 2014). «Dupla brasileira College 11 protagoniza primeira série nacional da Disney». F5. Grupo Folha. Consultado em 14 de março de 2017 
  13. «Somewhere to Go (feat. Stryder) - Single de Bruno Martini no Apple Music». iTunes Store. Apple Inc. Consultado em 14 de março de 2017 
  14. Bellato, Bruno (22 de outubro de 2016). «Alok lança "Hear me Now" pela Spinnin' Records». Beat for Beat. Consultado em 10 de janeiro de 2017 
  15. «Depois de Spotify, Alok alcança topo do iTunes Brasil e bate marca histórica». POPLine. 8 de dezembro de 2016. Consultado em 10 de janeiro de 2017 
  16. Torres, Leonardo (29 de dezembro de 2016). «Alok se torna primeiro brasileiro no Top 50 mundial do Spotify com "Hear Me Now"». POPLine. Consultado em 10 de janeiro de 2017 
  17. Antunes, Pedro (19 de fevereiro de 2017). «Alok é o primeiro brasileiro a ultrapassar as 100 milhões de audições no Spotify com 'Hear Me Now'». O Estado de S. Paulo. Grupo Estado. Consultado em 12 de abril de 2017 
  18. «FIMI - Certificazioni» (em italiano). Federazione Industria Musicale Italiana. Consultado em 14 de março de 2017 
  19. «Bruno Martini fecha com a Universal Music». Portal Sucesso. 17 de fevereiro de 2017. Consultado em 14 de março de 2017 
  20. «Living On the Outside - Single de Bruno Martini no Apple Music». iTunes Store. Apple Inc. 7 de abril de 2017. Consultado em 13 de abril de 2017 
  21. «Live Sessions - Single de Bruno Martini». iTunes Store. Apple Inc. 22 de setembro de 2017. Consultado em 28 de setembro de 2017 
  22. «Live Sessions - Single de Bruno Martini». iTunes Store. Apple Inc. 22 de setembro de 2017. Consultado em 28 de setembro de 2017 
  23. Para melhores posições de singles para o Brasil:
  24. «BRUNO MARTINI». officialcharts.de. Consultado em 16 de janeiro de 2017 
  25. «Australia Charts: ARIA Albums & Singles Top 50». ARIA Charts (em inglês). ariacharts.com.au. Consultado em 20 de janeiro de 2017 
  26. «Track Top-40 Uge 4, 2017». Hitlisten.NU. Consultado em 1 de fevereiro de 2017 
  27. Para "Hear Me Now":
  28. «Le Top de la semaine : Top Singles Téléchargés - SNEP (Week 15, 2017)» (em francesa). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 15 de abril de 2017 
  29. «Bruno Martini discografia». dutchcharts.nl (em alemão). Hung Medien. Consultado em 10 de janeiro de 2017 
  30. «Alok discografia». Norwegian Charts Portal. Hung Medien. Consultado em 16 de janeiro de 2017 
  31. «Alok discografia». swedishcharts.com. Hung Medien. Consultado em 4 de janeiro de 2017 
  32. «Alok – Chart History: Dance/Electronic Songs». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 1 de fevereiro de 2017 
  33. «Alok & Bruno Martini "Hear Me Now"». IFPI Dinamarca (em inglês). 19 de dezembro de 2017. Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  34. «Certificações de singles da França – Alok & Bruno Martini feat. Zeeba – Hear Me Now». Syndicat National de l'Édition Phonographique. 19 de maio de 2017. Consultado em 6 de agosto de 2017 
  35. «Never Let Me Go (Extended Mix) de Alok, Bruno Martini, Zeeba no Beatport». Beatport. Consultado em 26 de abril de 2017 
  36. Bein, Kat (22 de junho de 2017). «Brazil's Bruno Martini Lays Back on 'Sun Goes Down': Exclusive». Billboard. Consultado em 23 de junho de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons